Publicidade

Educação

Home > Educacao > null
Educação

Confira os trabalhos vencedores da última edição do concurso literário Conta um Conto

Promovido pela Fundação Rede Amazônica (FRAM), o concurso premiou quatro crianças com os melhores contos sobre “Como seria o mundo sem internet?”


Como seria o mundo sem internet? Essa pergunta pode ser respondida a partir de diversos aspectos, e algumas crianças da Amazônia decidiram expressar sua imaginação por meio de contos. Os quatro melhores contos sobre o assunto foram premiados, no último domingo (25), no concurso literário Conta um Conto, durante o Festival Literário e Cultural do Sesi (FLICS).

 

Ao todo, o concurso recebeu 275 inscritos nas categorias 1 (4º e 5º anos), 2 (6º e 7º anos), Categoria 3 (8º e 9º anos), e Vaga Lume (6º e 7º anos), com participantes do Amazonas, Amapá, Roraima, Rondônia, Pará, Mato Grosso e outros estados fora da Amazônia Brasileira.

 

Os vencedores foram Hugo Antônio Moreira de Pinha (categoria Vaga Lume); Laura dos Santos Carvalho (categoria 1 - 4º e 5 º ano); Carlos Daniel Monteiro Figueiredo (Categoria 2 - 6° e 7° ano); e Raissa Rodrigues Carneiro (Categoria 3 - 8° e 9° ano). Abaixo, confira os contos que levaram os jovens à vitória.

 

Categoria 1 - 3º e 4º ano: Laura dos Santos Carvalho 

 

 


Categoria 2 - 6º e 7º ano: Carlos Daniel Monteiro Figueiredo 

 





Categoria 3 - 8º e 9º ano: Raíssa Rodrigues Carneiro 

 

 


 


Categoria Vaga Lume: Hugo Antônio Moreira de Pinho

 

 



Prêmios

 

Foram premiados os primeiros lugares das categorias 1, 2, 3 e Vaga Lume, com seus incentivadores, com prêmios oferecidos pela Samsung, e os segundos lugares receberam leitores digitais.

 

FRAM

 

A Fundação Rede Amazônica é o braço institucional do Grupo Rede Amazônica, comprometida com a integração e desenvolvimento da Amazônia, com a missão de capacitar pessoas, articular parcerias e contribuir para o desenvolvimento social, ambiental e científico-tecnológico da região.

 

Vaga Lume

 

 

O Vaga Lume é uma organização sem fins lucrativos fundada em 2001 com o propósito de empoderar pessoas e comunidades da Amazônia Legal brasileira a partir da promoção da leitura e gestão de bibliotecas comunitárias como espaço para compartilhar saberes. São 91 bibliotecas em 22 municípios da Amazônia legal brasileira, onde o trabalho é realizado por 753 voluntários destas comunidades, e é mantida por doações. Quem quiser ajudar, basta acessar: vagalume.org.br.

 


 

     

Confira os trabalhos vencedores da última edição do concurso literário Conta um Conto

Promovido pela Fundação Rede Amazônica (FRAM), o concurso premiou quatro crianças com os melhores contos sobre “Como seria o mundo sem internet?”

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Como seria o mundo sem internet? Essa pergunta pode ser respondida a partir de diversos aspectos, e algumas crianças da Amazônia decidiram expressar sua imaginação por meio de contos. Os quatro melhores contos sobre o assunto foram premiados, no último domingo (25), no concurso literário Conta um Conto, durante o Festival Literário e Cultural do Sesi (FLICS).

 

Ao todo, o concurso recebeu 275 inscritos nas categorias 1 (4º e 5º anos), 2 (6º e 7º anos), Categoria 3 (8º e 9º anos), e Vaga Lume (6º e 7º anos), com participantes do Amazonas, Amapá, Roraima, Rondônia, Pará, Mato Grosso e outros estados fora da Amazônia Brasileira.

 

Os vencedores foram Hugo Antônio Moreira de Pinha (categoria Vaga Lume); Laura dos Santos Carvalho (categoria 1 - 4º e 5 º ano); Carlos Daniel Monteiro Figueiredo (Categoria 2 - 6° e 7° ano); e Raissa Rodrigues Carneiro (Categoria 3 - 8° e 9° ano). Abaixo, confira os contos que levaram os jovens à vitória.

 

Categoria 1 - 3º e 4º ano: Laura dos Santos Carvalho 

 

 


Categoria 2 - 6º e 7º ano: Carlos Daniel Monteiro Figueiredo 

 





Categoria 3 - 8º e 9º ano: Raíssa Rodrigues Carneiro 

 

 


 


Categoria Vaga Lume: Hugo Antônio Moreira de Pinho

 

 



Prêmios

 

Foram premiados os primeiros lugares das categorias 1, 2, 3 e Vaga Lume, com seus incentivadores, com prêmios oferecidos pela Samsung, e os segundos lugares receberam leitores digitais.

 

FRAM

 

A Fundação Rede Amazônica é o braço institucional do Grupo Rede Amazônica, comprometida com a integração e desenvolvimento da Amazônia, com a missão de capacitar pessoas, articular parcerias e contribuir para o desenvolvimento social, ambiental e científico-tecnológico da região.

 

Vaga Lume

 

 

O Vaga Lume é uma organização sem fins lucrativos fundada em 2001 com o propósito de empoderar pessoas e comunidades da Amazônia Legal brasileira a partir da promoção da leitura e gestão de bibliotecas comunitárias como espaço para compartilhar saberes. São 91 bibliotecas em 22 municípios da Amazônia legal brasileira, onde o trabalho é realizado por 753 voluntários destas comunidades, e é mantida por doações. Quem quiser ajudar, basta acessar: vagalume.org.br.

 


 

     

TAG conta um contoconta um conto vencedoresFundação Rede Amazônicaler mais umleitura