Publicidade

Mulher

Home > Mulher > null
Mulher

Com atividades em Manaus, campanha estimula sociedade a combater violência sexual contra crianças

Com apoio da FRAM, a campanha Quebrando o Silêncio será realizada neste sábado (24), a partir de 16h15, na praça Duque de Caxias, no bairro São Jorge


Cerca de 300 milhões de crianças em todo o mundo vivem em constante situação de violência, seja física, sexual ou moral. O dado, divulgado em 2017 pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), integra o relatório “Um Rosto Familiar: Violência na Vida de Crianças e Adolescentes”. 

 

Em busca de acender um amplo debate e propor métodos para evitar o crescimento da violência sexual infantil, a campanha Quebrando o Silêncio, neste ano, direciona sua atenção para o tema em busca de evitar que mais crianças e adolescentes integrem estatísticas mundiais. A iniciativa da Igreja Adventista busca, também, apresentar caminhos para a recuperação de quem carrega as marcas e dores que resultam do abuso.

 

Em Manaus, neste sábado (24), a partir de 16h15, a campanha Quebrando o Silêncio será realizada na praça Duque de Caxias, no bairro São Jorge, zona oeste, em frente ao CIGS. O programa promovido por voluntários terá palestras, dinâmicas e a entrega das revistas oficiais do projeto, que destaca como as crianças podem se proteger em uma linguagem adaptada para elas. 

 

Foto: Divulgação

Há 17 anos, a campanha Quebrando o Silêncio acontece em toda América do Sul. Você pode ter acesso a materiais e informações acessando: quebrandoosilencio.org. Na capital amazonense, a iniciativa recebe apoio do projeto Bella Causa, promovido pela Fundação Rede Amazônica (FRAM), braço institucional do Grupo Rede Amazônica (GRAM).

 

O Bella Causa foi criado pela FRAM para dar visibilidade a luta contra a violência e abuso sexual sofrido pelas mulheres. A ideia é desenvolver uma rede de apoio que possa identificar e ajudar unidades institucionais (abrigos com meninas de até 18 anos) nos seis estados da Região Norte com presença do Grupo Rede Amazônica.

 

A primeira instituição que participante do 'Bella Causa' é a Casa Mamãe Margarida, que atende jovens mulheres em situação de vulnerabilidade social. 

 


Com atividades em Manaus, campanha estimula sociedade a combater violência sexual contra crianças

Com apoio da FRAM, a campanha Quebrando o Silêncio será realizada neste sábado (24), a partir de 16h15, na praça Duque de Caxias, no bairro São Jorge

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Cerca de 300 milhões de crianças em todo o mundo vivem em constante situação de violência, seja física, sexual ou moral. O dado, divulgado em 2017 pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), integra o relatório “Um Rosto Familiar: Violência na Vida de Crianças e Adolescentes”. 

 

Em busca de acender um amplo debate e propor métodos para evitar o crescimento da violência sexual infantil, a campanha Quebrando o Silêncio, neste ano, direciona sua atenção para o tema em busca de evitar que mais crianças e adolescentes integrem estatísticas mundiais. A iniciativa da Igreja Adventista busca, também, apresentar caminhos para a recuperação de quem carrega as marcas e dores que resultam do abuso.

 

Em Manaus, neste sábado (24), a partir de 16h15, a campanha Quebrando o Silêncio será realizada na praça Duque de Caxias, no bairro São Jorge, zona oeste, em frente ao CIGS. O programa promovido por voluntários terá palestras, dinâmicas e a entrega das revistas oficiais do projeto, que destaca como as crianças podem se proteger em uma linguagem adaptada para elas. 

 

Foto: Divulgação

Há 17 anos, a campanha Quebrando o Silêncio acontece em toda América do Sul. Você pode ter acesso a materiais e informações acessando: quebrandoosilencio.org. Na capital amazonense, a iniciativa recebe apoio do projeto Bella Causa, promovido pela Fundação Rede Amazônica (FRAM), braço institucional do Grupo Rede Amazônica (GRAM).

 

O Bella Causa foi criado pela FRAM para dar visibilidade a luta contra a violência e abuso sexual sofrido pelas mulheres. A ideia é desenvolver uma rede de apoio que possa identificar e ajudar unidades institucionais (abrigos com meninas de até 18 anos) nos seis estados da Região Norte com presença do Grupo Rede Amazônica.

 

A primeira instituição que participante do 'Bella Causa' é a Casa Mamãe Margarida, que atende jovens mulheres em situação de vulnerabilidade social. 

 

TAG mulherviolencia contra a mulherviolencia