Culinária

Em Manaus, culinarista cria panetones com sabores regionais

Dispense os tradicionais sabores do pão doce recheado. Agora, a típica comida natalina ganha um toque completamente amazônico

Portal Amazônia, com informações do Amazon Sat

jornalismo@portalamazonia.com


A receita de pão doce que teve sua origem na Itália ganhou o mundo, e se destaca como uma das principais comidas na época de Natal. Mas o que acontece quando o Panetone ganha um toque amazônico? A culinarista Inês Monteiro tem a resposta! Ela ganhou destaque no cenário gastronômico por usar ingredientes regionais na produção de seus panetones. Entre os sabores estão cupuaçu, pupunha, tucumã, tacacá e pirarucu.
 

Panetone de Tucumã é uma das opções para o Natal. Foto: Reprodução/Amazon Sat

 

A paixão de Inês pela gastronomia surgiu na infância. Ela desde sempre observou a tia a cozinhar doces e pratos típicos de Belém, no Pará. “Posso dizer que cresci no meio de doces. Eu via a minha tia fazer receitas deliciosas, e achava aquilo lindo. Aos 12 anos comecei a fazer minhas próprias receitas e vendia na escola. Sempre fui buscando uma melhoria naquilo que eu produzia. Quando cheguei em Manaus, me dei conta da quantidade de frutas regionais que poderiam ser adaptadas em receitas, a partir daí comecei a fazer pesquisas e testes”, disse.

A culinarista começou suas receitas regionais adaptando as trufas de chocolate, então na época de Natal, ela também resolveu usar o panetone. Frutas e proteínas que nunca passaram nem perto do pão doce recheado caíram como uma luva no resultado final. “A gente está no Amazonas, quando vi que as trufas ficavam deliciosas com os produtos locais, logo pensei em utilizá-los nos panetones. O legal é que quando se corta o pão o recheio sai e causa uma surpresa no cliente”, contou Inês.
 

Panetones regionais feitos por Inês. Foto: Reprodução/Amazon Sat

 

Para as pessoas que não consomem o panetone por causa do doce, Inês tem uma boa notícia, ela também prepara a receita na versão salgada. O sucesso foi tanto que a culinarista criou versões regionais, como a de pirarucu e tacacá. “As pessoas pensam que é ruim, mas o prepara é diferente do panetone doce. Faço uma massa de foccacia, e depois coloco os ingredientes do recheio, no caso da versão salgada prefiro que o panetone tenha uma mistura de texturas, como o seco (massa) e molhado (ingredientes)”, explicou. 

Na opinião de Inês, o que deixa seus panetones suculentos é o modo de preparo. “Os panetones industrializados recebem uma quantidade alta de conservantes, como o meu processo é mais artesanal procuro adaptar a receita, por exemplo, eu coloco leita na massa ao invés de água, o sabor fica muito mais evidente. Outro fator importante é o tempo de descanso do panetone após a preparação, é uma massa muito delicada”, revelou.

Gostou da ideia de experimentar um panetone regional neste Natal? Inês atende por meio do telefone (92) 99111-0151. Você não tem certeza? Então, continue olhando as fotos dessas deliciais regionais: 

 

Foto: Reprodução/Amazon Sat 
 

Foto: Reprodução/Amazon Sat
 

Foto: Reprodução/Amazon Sat 
 

Foto: Reprodução/Amazon Sat 
 

Foto: Reprodução/Amazon Sat 
 

Foto: Reprodução/Amazon Sat

 


Culinária

Em Manaus, culinarista cria panetones com sabores regionais

Dispense os tradicionais sabores do pão doce recheado. Agora, a típica comida natalina ganha um toque completamente amazônico

Portal Amazônia, com informações do Amazon Sat

jornalismo@portalamazonia.com


A receita de pão doce que teve sua origem na Itália ganhou o mundo, e se destaca como uma das principais comidas na época de Natal. Mas o que acontece quando o Panetone ganha um toque amazônico? A culinarista Inês Monteiro tem a resposta! Ela ganhou destaque no cenário gastronômico por usar ingredientes regionais na produção de seus panetones. Entre os sabores estão cupuaçu, pupunha, tucumã, tacacá e pirarucu.
 

Panetone de Tucumã é uma das opções para o Natal. Foto: Reprodução/Amazon Sat

 

A paixão de Inês pela gastronomia surgiu na infância. Ela desde sempre observou a tia a cozinhar doces e pratos típicos de Belém, no Pará. “Posso dizer que cresci no meio de doces. Eu via a minha tia fazer receitas deliciosas, e achava aquilo lindo. Aos 12 anos comecei a fazer minhas próprias receitas e vendia na escola. Sempre fui buscando uma melhoria naquilo que eu produzia. Quando cheguei em Manaus, me dei conta da quantidade de frutas regionais que poderiam ser adaptadas em receitas, a partir daí comecei a fazer pesquisas e testes”, disse.

A culinarista começou suas receitas regionais adaptando as trufas de chocolate, então na época de Natal, ela também resolveu usar o panetone. Frutas e proteínas que nunca passaram nem perto do pão doce recheado caíram como uma luva no resultado final. “A gente está no Amazonas, quando vi que as trufas ficavam deliciosas com os produtos locais, logo pensei em utilizá-los nos panetones. O legal é que quando se corta o pão o recheio sai e causa uma surpresa no cliente”, contou Inês.
 

Panetones regionais feitos por Inês. Foto: Reprodução/Amazon Sat

 

Para as pessoas que não consomem o panetone por causa do doce, Inês tem uma boa notícia, ela também prepara a receita na versão salgada. O sucesso foi tanto que a culinarista criou versões regionais, como a de pirarucu e tacacá. “As pessoas pensam que é ruim, mas o prepara é diferente do panetone doce. Faço uma massa de foccacia, e depois coloco os ingredientes do recheio, no caso da versão salgada prefiro que o panetone tenha uma mistura de texturas, como o seco (massa) e molhado (ingredientes)”, explicou. 

Na opinião de Inês, o que deixa seus panetones suculentos é o modo de preparo. “Os panetones industrializados recebem uma quantidade alta de conservantes, como o meu processo é mais artesanal procuro adaptar a receita, por exemplo, eu coloco leita na massa ao invés de água, o sabor fica muito mais evidente. Outro fator importante é o tempo de descanso do panetone após a preparação, é uma massa muito delicada”, revelou.

Gostou da ideia de experimentar um panetone regional neste Natal? Inês atende por meio do telefone (92) 99111-0151. Você não tem certeza? Então, continue olhando as fotos dessas deliciais regionais: 

 

Foto: Reprodução/Amazon Sat 
 

Foto: Reprodução/Amazon Sat
 

Foto: Reprodução/Amazon Sat 
 

Foto: Reprodução/Amazon Sat 
 

Foto: Reprodução/Amazon Sat 
 

Foto: Reprodução/Amazon Sat

 

TAG ManausAmazonaspanetonesabores regionais