Variedades

Matemática Pai D'égua: jogo de tabuleiro criado por alunos do Pará

O jogo traz elementos da cultura paraense, com questões de geometria plana e equações do primeiro grau


Alunos do curso de licenciatura em Matemática do Instituto Federal do Pará desenvolveram um jogo regionalizado e de baixo custo para ensinar a temida disciplina dos cálculos. Segundo um dos responsáveis pelo projeto, o aluno Matheus Martins, o jogo é de tabuleiro e traz elementos da cultura amazônida, como vocabulário e expressões regionais.

 

"O jogo foi desenvolvido a partir da disciplina Matemática, Metodologia e Prática. Dois amigos e eu, nos reunimos e optamos pelo jogo de tabuleiro, tendo como público alvo alunos do nono ano do ensino fundamental. No jogo, propomos questões de operações básicas, equação do 1º grau e geometria plana", disse.

     

 

Foto: Divulgação 

 

 

Matheus relata que o jogo tem por finalidade diversificar conhecimentos matemáticos, por meio lúdico, "relacionamos o jogo ao contexto social do aluno, com isso desenvolvemos a aprendizagem e a compreensão de conteúdos matemáticos, buscando produzir uma dinâmica de aula, de forma diferenciada do que normalmente é proposto em sala", disse.

 

O Matemática Pai D'égua traz a presença do vocabulário cultural do paraense, como afirma Matheus. " No jogo, ao invés de cartas de azar, temos cartas 'mundiadas', que quer dizer encantadas, além de casas como 'Você bebeu muito açaí. Deite na sua rede e fique uma rodada sem jogar!' ", completou.

 

Para a professora doutora Rita Sidmar Alencar Gil, que orientou os alunos, ressalta a necessidade de se propor novas metodologias em sala de aula, "é muito importante na formação do professor de Matemática que ele aprenda novas metodologias de ensino, e o jogo permite ao aluno aprender a Matemática de forma mais prazerosa quando você estuda usando o contexto no qual o aluno está inserido," disse.

 

O jogo ainda está sendo apresentado em congressos de área, mas a equipe já planeja melhorar para atender outras séries e faixas de idade, além de buscar apoio para produção de unidades que possam ser distribuídas gratuitamente em escolas públicas.

  

 

Foto: Divulgação / IFPA

 


Variedades

Matemática Pai D'égua: jogo de tabuleiro criado por alunos do Pará

O jogo traz elementos da cultura paraense, com questões de geometria plana e equações do primeiro grau

William Costa

william.costa@portalamazonia.com


Alunos do curso de licenciatura em Matemática do Instituto Federal do Pará desenvolveram um jogo regionalizado e de baixo custo para ensinar a temida disciplina dos cálculos. Segundo um dos responsáveis pelo projeto, o aluno Matheus Martins, o jogo é de tabuleiro e traz elementos da cultura amazônida, como vocabulário e expressões regionais.

 

"O jogo foi desenvolvido a partir da disciplina Matemática, Metodologia e Prática. Dois amigos e eu, nos reunimos e optamos pelo jogo de tabuleiro, tendo como público alvo alunos do nono ano do ensino fundamental. No jogo, propomos questões de operações básicas, equação do 1º grau e geometria plana", disse.

     

 

Foto: Divulgação 

 

 

Matheus relata que o jogo tem por finalidade diversificar conhecimentos matemáticos, por meio lúdico, "relacionamos o jogo ao contexto social do aluno, com isso desenvolvemos a aprendizagem e a compreensão de conteúdos matemáticos, buscando produzir uma dinâmica de aula, de forma diferenciada do que normalmente é proposto em sala", disse.

 

O Matemática Pai D'égua traz a presença do vocabulário cultural do paraense, como afirma Matheus. " No jogo, ao invés de cartas de azar, temos cartas 'mundiadas', que quer dizer encantadas, além de casas como 'Você bebeu muito açaí. Deite na sua rede e fique uma rodada sem jogar!' ", completou.

 

Para a professora doutora Rita Sidmar Alencar Gil, que orientou os alunos, ressalta a necessidade de se propor novas metodologias em sala de aula, "é muito importante na formação do professor de Matemática que ele aprenda novas metodologias de ensino, e o jogo permite ao aluno aprender a Matemática de forma mais prazerosa quando você estuda usando o contexto no qual o aluno está inserido," disse.

 

O jogo ainda está sendo apresentado em congressos de área, mas a equipe já planeja melhorar para atender outras séries e faixas de idade, além de buscar apoio para produção de unidades que possam ser distribuídas gratuitamente em escolas públicas.

  

 

Foto: Divulgação / IFPA

 

TAG jogo de tabuleiroParaifpamatematicapaidegua