Publicidade

Agenda

Sessão Maldita apresenta a comédia 'O Mocinho Encrenqueiro', em Belém

A história ocorre pelos bastidores do dia a dia hollywoodiano, mas sem difamá-lo, apenas trazendo uma comédia simples em uma realidade lúdica


Em sessão única, com entrada franca, a Sessão Maldita desta terça-feira (27) exibirá, às 20 h, o filme “O Mocinho Encrenqueiro”, dirigido e estrelado por Jerry Lewis, no Cine Líbero Luxardo, da Fundação Cultural do Pará (FCP). A comédia é protagonizada pelo próprio diretor, que se destaca com as expressões faciais e corporais que fazem a diferença nas pequenas situações vividas pelo personagem em Hollywood.

Contratado para ser "os olhos e os ouvidos" de um chefão de Hollywood, na Paramutual Pictures, Morty S. Tashman se disfarça de entregador para poder percorrer o local e depois contar ao chefe toda e qualquer atividade desonesta ou questionável. Mas todas as intrigas e malandragens que descobre são as que ele mesmo provoca.  
       
Foto: Divulgação
 

Jerry Lewis, encarregado de grande parte da comicidade do filme, trabalha com o humor visual, utilizando suas cômicas expressões faciais, inclusive com o sincronismo da trilha sonora com seus gestos e feições. O trabalho é facilmente confundido com uma obra teatral por conta das performances e situações apresentadas, lembrando o inesquecível “Tempos Modernos”, do também genial Charles Chaplin.

A história ocorre pelos bastidores do dia a dia hollywoodiano, mas sem difamá-lo, apenas trazendo uma comédia simples em uma realidade lúdica. Todos os acontecimentos que se encaixam no tema são passíveis de risadas, transformando o diretor em um dos maiores nomes dentro da área cômica. “O Mocinho Encrenqueiro”, de 1961, se tornou um dos clássicos do diretor, o qual conquistou o Oscar Humanitário em 2009. (Colaboração de Pedro Gonçalves).

Agenda

Home > Cultura > null

Sessão Maldita apresenta a comédia 'O Mocinho Encrenqueiro', em Belém

A história ocorre pelos bastidores do dia a dia hollywoodiano, mas sem difamá-lo, apenas trazendo uma comédia simples em uma realidade lúdica

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Em sessão única, com entrada franca, a Sessão Maldita desta terça-feira (27) exibirá, às 20 h, o filme “O Mocinho Encrenqueiro”, dirigido e estrelado por Jerry Lewis, no Cine Líbero Luxardo, da Fundação Cultural do Pará (FCP). A comédia é protagonizada pelo próprio diretor, que se destaca com as expressões faciais e corporais que fazem a diferença nas pequenas situações vividas pelo personagem em Hollywood.

Contratado para ser "os olhos e os ouvidos" de um chefão de Hollywood, na Paramutual Pictures, Morty S. Tashman se disfarça de entregador para poder percorrer o local e depois contar ao chefe toda e qualquer atividade desonesta ou questionável. Mas todas as intrigas e malandragens que descobre são as que ele mesmo provoca.  
       
Foto: Divulgação
 

Jerry Lewis, encarregado de grande parte da comicidade do filme, trabalha com o humor visual, utilizando suas cômicas expressões faciais, inclusive com o sincronismo da trilha sonora com seus gestos e feições. O trabalho é facilmente confundido com uma obra teatral por conta das performances e situações apresentadas, lembrando o inesquecível “Tempos Modernos”, do também genial Charles Chaplin.

A história ocorre pelos bastidores do dia a dia hollywoodiano, mas sem difamá-lo, apenas trazendo uma comédia simples em uma realidade lúdica. Todos os acontecimentos que se encaixam no tema são passíveis de risadas, transformando o diretor em um dos maiores nomes dentro da área cômica. “O Mocinho Encrenqueiro”, de 1961, se tornou um dos clássicos do diretor, o qual conquistou o Oscar Humanitário em 2009. (Colaboração de Pedro Gonçalves).

TAG BelemParacinemaexibicao