Cidades

Após nível baixo do rio, praia da Ponta Negra, em Manaus recebe visita técnica de segurança

O nível da água está baixo e a Prefeitura de Manaus aguarda laudo que deve apontar condições de banho em segurança na praia


Equipes técnicas da Prefeitura de Manaus devem ir ao Complexo Turístico da Ponta Negra nesta quinta-feira (8), para realizar levantamento técnico sobre as condições de banho na praia. As vistorias fazem parte de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado entre a prefeitura, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar do Amazonas.

O documento assinado em 2013, traz ainda medidas e normas de utilização da praia, como por exemplo, a cota de segurança mínima, que é de 16 metros para que os banhistas entrem na água. 
 
Foto: Altemar Alcantara | Semcom
  Segundo Claudio Guenka, diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), que faz a gestão do Complexo da Ponta Negra, a prefeitura juntamente com outros órgãos estão fazendo a orientação aos banhistas que estão na praia.

“É uma questão de a população entender que estamos preocupados em resguardar suas próprias vidas, que o poder público está atuando a favor da segurança. Placas de sinalização estão sendo instaladas ao longo da praia perene informando sobre áreas impróprias para o banho”, disse.

Atualmente o nível do rio está em 17,05 metros, de acordo com a medição do Porto de Manaus, e caso o nível do rio alcance o nível mínimo de segurança, o TAC recomenda que haja interdição automática do uso da praia, após relatórios e laudos que comprovem riscos para os banhistas.

A prefeitura já solicitou o estudo das condições da praia, e aguarda o laudo. 


Cidades

Home > Noticias > null

Após nível baixo do rio, praia da Ponta Negra, em Manaus recebe visita técnica de segurança

O nível da água está baixo e a Prefeitura de Manaus aguarda laudo que deve apontar condições de banho em segurança na praia

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Equipes técnicas da Prefeitura de Manaus devem ir ao Complexo Turístico da Ponta Negra nesta quinta-feira (8), para realizar levantamento técnico sobre as condições de banho na praia. As vistorias fazem parte de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado entre a prefeitura, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar do Amazonas.

O documento assinado em 2013, traz ainda medidas e normas de utilização da praia, como por exemplo, a cota de segurança mínima, que é de 16 metros para que os banhistas entrem na água. 
 
Foto: Altemar Alcantara | Semcom
  Segundo Claudio Guenka, diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), que faz a gestão do Complexo da Ponta Negra, a prefeitura juntamente com outros órgãos estão fazendo a orientação aos banhistas que estão na praia.

“É uma questão de a população entender que estamos preocupados em resguardar suas próprias vidas, que o poder público está atuando a favor da segurança. Placas de sinalização estão sendo instaladas ao longo da praia perene informando sobre áreas impróprias para o banho”, disse.

Atualmente o nível do rio está em 17,05 metros, de acordo com a medição do Porto de Manaus, e caso o nível do rio alcance o nível mínimo de segurança, o TAC recomenda que haja interdição automática do uso da praia, após relatórios e laudos que comprovem riscos para os banhistas.

A prefeitura já solicitou o estudo das condições da praia, e aguarda o laudo. 

TAG Praia da Ponta Negramanaus