Publicidade

Agenda

Home > Noticias > Agenda
Agenda

Manaus 350 anos: programação da Secretaria de Cultura começa nesta terça-feira

Visitas especiais e eventos no Teatro Amazonas, apresentações dos Corpos Artísticos e de grupos do Liceu Claudio Santoro, lançamentos de livros, exibição de filmes e documentários, entre outros. Os eventos serão gratuitos.


A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa começa, a partir desta terça-feira (22), uma programação especial para o aniversário de 350 anos de Manaus em diversos espaços administrados da capital. Visitas especiais e eventos no Teatro Amazonas, apresentações dos Corpos Artísticos e de grupos do Liceu Claudio Santoro, lançamentos de livros, exibição de filmes e documentários, entre outros, farão parte da “Cultura 350”. Os eventos serão gratuitos.


“Como capital do Amazonas, Manaus respira cultura. Nós montamos uma programação variada, para toda a família, para atender a todos os gostos, além de um lançamento de 20 livros em versão acessível a pessoas com deficiência”, destacou o secretário estadual de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz.


Confira a programação:


Exposições – 22 de outubro


A exposição “Aquarelando Manaus” estreia no dia 22 outubro, no Centro Cultural Palácio da Justiça (avenida Eduardo Ribeiro, 901, Centro). A mostra é um projeto do artista plástico holandês Sebastiaan Klink e é composta por 33 obras de sua autoria sob a técnica aquarela, com curadoria de Ruth Jucá. Nessa série, Sebastiaan retrata a cidade de Manaus através de suas edificações históricas, praças, recantos, ruas, casas e ornamentos arquitetônicos que ressaltam sua beleza e contam sua história. O público poderá visitar a exposição de terça a sábado, das 9h às 17h, e domingo, das 9h às 14h.

Foto:Divulgação/Atelie-Galeria Sebastiaan Klink


Na Casa das Artes (Largo de São Sebastião), a partir do dia 22, das 14h às 20h, o público poderá visitar a exposição “Manaus Postal 350”, que celebra a capital com 42 cartões postais da Coleção Sec/2006 dos fotógrafos: Andreia Maymi, Antônio Yaccovazo, Carlos Navarro, Lula Sampaio e Otoni Mesquita. A mostra fica em cartaz até dezembro, com visitação de terça a domingo. A entrada é gratuita.
Na Galeria do Largo, também de 14h às 20h, o público ainda pode prestigiar a exposição “Nipetirã – Todos”, que reúne mais de 120 obras de artistas indígenas das etnias Wanano, Tukano, Apurinã e Kamadeni. A mostra vai até fevereiro de 2020, com visitação de terça a domingo, também com acesso gratuito.


Bibliotecas – 22 e 24 de outubro


Em comemoração aos 350 anos de Manaus, a Biblioteca Braille (Sambódromo) terá o lançamento de 20 livros que ganharam versão acessível (em Braille e falado). Entre os autores estão nomes como Arthur Cézar Ferreira Reis, Samuel Benchimol, Alexandre Otto, Agnello Bittencourt, Cosme Ferreira Filho, entre outros. O evento acontece no dia 22, às 11h.


No dia 24 de outubro, a Biblioteca Pública do Amazonas (rua Barroso, Centro) estará aberta ao público com a “Bibliotour”, uma visita guiada especial que passa pela história do patrimônio, das 8h às 12h.


Centros Culturais – 23 de outubro


O Centro Cultural Usina Chaminé (avenida Manaus Moderna, Centro) terá uma programação especial no dia 23, a partir das 9h, com uma apresentação do Balé Folclórico do Amazonas, “Manaus Mana D’água”, uma repaginação do primeiro espetáculo do Balé Folclórico, de 2002, que conta a criação da cidade de Manaus, chegada dos nordestinos e criação do Teatro Amazonas, no período da Belle Époque.

Foto:Divulgação/SEC
 

O dia ainda terá exibição do documentário “Manaus Coração da Amazônica”, às 10h30; oficina de pinturas indígenas Dessana, às 14h; contação de histórias sobre as lendas amazônicas, às 14h30; e show gratuito do cantor Cileno, às 19h.


Também no dia 23 de outubro, o Centro Cultural Palácio Rio Negro (avenida Sete de Setembro, Centro) oferece uma programação diversa. Das 9h às 17h, o espaço terá visitas guiadas com personagens da Belle Époque; às 9h30, alunos do curso de Teatro Infantil do Liceu apresentam a peça “Venha Morar no Arco-íris”; às 10h30, a aluna do curso de Dança da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Arina Hayane, realiza uma apresentação de balé; às 11h, Kelly Vanessa, do curso de Teatro da UEA, declamará poesia aos visitantes; às 15h, a Camerata de Violões do Liceu Claudio Santoro se apresenta no local e, às 18h, será apresentado o musical “Amigos Para Sempre”, que fala da história da amizade de duas adolescentes, uma autista e a outra muda, com o apoio de alguns personagens dos contos infantis, como Bela e a Fera, Chapeuzinho Vermelho, Peter Pan e Sininho, com mensagens contra o preconceito.


Museus – 22 a 25 de outubro


Os museus administrados pela Secretaria terão uma programação diversa em homenagem ao aniversário da cidade entre os dias 22 e 25 de outubro.


Entre os dias 22 e 25, a partir das 14h, o Cine Silvino Santos, localizado no Museu do Homem do Norte (Centro Cultural Povos da Amazônia, antiga Bola da Suframa), terá exibição gratuita dos filmes “Vivaldão- O Colosso do Norte” (22/10); “Bois-bumbás de Manaus: brinquedo de São João” (23/10); “Patrimônio Histórico” (24/out); “No Paiz das Amazonas”, de Silvino Santos (25/10).
Nos dias 22 e 23, das 13h às 15h, o Museu da Imagem e do Som Amazonas (Misam), localizado no Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi, Centro), terá uma exibição de documentários com a temática “Cidade, Cultura e Urbanismo”, com as obras: “E fez-se madrugada: Clube da Madrugada”; “Depoimento vivi Luiz Bacelar”;  “Silvino Santos: O fim de um pioneiro”, no dia 22 de outubro; e “Documentário Moacir de Andrade”; “Um pintor amazonense: o pintor Hahnemann Bacelar”, no dia 23 de outubro.


Já no dia 24, a partir das 14h, o auditório do Palacete Provincial recebe uma palestra com os professores Antônio Luca Grifoni e Charles Franklin Santos, do corpo docente do Curso de Design da Fametro, sobre os documentários exibidos. No mesmo dia, o Misam também recebe a exposição de fotografias da “Manaus Belle Époque”, mostrando a visão dos acadêmicos da Fametro sobre a cidade e os patrimônios, a partir das 14h.


No dia 25, das 14h às 17h, continuando a temática “Cidade, Cultura e Urbanismo”, o auditório do Palacete Provincial terá uma palestra com o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Anazibas, Jean Farias; o representante do Instituto de Arquitetura do Brasil, José Augusto Beça Jr; o arqueólogo Mick Jone Nogueira de Almeida; o artista visual e diretor do Departamento de Museus da Secretaria, Turenko Beça; e a arquiteta e urbanista Melissa Toledo.

Foto:Divulgação/SEC




Teatro Amazonas – 24 a 27 de outubro


No dia 24 de outubro, o Teatro Amazonas estará com visita gratuita para o público em geral durante todo o dia, das 9h às 17h, em comemoração ao aniversário de Manaus. Às 16h, o Hall do Teatro recebe um sarau com participação do Grupo Vocal dos Corpos Artísticos (GVCA), que vai interagir com o público usando um repertório especial em homenagem à capital.


Às 17h, o público presente poderá prestigiar uma “Visitação Teatralizada”, com personagens caracterizados reais e fictícios e roteiro baseado na história do Teatro Amazonas. A ação tem objetivo de criar um ambiente em que o conhecimento se misture com a emoção e reforçando o sentimento de pertencimento da comunidade em relação ao Patrimônio Cultural.


Ainda no dia 24, às 20h, a Série Guaraná terá um concerto especial em homenagem a Manaus, com a Amazonas Filarmônica e o barítono Innacio de Nonno. O repertório contará com o Hino Municipal de Manaus e obras de Claudio Santoro.


Nos dias 25, às 14h, e 26, às 10h30, o Teatro Amazonas ainda terá mais duas sessões da “Visitação Teatralizada” para o público que visitar o patrimônio.


Já no dia 27, a Série Guaraná tem mais dois concertos no Teatro. Pela manhã, às 11h a Orquestra de Câmara do Amazonas e o Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas apresentam um balé inspirado na vida de Camille Claudel. A regência será do maestro Marcelo de Jesus.


Às 19h, a Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica, sob a regência de Luiz Fernando Malheiro,  executa obras de Bedrich Smetana e Alexander Glazunov.


A entrada para os eventos é gratuita, com classificação para 10 anos.


   

Manaus 350 anos: programação da Secretaria de Cultura começa nesta terça-feira

Visitas especiais e eventos no Teatro Amazonas, apresentações dos Corpos Artísticos e de grupos do Liceu Claudio Santoro, lançamentos de livros, exibição de filmes e documentários, entre outros. Os eventos serão gratuitos.

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa começa, a partir desta terça-feira (22), uma programação especial para o aniversário de 350 anos de Manaus em diversos espaços administrados da capital. Visitas especiais e eventos no Teatro Amazonas, apresentações dos Corpos Artísticos e de grupos do Liceu Claudio Santoro, lançamentos de livros, exibição de filmes e documentários, entre outros, farão parte da “Cultura 350”. Os eventos serão gratuitos.


“Como capital do Amazonas, Manaus respira cultura. Nós montamos uma programação variada, para toda a família, para atender a todos os gostos, além de um lançamento de 20 livros em versão acessível a pessoas com deficiência”, destacou o secretário estadual de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz.


Confira a programação:


Exposições – 22 de outubro


A exposição “Aquarelando Manaus” estreia no dia 22 outubro, no Centro Cultural Palácio da Justiça (avenida Eduardo Ribeiro, 901, Centro). A mostra é um projeto do artista plástico holandês Sebastiaan Klink e é composta por 33 obras de sua autoria sob a técnica aquarela, com curadoria de Ruth Jucá. Nessa série, Sebastiaan retrata a cidade de Manaus através de suas edificações históricas, praças, recantos, ruas, casas e ornamentos arquitetônicos que ressaltam sua beleza e contam sua história. O público poderá visitar a exposição de terça a sábado, das 9h às 17h, e domingo, das 9h às 14h.

Foto:Divulgação/Atelie-Galeria Sebastiaan Klink


Na Casa das Artes (Largo de São Sebastião), a partir do dia 22, das 14h às 20h, o público poderá visitar a exposição “Manaus Postal 350”, que celebra a capital com 42 cartões postais da Coleção Sec/2006 dos fotógrafos: Andreia Maymi, Antônio Yaccovazo, Carlos Navarro, Lula Sampaio e Otoni Mesquita. A mostra fica em cartaz até dezembro, com visitação de terça a domingo. A entrada é gratuita.
Na Galeria do Largo, também de 14h às 20h, o público ainda pode prestigiar a exposição “Nipetirã – Todos”, que reúne mais de 120 obras de artistas indígenas das etnias Wanano, Tukano, Apurinã e Kamadeni. A mostra vai até fevereiro de 2020, com visitação de terça a domingo, também com acesso gratuito.


Bibliotecas – 22 e 24 de outubro


Em comemoração aos 350 anos de Manaus, a Biblioteca Braille (Sambódromo) terá o lançamento de 20 livros que ganharam versão acessível (em Braille e falado). Entre os autores estão nomes como Arthur Cézar Ferreira Reis, Samuel Benchimol, Alexandre Otto, Agnello Bittencourt, Cosme Ferreira Filho, entre outros. O evento acontece no dia 22, às 11h.


No dia 24 de outubro, a Biblioteca Pública do Amazonas (rua Barroso, Centro) estará aberta ao público com a “Bibliotour”, uma visita guiada especial que passa pela história do patrimônio, das 8h às 12h.


Centros Culturais – 23 de outubro


O Centro Cultural Usina Chaminé (avenida Manaus Moderna, Centro) terá uma programação especial no dia 23, a partir das 9h, com uma apresentação do Balé Folclórico do Amazonas, “Manaus Mana D’água”, uma repaginação do primeiro espetáculo do Balé Folclórico, de 2002, que conta a criação da cidade de Manaus, chegada dos nordestinos e criação do Teatro Amazonas, no período da Belle Époque.

Foto:Divulgação/SEC
 

O dia ainda terá exibição do documentário “Manaus Coração da Amazônica”, às 10h30; oficina de pinturas indígenas Dessana, às 14h; contação de histórias sobre as lendas amazônicas, às 14h30; e show gratuito do cantor Cileno, às 19h.


Também no dia 23 de outubro, o Centro Cultural Palácio Rio Negro (avenida Sete de Setembro, Centro) oferece uma programação diversa. Das 9h às 17h, o espaço terá visitas guiadas com personagens da Belle Époque; às 9h30, alunos do curso de Teatro Infantil do Liceu apresentam a peça “Venha Morar no Arco-íris”; às 10h30, a aluna do curso de Dança da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Arina Hayane, realiza uma apresentação de balé; às 11h, Kelly Vanessa, do curso de Teatro da UEA, declamará poesia aos visitantes; às 15h, a Camerata de Violões do Liceu Claudio Santoro se apresenta no local e, às 18h, será apresentado o musical “Amigos Para Sempre”, que fala da história da amizade de duas adolescentes, uma autista e a outra muda, com o apoio de alguns personagens dos contos infantis, como Bela e a Fera, Chapeuzinho Vermelho, Peter Pan e Sininho, com mensagens contra o preconceito.


Museus – 22 a 25 de outubro


Os museus administrados pela Secretaria terão uma programação diversa em homenagem ao aniversário da cidade entre os dias 22 e 25 de outubro.


Entre os dias 22 e 25, a partir das 14h, o Cine Silvino Santos, localizado no Museu do Homem do Norte (Centro Cultural Povos da Amazônia, antiga Bola da Suframa), terá exibição gratuita dos filmes “Vivaldão- O Colosso do Norte” (22/10); “Bois-bumbás de Manaus: brinquedo de São João” (23/10); “Patrimônio Histórico” (24/out); “No Paiz das Amazonas”, de Silvino Santos (25/10).
Nos dias 22 e 23, das 13h às 15h, o Museu da Imagem e do Som Amazonas (Misam), localizado no Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi, Centro), terá uma exibição de documentários com a temática “Cidade, Cultura e Urbanismo”, com as obras: “E fez-se madrugada: Clube da Madrugada”; “Depoimento vivi Luiz Bacelar”;  “Silvino Santos: O fim de um pioneiro”, no dia 22 de outubro; e “Documentário Moacir de Andrade”; “Um pintor amazonense: o pintor Hahnemann Bacelar”, no dia 23 de outubro.


Já no dia 24, a partir das 14h, o auditório do Palacete Provincial recebe uma palestra com os professores Antônio Luca Grifoni e Charles Franklin Santos, do corpo docente do Curso de Design da Fametro, sobre os documentários exibidos. No mesmo dia, o Misam também recebe a exposição de fotografias da “Manaus Belle Époque”, mostrando a visão dos acadêmicos da Fametro sobre a cidade e os patrimônios, a partir das 14h.


No dia 25, das 14h às 17h, continuando a temática “Cidade, Cultura e Urbanismo”, o auditório do Palacete Provincial terá uma palestra com o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Anazibas, Jean Farias; o representante do Instituto de Arquitetura do Brasil, José Augusto Beça Jr; o arqueólogo Mick Jone Nogueira de Almeida; o artista visual e diretor do Departamento de Museus da Secretaria, Turenko Beça; e a arquiteta e urbanista Melissa Toledo.

Foto:Divulgação/SEC




Teatro Amazonas – 24 a 27 de outubro


No dia 24 de outubro, o Teatro Amazonas estará com visita gratuita para o público em geral durante todo o dia, das 9h às 17h, em comemoração ao aniversário de Manaus. Às 16h, o Hall do Teatro recebe um sarau com participação do Grupo Vocal dos Corpos Artísticos (GVCA), que vai interagir com o público usando um repertório especial em homenagem à capital.


Às 17h, o público presente poderá prestigiar uma “Visitação Teatralizada”, com personagens caracterizados reais e fictícios e roteiro baseado na história do Teatro Amazonas. A ação tem objetivo de criar um ambiente em que o conhecimento se misture com a emoção e reforçando o sentimento de pertencimento da comunidade em relação ao Patrimônio Cultural.


Ainda no dia 24, às 20h, a Série Guaraná terá um concerto especial em homenagem a Manaus, com a Amazonas Filarmônica e o barítono Innacio de Nonno. O repertório contará com o Hino Municipal de Manaus e obras de Claudio Santoro.


Nos dias 25, às 14h, e 26, às 10h30, o Teatro Amazonas ainda terá mais duas sessões da “Visitação Teatralizada” para o público que visitar o patrimônio.


Já no dia 27, a Série Guaraná tem mais dois concertos no Teatro. Pela manhã, às 11h a Orquestra de Câmara do Amazonas e o Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas apresentam um balé inspirado na vida de Camille Claudel. A regência será do maestro Marcelo de Jesus.


Às 19h, a Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica, sob a regência de Luiz Fernando Malheiro,  executa obras de Bedrich Smetana e Alexander Glazunov.


A entrada para os eventos é gratuita, com classificação para 10 anos.


   

TAG manaus 350 anos programacaoaniversario de manaus