Publicidade

Agenda

"Mato Grosso de Todos os Ritmos" celebra o aniversário do Estado em concerto épico

A Orquestra Sinfônica da UFMT recebe convidados em um concerto dedicado aos ritmos e tradições mato-grossense


Mato Grosso plural, multicolorido e que guarda diversos biomas, também abriga muitas etnias, todas as raças e crenças, sobretudo todos os ritmos. Essa diversidade acentuada, aliás, é uma de suas mais charmosas características. Para celebra o aniversário de 271 anos do terceiro maior Estado brasileiro, será organizado um concerto dedicado à valorização das nuances de uma identidade cultural tão heterogênea.

 

Sob a batuta do maestro Fabrício Carvalho, no próximo dia 30 de abril, terça-feira, às 19h, a Orquestra Sinfônica da UFMT sobe ao palco estruturado no entorno da Arena Pantanal para um concerto épico. “Mato Grosso de Todos os Ritmos vai unir diversos estilos musicais presentes no Estado, num só concerto, motivo de muita alegria para todos. É uma maneira de valorizar nossa diversidade, momento de equalizar os conceitos das nossas manifestações culturais”, adianta Fabricio Carvalho.

 

 

   
Foto: Divulgação
 

 


Com arranjos inéditos especialmente encomendados ao maestro Leoni Pepe D'Adderio, todo o repertório da noite foi pensado para exaltar a música de Mato Grosso e, principalmente, valorizar os artistas da terra. “Convidamos diversos artistas das mais variadas plataformas rítmicas, do rock ao rasqueado, do lambadão à música eletrônica, do rap ao samba, da ópera ao sertanejo, da Venezuela ao Haiti”, revela.

 

Além do lambadão do grupo Erre Som, do instrumental do Bolinha, do pop rock da banda Strauss, da tradicional música cuiabana de Vera e Zuleica, o concerto reserva ainda a participação do trio Pescuma, Henrique e Claudinho, da Bateria Touceira da Confraria do Bode, da explosão do country, Johnny Everson, do mestre do rasqueado, Roberto Lucialdo, do rap de Breno Dz6, do sertanejo de Allan Maycon, da música autoral de Queila Ribeiro, da violinista venezuelana Yndira Villaroel e do rapper haitiano Asid Adult Man.

 

“Tudo isso com acompanhamento da Orquestra Sinfônica da UFMT, com arranjos novos, encomendados especialmente para a ocasião. A ideia é fazer deste um projeto itinerante, com apresentações em Rondonópolis, Sinop, e por aí vai. É uma bela oportunidade para apresentar um concerto de muita qualidade, com a melhor estrutura. Em resumo, dignidade na cultura com muitos atributos”, conclui Fabricio Carvalho.

 

Para o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Allan Kardec, essa é uma oportunidade de valorização da nossa cultura. “Os principais estilos da música hoje presentes em Mato Grosso serão exaltados. Uma grande celebração à cultura do nosso Estado, num festa genuinamente mato-grossense”.

 

O ingresso solidário será um quilo de alimento não perecível destinado à campanha SOS Funcionários da Santa Casa de Cuiabá.


Agenda

Home > Cultura > null

"Mato Grosso de Todos os Ritmos" celebra o aniversário do Estado em concerto épico

A Orquestra Sinfônica da UFMT recebe convidados em um concerto dedicado aos ritmos e tradições mato-grossense

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Mato Grosso plural, multicolorido e que guarda diversos biomas, também abriga muitas etnias, todas as raças e crenças, sobretudo todos os ritmos. Essa diversidade acentuada, aliás, é uma de suas mais charmosas características. Para celebra o aniversário de 271 anos do terceiro maior Estado brasileiro, será organizado um concerto dedicado à valorização das nuances de uma identidade cultural tão heterogênea.

 

Sob a batuta do maestro Fabrício Carvalho, no próximo dia 30 de abril, terça-feira, às 19h, a Orquestra Sinfônica da UFMT sobe ao palco estruturado no entorno da Arena Pantanal para um concerto épico. “Mato Grosso de Todos os Ritmos vai unir diversos estilos musicais presentes no Estado, num só concerto, motivo de muita alegria para todos. É uma maneira de valorizar nossa diversidade, momento de equalizar os conceitos das nossas manifestações culturais”, adianta Fabricio Carvalho.

 

 

   
Foto: Divulgação
 

 


Com arranjos inéditos especialmente encomendados ao maestro Leoni Pepe D'Adderio, todo o repertório da noite foi pensado para exaltar a música de Mato Grosso e, principalmente, valorizar os artistas da terra. “Convidamos diversos artistas das mais variadas plataformas rítmicas, do rock ao rasqueado, do lambadão à música eletrônica, do rap ao samba, da ópera ao sertanejo, da Venezuela ao Haiti”, revela.

 

Além do lambadão do grupo Erre Som, do instrumental do Bolinha, do pop rock da banda Strauss, da tradicional música cuiabana de Vera e Zuleica, o concerto reserva ainda a participação do trio Pescuma, Henrique e Claudinho, da Bateria Touceira da Confraria do Bode, da explosão do country, Johnny Everson, do mestre do rasqueado, Roberto Lucialdo, do rap de Breno Dz6, do sertanejo de Allan Maycon, da música autoral de Queila Ribeiro, da violinista venezuelana Yndira Villaroel e do rapper haitiano Asid Adult Man.

 

“Tudo isso com acompanhamento da Orquestra Sinfônica da UFMT, com arranjos novos, encomendados especialmente para a ocasião. A ideia é fazer deste um projeto itinerante, com apresentações em Rondonópolis, Sinop, e por aí vai. É uma bela oportunidade para apresentar um concerto de muita qualidade, com a melhor estrutura. Em resumo, dignidade na cultura com muitos atributos”, conclui Fabricio Carvalho.

 

Para o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Allan Kardec, essa é uma oportunidade de valorização da nossa cultura. “Os principais estilos da música hoje presentes em Mato Grosso serão exaltados. Uma grande celebração à cultura do nosso Estado, num festa genuinamente mato-grossense”.

 

O ingresso solidário será um quilo de alimento não perecível destinado à campanha SOS Funcionários da Santa Casa de Cuiabá.

TAG mato grossoCuiabashoworquestra