Turismo

Pesca esportiva é opção turística no Tocantins

No esquema pesque e solte, a pesca esportiva proporciona vivência com a natureza e incentiva a preservação dos peixes e do meio ambiente

Portal Amazônia, com informações do Governo do Tocantins

jronalismo@portalamazonia.com


A diversidade e a quantidade de rios no território tocantinense, além das principais bacias hidrográficas com os rios Tocantins e Araguaia, oferecem uma riqueza de espécies de peixes amazônicos. Esses peixes se tornam atrativos para a prática de pesca esportiva em diversas regiões do Estado. 

 

 

 

 

Várias espécies fazem parte da atividade pesque e solte. Foto: Thiago Sá/Governo do Tocantins

 

Espécies nativas, como o tucunaré, a caranha, a bicuda, a cachorra larga, o barbado e a curvina, por exemplo, também são motivos para a vinda de turistas e praticantes dessa modalidade para regiões turísticas da Ilha do Bananal, das Serras e Lagos e das Praias e Lagos do Cantão. Praticada no esquema pesque e solte, a pesca esportiva proporciona uma vivência com a natureza e incentiva a preservação dos peixes e do meio ambiente.

Por meio de projetos, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden) incentiva a pesca esportiva no Estado, principalmente devido ao potencial turístico dessa prática.

De acordo com o superintendente de Desenvolvimento Turístico, James Possapp, está em andamento o processo de financiamento da execução do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins (PDRIS), a partir de um empréstimo que será realizado pelo Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). Um dos objetivos é incentivar o turismo pesqueiro e o segmento da pesca esportiva no Tocantins, além de conscientizar os praticantes quanto à preservação do meio ambiente e dos peixes.

O projeto tornará possível a contratação de uma consultoria para elaborar o Plano de Desenvolvimento da Pesca Esportiva do Estado do Tocantins, os Roteiros Ecoturísticos de Pesca Esportiva e os Projetos de Fortalecimento da Base Empresarial e Comunitária nos municípios turísticos de Palmas, Porto Nacional, Lajeado e Peixe. Além disso, será possível capacitar guias de turismo especializados em pesca esportiva e elaborar um guia prático de pesca esportiva para os praticantes que visitam o Estado. 

 


Turismo

Pesca esportiva é opção turística no Tocantins

No esquema pesque e solte, a pesca esportiva proporciona vivência com a natureza e incentiva a preservação dos peixes e do meio ambiente

Portal Amazônia, com informações do Governo do Tocantins

jronalismo@portalamazonia.com


A diversidade e a quantidade de rios no território tocantinense, além das principais bacias hidrográficas com os rios Tocantins e Araguaia, oferecem uma riqueza de espécies de peixes amazônicos. Esses peixes se tornam atrativos para a prática de pesca esportiva em diversas regiões do Estado. 

 

 

 

 

Várias espécies fazem parte da atividade pesque e solte. Foto: Thiago Sá/Governo do Tocantins

 

Espécies nativas, como o tucunaré, a caranha, a bicuda, a cachorra larga, o barbado e a curvina, por exemplo, também são motivos para a vinda de turistas e praticantes dessa modalidade para regiões turísticas da Ilha do Bananal, das Serras e Lagos e das Praias e Lagos do Cantão. Praticada no esquema pesque e solte, a pesca esportiva proporciona uma vivência com a natureza e incentiva a preservação dos peixes e do meio ambiente.

Por meio de projetos, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden) incentiva a pesca esportiva no Estado, principalmente devido ao potencial turístico dessa prática.

De acordo com o superintendente de Desenvolvimento Turístico, James Possapp, está em andamento o processo de financiamento da execução do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins (PDRIS), a partir de um empréstimo que será realizado pelo Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). Um dos objetivos é incentivar o turismo pesqueiro e o segmento da pesca esportiva no Tocantins, além de conscientizar os praticantes quanto à preservação do meio ambiente e dos peixes.

O projeto tornará possível a contratação de uma consultoria para elaborar o Plano de Desenvolvimento da Pesca Esportiva do Estado do Tocantins, os Roteiros Ecoturísticos de Pesca Esportiva e os Projetos de Fortalecimento da Base Empresarial e Comunitária nos municípios turísticos de Palmas, Porto Nacional, Lajeado e Peixe. Além disso, será possível capacitar guias de turismo especializados em pesca esportiva e elaborar um guia prático de pesca esportiva para os praticantes que visitam o Estado. 

 

TAG Tocantinspescapesca esportiva