Publicidade

Variedades

Home > Cultura > null

Paraense Leona Vingativa lança documentário biográfico neste sábado, em São Paulo

A artista Leona Vingativa é estrela do documentário "Leona - O filme", que será lançado durante a programação do "Cinema em Transe"

William Costa

william.costa@portalamazonia.com


Ela começou produzindo esquetes para internet, uma minissérie de drama feita e gravada pelo celular, e lhe rendeu milhões de acessos no YouTube ainda em 2009. Seu nome? Nati Natini Natili Lohana Savic de Albuquerque Pampic de La Tustuane, mais conhecida como Danusa Deise Medly Leona Meiry Cibele de Bolda de Gasparri. A mulher jamais falada. A menina jamais igualada, ou simplesmente, Leona Vingativa.

 
Foto:Reprodução/Instagram
Leona é uma artista transexual de Belém do Pará, engajada em causas ambientais. Seus principais vídeos retratam sua relação com os problemas de uma cidade urbanizada, como o lixo, alagamento e insegurança. Terá, pela primeira vez, sua vida retratada no mini-documentário "Leona - O filme", de Clara Seria e Hugo Resende, que será lançado neste sábado (22), durante o Festival "Cinema em Transe", em São Paulo.


A criação, direção e produção do curta é feito pelo Estúdio Mundo Inspirações, e segundo os diretores, a ideia é levar a pluralidade e a vivência de Leona para mundo.


"Queremos ampliar essa voz o máximo possível. Quando produzimos um material onde abordamos parte de uma realidade LGBTQIA+, procuramos nos colocar como ouvintes nesse lugar onde a escuta se faz extremamente necessária. Procuramos abordar os assuntos de uma maneira ampla e bem a vontade. Nosso roteiro é bem aberto e pouco linear, e por isso falamos um pouco de tudo dentro desse recorte da passagem de Leona por São Paulo. Teremos cenas dela em sua primeira Pride, a relação com a família e a exposição na internet enquanto criança viada", contam Clara e Hugo.


 
Foto:Reprodução/Instagram
Para Leona, o momento é muito importante pois além de retratar sua história desde criança na internet, contará um pouco de sua vida e suas lutas diárias.


"Pra mim é muito gratificante estar mostrando isso para as pessoas. O quê acontece e o quê aconteceu comigo. Isso tudo vai ser exposto no documentário. Eu to empolgadíssima pra que todos vejam logo! Vocês vão amar", escreveu a artista através das redes sociais.


A cantora Gaby Amarantos também participa do documentário falando de sua relação com Leona.


A estreia/exibição será no dia 22 de Junho, às 17h no Centro Cultural São Paulo. E em breve estará disponível em outras cidades, além do canal da artista no Youtube. Confira o teaser no mini-documentário: 


Variedades

Paraense Leona Vingativa lança documentário biográfico neste sábado, em São Paulo

A artista Leona Vingativa é estrela do documentário "Leona - O filme", que será lançado durante a programação do "Cinema em Transe"


Ela começou produzindo esquetes para internet, uma minissérie de drama feita e gravada pelo celular, e lhe rendeu milhões de acessos no YouTube ainda em 2009. Seu nome? Nati Natini Natili Lohana Savic de Albuquerque Pampic de La Tustuane, mais conhecida como Danusa Deise Medly Leona Meiry Cibele de Bolda de Gasparri. A mulher jamais falada. A menina jamais igualada, ou simplesmente, Leona Vingativa.

 
Foto:Reprodução/Instagram
Leona é uma artista transexual de Belém do Pará, engajada em causas ambientais. Seus principais vídeos retratam sua relação com os problemas de uma cidade urbanizada, como o lixo, alagamento e insegurança. Terá, pela primeira vez, sua vida retratada no mini-documentário "Leona - O filme", de Clara Seria e Hugo Resende, que será lançado neste sábado (22), durante o Festival "Cinema em Transe", em São Paulo.


A criação, direção e produção do curta é feito pelo Estúdio Mundo Inspirações, e segundo os diretores, a ideia é levar a pluralidade e a vivência de Leona para mundo.


"Queremos ampliar essa voz o máximo possível. Quando produzimos um material onde abordamos parte de uma realidade LGBTQIA+, procuramos nos colocar como ouvintes nesse lugar onde a escuta se faz extremamente necessária. Procuramos abordar os assuntos de uma maneira ampla e bem a vontade. Nosso roteiro é bem aberto e pouco linear, e por isso falamos um pouco de tudo dentro desse recorte da passagem de Leona por São Paulo. Teremos cenas dela em sua primeira Pride, a relação com a família e a exposição na internet enquanto criança viada", contam Clara e Hugo.


 
Foto:Reprodução/Instagram
Para Leona, o momento é muito importante pois além de retratar sua história desde criança na internet, contará um pouco de sua vida e suas lutas diárias.


"Pra mim é muito gratificante estar mostrando isso para as pessoas. O quê acontece e o quê aconteceu comigo. Isso tudo vai ser exposto no documentário. Eu to empolgadíssima pra que todos vejam logo! Vocês vão amar", escreveu a artista através das redes sociais.


A cantora Gaby Amarantos também participa do documentário falando de sua relação com Leona.


A estreia/exibição será no dia 22 de Junho, às 17h no Centro Cultural São Paulo. E em breve estará disponível em outras cidades, além do canal da artista no Youtube. Confira o teaser no mini-documentário: 



TAG Leona Vingativadocumentariocentro cultural sao paulobelemparacinema em transe