Publicidade

Turismo

Home > Cultura > null

Shows, Marcha para Jesus e agronegócio marcam 20ª edição da Feira da Laranja, em Rio Preto da Eva

O Balneário Municipal serviu como palco, neste fim de semana, para os shows de Gabriela Rocha, João Bosco e Vinicius, Júnior Lira, entre outros

Diego Oliveira

jornalismo@portalamazonia.com


Laranja, um fruto bastante consumido pelos amazonenses, fonte de vitamina C e ótimo para a prevenção de doenças. Em Rio Preto da Eva (distante 98 quilômetros de Manaus), além de ser utilizado como alimento, a laranja é responsável por movimentar a economia do município. Neste final de semana, a cidade recebeu a 20ª edição da Festa da Laranja e Agronegócios, que trouxe para o público uma programação eclética com música, feira de negócios e a 10ª edição da Marcha para Jesus.  
 
Foto: Reprodução/Rede Amazônica
   



O Balneário Municipal de Rio Preto da Eva serviu como palco para a 20º edição da Feira da Laranja. Quem abriu as apresentações na sexta-feira (30) foi o DJ Nick Seven, que tocou sucessos nacionais e internacionais para o público presente. Em seguida, a alegria contagiante do duo 'As Renatas' fez todo mundo dançar ao som das famosas sofrências e sertanejo universitário. Quem também empolgou as pessoas presentes na feira foram os meninos do Samba Kiss. À meia-noite, o cantor Arlindo Júnior apresentou o show 'Boi do Bamba'. A noite continuou animada com a participação de Jardel Santos, David Brito e Renato Cicatriz.  
         
Apresentações aconteceram no Balneário da cidade. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia 
 
No sábado (31) a Feira da Laranja deu espaço ao público gospel, com a 10ª edição da Marcha para Jesus. Fiéis de várias congregações evangélicas caminharam pelas ruas de Rio Preto da Eva, eles entonaram músicas e louvores para Jesus Cristo, e nem mesmo a forte chuva que caiu durante a tarde, os impediu de andar pelas ruas da cidade. A última parada da marcha foi no Balneário Municipal, que recebeu atrações locais e nacionais, como Isadora Pompeo, Júnior Lira e Gabriela Rocha. Emocionado, o público acompanhou de perto a apresentação de levitas que tocam seus corações.

Em entrevista ao Portal Amazônia, a cantora gospel Gabriela Rocha falou sobre a receptividade do povo amazonense. "A Amazônia é um lugar incrível, pude conhecer algumas cidades, e em todas, a recepção é a mesma, com muito carinho das pessoas", revelou a artista. Durante a apresentação, Gabriela profetizou palavras de bênçãos para o município. "É um lugar tão rico, espero que Deus abençoe a população de Rio Preto da Eva", disse.
 
                     
Gabriela Rocha profetiza durante o show em Rio Preto da Eva. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia 
                   

Banho, lazer e muita música

Quem já mergulhou nas águas do Balneário Municipal sabe que elas são geladas. Para os visitantes, a melhor forma de espantar o calor de quase 34 graus. A família da empresária, Dulce Santos, chegou cedo neste domingo (1°) para acompanhar o último dia de apresentação da Feira da Laranja. "Saímos de Manaus às 6h, estou ansioso para ver os shows, principalmente do João Bosco e Vinícius", declarou.


A movimentação dominical começou com o DJ Cláudio Roberto que aqueceu as pick-ups. O cantor John Vega também entrou no jogo e trouxe mais energia para quem curtia o fim de semana no balneário. A DJ Layla Abreu apresentou um setlist variado no último dia da Feira da Laranja. A última apresentação nacional do evento foi a dupla João Bosco e Vinícius, os cantores do Mato Grosso do Sul mostraram seus maiores sucessos como "Chora, me Liga", "Amiga Linda" e "Deixa a gente quieto".


De uma forma irreverente, João Bosco falou que adora a gastronomia da Amazônia. "Já tivemos a oportunidade de visitar vários lugares da região, mas tem uma coisa que não muda, o nosso cardápio, pois, sempre comemos os peixes daqui. É uma delicia", falou. Para Vinícius, conhecer culturas diferentes é o maior presente para um artista. "Temos um contato direto com as populações do Brasil, a cada show, uma nova experiência surge", contou.
 
                     
Dupla sertaneja levou a multidão ao delírio. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 
Laranja, a fruta de ouro de Rio Preto da Eva

A primeira edição do Festival da Laranja aconteceu em 1989, mas apenas em 1996, durante o mandato do prefeito Castelo que o evento ganhou uma formatação diferenciada. Já em 2005, durante o primeiro mandato de Anderson José de Souza (PROS), atual prefeito de Rio Preto da Eva, o festival mudou de nome para a Feira da Laranja, onde o agronegócio entrou para fortalecer o município.

De acordo com informações da Prefeitura de Rio Preto da Eva, o município possui cerca de dois mil hectares de plantação de laranja, o que abastece 70% do mercado da fruta no Amazonas.Em 2018, foram produzidos mais de 200 milhões de unidades da fruta.

“O Amazonas produz muito mais laranja que o Sudeste, a média nacional é de 700 frutos por pé, já aqui no município, nós produzimos mil frutos. Existem dois fatores diferentes para esses números, o primeiro é a luminosidade, afinal, temos 14h de luz. E o segundo, é a tecnologia empregada pelo Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) que fez a nossa produção ampliar”, comentou Anderson.
 
                     
Prefeito prova o suco de laranja de um dos produtores de Rio Preto da Eva. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia 
 
Exposição e negócios



Paralelo a programação cultural, os rios-pretenses receberam uma feira de agronegócio com 22 expositores. Além das famosas laranjas, os empreendedores levaram frutas típicas, legumes, alimentos, serviços e artesanato indígena. De acordo com o secretário de turismo, Ronisley Martins, a montagem do espaço foi feito em parceria com o  Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e as secretárias de Cultura e Produção.



Empreendedores ofertaram seus produtos para a população. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia


“Toda a nossa infraestrutura foi pensada em otimizar os produtos dos empreendedores. Tivemos também um lugar para audiências públicas, inclusive, fechamos uma parceria com os chineses que desejam instalar as agroindústrias em Rio Preto da Eva. Temos o objetivo de engrandecer os nossos produtores, afinal, todos merecem destaque, pois, auxiliam nas demandas econômicas do município”, explicou Martins.


A laranja pode até ser o destaque da feira, mas outros serviços são beneficiados nos três dias de evento. “Tudo o que você consome em uma viagem, cerca de 50%, vem da agricultura. Temos os cafés regionais, os almoços e afins. Aqui em Rio Preto da Eva, por exemplo, a Feira da Laranja movimenta 50 segmentos da economia, ou seja, benefício para todos da cidade, desde o vendedor ambulante, passando pelo setor hoteleiro, até mesmo, os salões saem ganhando”, comentou Martins.


Um povo que cresceu junto



Há 11 anos, a administradora Beth Costa auxilia os funcionários da Fazenda Progresso CM Decares, que vem se consolidando no setor dos cítricos. Ela confessou a reportagem que tem uma relação de amor com as laranjas. “Costumo dizer que a laranja é POP, o ouro do Brasil e da Amazônia. Me sinto gratificada por trabalhar com esses frutos maravilhosos, e a Feira da Laranja, nada mais é do que um marketing do cítrico no município. Só nessa edição, nós vamos levar mais de 200 sacas de laranjas para ofertamos ao público”, disse.


Ainda segundo Beth, em 2006, o Rio Preto da Eva trabalhava apenas com mineração de carvão, e a partir de então, o universo do agronegócio se abriu para os empreendedores, atualmente, o município conta com vários produtores de laranjas. E a expectativa deles são as melhores. “Temos quatro safras por ano, no mês de setembro, por exemplo, é o pico da safra. Vou te dizer uma coisa, a meta da Fazenda Progresso para 2019 é bater os sete milhões de frutos”, afirmou.
 
                     
O mercado do cítrico mudou a vida de Beth. Foto: Diego Oliveira 
 
A equipe do Portal Amazônia também teve a oportunidade de conhecer a história dos irmãos Souza, que  foram criados na cidade em uma época onde a infraestrutura era precária. A irmã mais velha, Francinete Souza, 68 anos, lembra com carinho da infância. O pai veio do Acre para o Amazonas, ao chegar em Rio Preto da Eva, que ainda seria batizado de Colônia Agrícola, viveu de forma simples, mas ganhou seu espaço e conseguiu sustentar a família, além de ver os passos iniciais da estruturação do município.


“Criei meus filhos aqui, a minha família conseguiu se estruturar neste município que amamos tanto. A única pena que eu tenho é que o meu pai não pode viver todas essas melhorias que conquistamos, claro que ele fez parte deste progresso, mas se ele estivesse aqui estaria bastante orgulhoso de tudo”, afirmou.
 
                     
Família viu o crescimento do município de Rio Preto da Eva. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia 
 
Ela destaca que a Feira da Laranja é uma das muitas conquistas do município e que trata todos os visitantes com carinho. “A gente gosto muito dessa época do ano, a cidade ganha um movimento diferente, faz bem para os comerciantes, e claro, para os turistas, que conseguem aproveitar das nossas belezas culturais e regionais. Costumo dizer, que em Rio Preto da Eva, somos uma grande família”, disse.
  Confira o que rolou na 20ª edição da Feira da Laranja:

 
                     
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia  
                   
                     
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
   
                                       
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                 
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 
                                                           
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
       
                                         
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                      &nb
                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
   
                           
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                 
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                 
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                 
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                 
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
   
     
Turismo

Shows, Marcha para Jesus e agronegócio marcam 20ª edição da Feira da Laranja, em Rio Preto da Eva

O Balneário Municipal serviu como palco, neste fim de semana, para os shows de Gabriela Rocha, João Bosco e Vinicius, Júnior Lira, entre outros


Laranja, um fruto bastante consumido pelos amazonenses, fonte de vitamina C e ótimo para a prevenção de doenças. Em Rio Preto da Eva (distante 98 quilômetros de Manaus), além de ser utilizado como alimento, a laranja é responsável por movimentar a economia do município. Neste final de semana, a cidade recebeu a 20ª edição da Festa da Laranja e Agronegócios, que trouxe para o público uma programação eclética com música, feira de negócios e a 10ª edição da Marcha para Jesus.  
 
Foto: Reprodução/Rede Amazônica
   



O Balneário Municipal de Rio Preto da Eva serviu como palco para a 20º edição da Feira da Laranja. Quem abriu as apresentações na sexta-feira (30) foi o DJ Nick Seven, que tocou sucessos nacionais e internacionais para o público presente. Em seguida, a alegria contagiante do duo 'As Renatas' fez todo mundo dançar ao som das famosas sofrências e sertanejo universitário. Quem também empolgou as pessoas presentes na feira foram os meninos do Samba Kiss. À meia-noite, o cantor Arlindo Júnior apresentou o show 'Boi do Bamba'. A noite continuou animada com a participação de Jardel Santos, David Brito e Renato Cicatriz.  
         
Apresentações aconteceram no Balneário da cidade. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia 
 
No sábado (31) a Feira da Laranja deu espaço ao público gospel, com a 10ª edição da Marcha para Jesus. Fiéis de várias congregações evangélicas caminharam pelas ruas de Rio Preto da Eva, eles entonaram músicas e louvores para Jesus Cristo, e nem mesmo a forte chuva que caiu durante a tarde, os impediu de andar pelas ruas da cidade. A última parada da marcha foi no Balneário Municipal, que recebeu atrações locais e nacionais, como Isadora Pompeo, Júnior Lira e Gabriela Rocha. Emocionado, o público acompanhou de perto a apresentação de levitas que tocam seus corações.

Em entrevista ao Portal Amazônia, a cantora gospel Gabriela Rocha falou sobre a receptividade do povo amazonense. "A Amazônia é um lugar incrível, pude conhecer algumas cidades, e em todas, a recepção é a mesma, com muito carinho das pessoas", revelou a artista. Durante a apresentação, Gabriela profetizou palavras de bênçãos para o município. "É um lugar tão rico, espero que Deus abençoe a população de Rio Preto da Eva", disse.
 
                     
Gabriela Rocha profetiza durante o show em Rio Preto da Eva. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia 
                   

Banho, lazer e muita música

Quem já mergulhou nas águas do Balneário Municipal sabe que elas são geladas. Para os visitantes, a melhor forma de espantar o calor de quase 34 graus. A família da empresária, Dulce Santos, chegou cedo neste domingo (1°) para acompanhar o último dia de apresentação da Feira da Laranja. "Saímos de Manaus às 6h, estou ansioso para ver os shows, principalmente do João Bosco e Vinícius", declarou.


A movimentação dominical começou com o DJ Cláudio Roberto que aqueceu as pick-ups. O cantor John Vega também entrou no jogo e trouxe mais energia para quem curtia o fim de semana no balneário. A DJ Layla Abreu apresentou um setlist variado no último dia da Feira da Laranja. A última apresentação nacional do evento foi a dupla João Bosco e Vinícius, os cantores do Mato Grosso do Sul mostraram seus maiores sucessos como "Chora, me Liga", "Amiga Linda" e "Deixa a gente quieto".


De uma forma irreverente, João Bosco falou que adora a gastronomia da Amazônia. "Já tivemos a oportunidade de visitar vários lugares da região, mas tem uma coisa que não muda, o nosso cardápio, pois, sempre comemos os peixes daqui. É uma delicia", falou. Para Vinícius, conhecer culturas diferentes é o maior presente para um artista. "Temos um contato direto com as populações do Brasil, a cada show, uma nova experiência surge", contou.
 
                     
Dupla sertaneja levou a multidão ao delírio. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 
Laranja, a fruta de ouro de Rio Preto da Eva

A primeira edição do Festival da Laranja aconteceu em 1989, mas apenas em 1996, durante o mandato do prefeito Castelo que o evento ganhou uma formatação diferenciada. Já em 2005, durante o primeiro mandato de Anderson José de Souza (PROS), atual prefeito de Rio Preto da Eva, o festival mudou de nome para a Feira da Laranja, onde o agronegócio entrou para fortalecer o município.

De acordo com informações da Prefeitura de Rio Preto da Eva, o município possui cerca de dois mil hectares de plantação de laranja, o que abastece 70% do mercado da fruta no Amazonas.Em 2018, foram produzidos mais de 200 milhões de unidades da fruta.

“O Amazonas produz muito mais laranja que o Sudeste, a média nacional é de 700 frutos por pé, já aqui no município, nós produzimos mil frutos. Existem dois fatores diferentes para esses números, o primeiro é a luminosidade, afinal, temos 14h de luz. E o segundo, é a tecnologia empregada pelo Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) que fez a nossa produção ampliar”, comentou Anderson.
 
                     
Prefeito prova o suco de laranja de um dos produtores de Rio Preto da Eva. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia 
 
Exposição e negócios



Paralelo a programação cultural, os rios-pretenses receberam uma feira de agronegócio com 22 expositores. Além das famosas laranjas, os empreendedores levaram frutas típicas, legumes, alimentos, serviços e artesanato indígena. De acordo com o secretário de turismo, Ronisley Martins, a montagem do espaço foi feito em parceria com o  Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e as secretárias de Cultura e Produção.



Empreendedores ofertaram seus produtos para a população. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia


“Toda a nossa infraestrutura foi pensada em otimizar os produtos dos empreendedores. Tivemos também um lugar para audiências públicas, inclusive, fechamos uma parceria com os chineses que desejam instalar as agroindústrias em Rio Preto da Eva. Temos o objetivo de engrandecer os nossos produtores, afinal, todos merecem destaque, pois, auxiliam nas demandas econômicas do município”, explicou Martins.


A laranja pode até ser o destaque da feira, mas outros serviços são beneficiados nos três dias de evento. “Tudo o que você consome em uma viagem, cerca de 50%, vem da agricultura. Temos os cafés regionais, os almoços e afins. Aqui em Rio Preto da Eva, por exemplo, a Feira da Laranja movimenta 50 segmentos da economia, ou seja, benefício para todos da cidade, desde o vendedor ambulante, passando pelo setor hoteleiro, até mesmo, os salões saem ganhando”, comentou Martins.


Um povo que cresceu junto



Há 11 anos, a administradora Beth Costa auxilia os funcionários da Fazenda Progresso CM Decares, que vem se consolidando no setor dos cítricos. Ela confessou a reportagem que tem uma relação de amor com as laranjas. “Costumo dizer que a laranja é POP, o ouro do Brasil e da Amazônia. Me sinto gratificada por trabalhar com esses frutos maravilhosos, e a Feira da Laranja, nada mais é do que um marketing do cítrico no município. Só nessa edição, nós vamos levar mais de 200 sacas de laranjas para ofertamos ao público”, disse.


Ainda segundo Beth, em 2006, o Rio Preto da Eva trabalhava apenas com mineração de carvão, e a partir de então, o universo do agronegócio se abriu para os empreendedores, atualmente, o município conta com vários produtores de laranjas. E a expectativa deles são as melhores. “Temos quatro safras por ano, no mês de setembro, por exemplo, é o pico da safra. Vou te dizer uma coisa, a meta da Fazenda Progresso para 2019 é bater os sete milhões de frutos”, afirmou.
 
                     
O mercado do cítrico mudou a vida de Beth. Foto: Diego Oliveira 
 
A equipe do Portal Amazônia também teve a oportunidade de conhecer a história dos irmãos Souza, que  foram criados na cidade em uma época onde a infraestrutura era precária. A irmã mais velha, Francinete Souza, 68 anos, lembra com carinho da infância. O pai veio do Acre para o Amazonas, ao chegar em Rio Preto da Eva, que ainda seria batizado de Colônia Agrícola, viveu de forma simples, mas ganhou seu espaço e conseguiu sustentar a família, além de ver os passos iniciais da estruturação do município.


“Criei meus filhos aqui, a minha família conseguiu se estruturar neste município que amamos tanto. A única pena que eu tenho é que o meu pai não pode viver todas essas melhorias que conquistamos, claro que ele fez parte deste progresso, mas se ele estivesse aqui estaria bastante orgulhoso de tudo”, afirmou.
 
                     
Família viu o crescimento do município de Rio Preto da Eva. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia 
 
Ela destaca que a Feira da Laranja é uma das muitas conquistas do município e que trata todos os visitantes com carinho. “A gente gosto muito dessa época do ano, a cidade ganha um movimento diferente, faz bem para os comerciantes, e claro, para os turistas, que conseguem aproveitar das nossas belezas culturais e regionais. Costumo dizer, que em Rio Preto da Eva, somos uma grande família”, disse.
  Confira o que rolou na 20ª edição da Feira da Laranja:

 
                     
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia  
                   
                     
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
   
                                       
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                 
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 
                                                           
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
       
                                         
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                      &nb
                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
   
                           
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                                   
                                                                 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                 
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                 
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                 
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                                 
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
                                               
                                             
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
   
     

TAG Rio Preto da Evaamazonasfeira da laranjaJoão Bosco e ViniciusGabriela Rochamusicaagronegocio