Publicidade

Gastronomia

Novidade: coxinha de tucumã faz sucesso em Manaus

O salgado produzido pelo empresário Dougulas Melchior não leva manteiga, ovo, leite ou frango. E foi criado para o público vegano


Não tem nada melhor do que ir a uma lanchonete e pedir aquele salgado frito na hora, mas você já se imaginou comendo uma coxinha que não leva nenhum ingrediente de origem animal? Em Manaus, o empresário Douglas Melchior, inovou e criou uma coxinha de tucumã, ele vende o produto na Feira de Produtos Orgânicos do Incra e chama a atenção de quem passa no local.
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Segundo Douglas, ele e a esposa a Rebecca Lussnig, decidiram investir em um negócio voltado para as pessoas veganas, ou seja, aqueles que são contra a exploração dos animais. “A minha mãe vendia coxinha no trabalho dela, então decidimos reinventar o prato usando apenas produtos naturais, e no lugar do frango, [usamos] um ingrediente da Amazônia, o tucumã. Temos com outros recheios também, mas o que mais vende é a de tucumã”, afirmou.

A Kombi de Douglas estaciona todas as quintas-feiras na sede do  Instituto Nacional da Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Manaus, localizada na Avenida André Araújo. No cardápio, vários salgados, mas todos com a mesma características: sem qualquer vestígio de produtos com origem animal. “Já temos alguns clientes fixos, outros experimentam pela primeira vez e aprovam. É engraçado ver a reação dos clientes quando provam os salgados pela primeira vez”, ressaltou Gabriel.
   
Salgados veganos. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Apesar de ser vegana, a austríaca Rebecca Lussnig sempre quis provar a 'famosa coxinha' do Brasil. "A minha sogra sempre fez e fiquei curiosa para provar, por isso, a gente adaptou a receita original utilizando produtos naturais. O sabor fica uma delícia, os clientes aprovam e retornam. A Amazônia tem sabores impares e que combinam com muitos alimentos", destacou. 

Quem agradeceu a iniciativa de Douglas foi o universitário, Iago Pinheiro. Ele contou ao Portal Amazônia que poucos estabelecimentos se preocupam com o público vegetariano ou vegano. “Todos os salgados são deliciosos, por isso sempre que tenho oportunidade venho aqui. Sou vegano há dois anos, então é muito complicado encontrar produtos que não explorem os animais. Na maioria das vezes, eu e meus amigos fazemos reuniões e cada um leva um prato diferente”, revelou. 

Ficou curioso para provar a coxinha de tucumã? Douglas e Rebecca estão todas as quintas na Feira de Produtos Orgânicos do Incra, a partir das 16h.
     
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Gastronomia

Home > Cultura > null

Novidade: coxinha de tucumã faz sucesso em Manaus

O salgado produzido pelo empresário Dougulas Melchior não leva manteiga, ovo, leite ou frango. E foi criado para o público vegano

Diego Oliveira

jornalismo@portalamazonia.com


Não tem nada melhor do que ir a uma lanchonete e pedir aquele salgado frito na hora, mas você já se imaginou comendo uma coxinha que não leva nenhum ingrediente de origem animal? Em Manaus, o empresário Douglas Melchior, inovou e criou uma coxinha de tucumã, ele vende o produto na Feira de Produtos Orgânicos do Incra e chama a atenção de quem passa no local.
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Segundo Douglas, ele e a esposa a Rebecca Lussnig, decidiram investir em um negócio voltado para as pessoas veganas, ou seja, aqueles que são contra a exploração dos animais. “A minha mãe vendia coxinha no trabalho dela, então decidimos reinventar o prato usando apenas produtos naturais, e no lugar do frango, [usamos] um ingrediente da Amazônia, o tucumã. Temos com outros recheios também, mas o que mais vende é a de tucumã”, afirmou.

A Kombi de Douglas estaciona todas as quintas-feiras na sede do  Instituto Nacional da Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Manaus, localizada na Avenida André Araújo. No cardápio, vários salgados, mas todos com a mesma características: sem qualquer vestígio de produtos com origem animal. “Já temos alguns clientes fixos, outros experimentam pela primeira vez e aprovam. É engraçado ver a reação dos clientes quando provam os salgados pela primeira vez”, ressaltou Gabriel.
   
Salgados veganos. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Apesar de ser vegana, a austríaca Rebecca Lussnig sempre quis provar a 'famosa coxinha' do Brasil. "A minha sogra sempre fez e fiquei curiosa para provar, por isso, a gente adaptou a receita original utilizando produtos naturais. O sabor fica uma delícia, os clientes aprovam e retornam. A Amazônia tem sabores impares e que combinam com muitos alimentos", destacou. 

Quem agradeceu a iniciativa de Douglas foi o universitário, Iago Pinheiro. Ele contou ao Portal Amazônia que poucos estabelecimentos se preocupam com o público vegetariano ou vegano. “Todos os salgados são deliciosos, por isso sempre que tenho oportunidade venho aqui. Sou vegano há dois anos, então é muito complicado encontrar produtos que não explorem os animais. Na maioria das vezes, eu e meus amigos fazemos reuniões e cada um leva um prato diferente”, revelou. 

Ficou curioso para provar a coxinha de tucumã? Douglas e Rebecca estão todas as quintas na Feira de Produtos Orgânicos do Incra, a partir das 16h.
     
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

TAG manausAmazonascoxinha de tucumasalgadoveganoveganismo