Variedades

Projeto Biblioteca Vazia arrecada livros para doação em Manaus

Desenvolvida pelo Amazonas Shopping, iniciativa enviará arrecadações para o Instituto Navegando e Lendo


 

Foto: Divulgação/Amazonas Shopping

 

 

O projeto Biblioteca Vazia, cujo objetivo é arrecadar livros de gêneros variados para doação, teve início esta semana em Manaus. A iniciativa é do Amazonas Shopping, que celebra o Dia da Literatura Brasileira, comemorado em 1° de Maio. Os livros arrecadados serão enviados ao Instituto Navegando e Lendo, entidade que mantém diversas atividades de incentivo à leitura no Amazonas.

De acordo o superintendente do Amazonas Shopping, Eduardo Zucareli, o projeto pretende estimular a leitura, principalmente, entre jovens e crianças. "A formação de cidadãos críticos e conscientes do seu papel na sociedade passa também pelo incentivo à leitura, porque a informação é o melhor caminho para construir um país melhor”, ressaltou.

Os livros doados, disse ele, precisam estar em bom estado de conservação e podem ser deixados nas prateleiras da Biblioteca Vazia. Todos os exemplares serão entregues ao Instituto Navegando e Lendo, idealizado pelo pedagogo e escritor Jorge Klein.

Klein explica que entre as atividades desenvolvidas pelo instituto está a oferta livros em embarcações. “Esse foi o primeiro projeto de incentivo à leitura realizado por mim, há 10 anos, e que deu nome ao Instituto, que é Navegando e Lendo”, destacou o pedagogo, que também mantém a Biblioteca de Incentivo à Leitura Tenório Telles, localizada no conjunto João Bosco. A biblioteca funciona todos os sábados, das 9h às 12h e das 14h às 16h.

Com apenas quatro de meses de criação, a biblioteca já recebeu a doação de mais 400 títulos. Segundo Jorge Klein, outro projeto que irá lançar em breve é o 'Um por todos e todos pela Leitura', que pretende levar livros de vários gêneros para as salas de aula de escolas públicas do Ensino Fundamental. “A ideia é montar em cada sala de aula um espaço com vários exemplares de livros e incentivar a troca entre os estudantes, após o fim de cada leitura”, adiantou.

 


Variedades

Projeto Biblioteca Vazia arrecada livros para doação em Manaus

Desenvolvida pelo Amazonas Shopping, iniciativa enviará arrecadações para o Instituto Navegando e Lendo

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


 

Foto: Divulgação/Amazonas Shopping

 

 

O projeto Biblioteca Vazia, cujo objetivo é arrecadar livros de gêneros variados para doação, teve início esta semana em Manaus. A iniciativa é do Amazonas Shopping, que celebra o Dia da Literatura Brasileira, comemorado em 1° de Maio. Os livros arrecadados serão enviados ao Instituto Navegando e Lendo, entidade que mantém diversas atividades de incentivo à leitura no Amazonas.

De acordo o superintendente do Amazonas Shopping, Eduardo Zucareli, o projeto pretende estimular a leitura, principalmente, entre jovens e crianças. "A formação de cidadãos críticos e conscientes do seu papel na sociedade passa também pelo incentivo à leitura, porque a informação é o melhor caminho para construir um país melhor”, ressaltou.

Os livros doados, disse ele, precisam estar em bom estado de conservação e podem ser deixados nas prateleiras da Biblioteca Vazia. Todos os exemplares serão entregues ao Instituto Navegando e Lendo, idealizado pelo pedagogo e escritor Jorge Klein.

Klein explica que entre as atividades desenvolvidas pelo instituto está a oferta livros em embarcações. “Esse foi o primeiro projeto de incentivo à leitura realizado por mim, há 10 anos, e que deu nome ao Instituto, que é Navegando e Lendo”, destacou o pedagogo, que também mantém a Biblioteca de Incentivo à Leitura Tenório Telles, localizada no conjunto João Bosco. A biblioteca funciona todos os sábados, das 9h às 12h e das 14h às 16h.

Com apenas quatro de meses de criação, a biblioteca já recebeu a doação de mais 400 títulos. Segundo Jorge Klein, outro projeto que irá lançar em breve é o 'Um por todos e todos pela Leitura', que pretende levar livros de vários gêneros para as salas de aula de escolas públicas do Ensino Fundamental. “A ideia é montar em cada sala de aula um espaço com vários exemplares de livros e incentivar a troca entre os estudantes, após o fim de cada leitura”, adiantou.

 

TAG ManausAmazonasliteraturabibliotecas