Saúde

50 casos suspeitos notificados de sarampo em Roraima

Somente neste último fim de semana foram 11 novos casos suspeitos


Dados atualizados pela Secretaria de Saúde de Roraima (Sesau) nesta segunda-feira (12), mostram que já chegam a 50 casos notificados de suspeita de sarampo no Estado. Somente neste fim de semana, foram registrados 11 novos casos suspeitos.

Os dados da Sesau ainda revelam que 14 pacientes tiveram o diagnóstico confirmado para o sarampo, todos são venezuelanos com idades que variam de 7 meses a 18 anos, enquanto os outros 36 casos seguem em investigação.

Ainda segundo a Sesau, os 11 novos suspeitos deram entrada com sintomas de sarampo em unidades de saúde, e destes, 7 foram de indígenas Warao.

A campanha de vacinação contra o sarampo em Roraima segue em curso até 10 de abril, intensificada nas áreas de fronteira, como no município de Pacaraima, e a expectativa é de que sejam vacinadas 420 mil pessoas, entre venezuelanos e brasileiros. 
 
Foto: Divulgação
 
Boa Vista

Em nota, a prefeitura de Boa Vista, afirma que somente na capital, até o momento foram notificados 43 casos, 14 confirmados e 29 em investigação com suspeita de sarampo. Todos os casos confirmados são de origem venezuelana. No Hospital da Criança Santo Antônio – HCSA há 7 crianças, de origem venezuelana, internadas no isolamento e aguardando reposta do exame sorológico.    

Saúde

Home > Noticias > null

50 casos suspeitos notificados de sarampo em Roraima

Somente neste último fim de semana foram 11 novos casos suspeitos

William Costa

william.costa@portalamazonia.com


Dados atualizados pela Secretaria de Saúde de Roraima (Sesau) nesta segunda-feira (12), mostram que já chegam a 50 casos notificados de suspeita de sarampo no Estado. Somente neste fim de semana, foram registrados 11 novos casos suspeitos.

Os dados da Sesau ainda revelam que 14 pacientes tiveram o diagnóstico confirmado para o sarampo, todos são venezuelanos com idades que variam de 7 meses a 18 anos, enquanto os outros 36 casos seguem em investigação.

Ainda segundo a Sesau, os 11 novos suspeitos deram entrada com sintomas de sarampo em unidades de saúde, e destes, 7 foram de indígenas Warao.

A campanha de vacinação contra o sarampo em Roraima segue em curso até 10 de abril, intensificada nas áreas de fronteira, como no município de Pacaraima, e a expectativa é de que sejam vacinadas 420 mil pessoas, entre venezuelanos e brasileiros. 
 
Foto: Divulgação
 
Boa Vista

Em nota, a prefeitura de Boa Vista, afirma que somente na capital, até o momento foram notificados 43 casos, 14 confirmados e 29 em investigação com suspeita de sarampo. Todos os casos confirmados são de origem venezuelana. No Hospital da Criança Santo Antônio – HCSA há 7 crianças, de origem venezuelana, internadas no isolamento e aguardando reposta do exame sorológico.    

TAG Roraimavenezuelanossarampovacinacao venezuelanos sarampo