Publicidade

Gastronomia

Manaus recebe maior festival de alimentação viva da América Latina

O Festival de Comida Ecológica pretende reunir palestras, cursos e oficinas, voltadas para a alimentação saudável


Preparar um alimento é uma forma de manifestar sua própria cultura, seu passado e sua vida. É importante saber dosar tudo o que comemos e prestar atenção para a diversidade existente na região. Esse é o objetivo da sétima edição do Festival de Comida Ecológica que acontece entre os dias 29 de março a 2 de abril, em Manaus. A programação acontecerá no Instituto Federal do Amazonas (Ifam), localizado na Avenida Cosme Ferreira, nº 8045, bairro Zumbi dos Palmares. 
 
Alimentação saudável é foco de festival. Foto: Reprodução/Shutterstock
 
Segundo o coordenador do evento, Daniel de Assis, o evento pretende reunir palestras, cursos e oficinas, voltadas para a alimentação saudável. O Festival Ecológico já aconteceu em outras capitais do país e mostra a importância de utilizar alimentos locais para incrementar receitas. “Escolhemos Manaus por conta dessa mesa que o Amazonas possui e muitas pessoas não conhecem. Queremos mostrar que é possível utilizar alimentos da terra para conseguir uma alimentação saudável”, contou.

Serão cinco dias de evento, os participantes terão contato com profissionais das mais diversas áreas da gastronomia ecológica. “São palestrantes de várias partes do Brasil, mas que trabalham com alimentos saudáveis. É uma oportunidade única de quem se interessa por esse tipo de cozinha. A programação do festival contará com passeios para Presidente Figueiredo, onde os participantes terão contato com a gastronomia regional, além dos workshops e cursos”, afirmou Assis.

Autoridade
Dentre os palestrantes está a maior autoridade em Plantas Alimentícias Não-Convencionais (PANC) no Brasil, o professor do Instituto Federal de Educação do Amazonas (Ifam) e biólogo Valdely Kinupp.

egundo Kinupp, os participantes terão a oportunidade de aprender a diversificar a base alimentar com alimentos livres de agrotóxicos e de alto valor nutricional. “Não é pensar somente em couve, alface, tomate e batatas. Há um mundo de outras opções e sabores que podem ser exploradas e que são ricas em nutrientes e fibras”, disse ele que afirma ser possível comer pipoca da semente e geleia da flor da vitória-régia. 
 
Valdely Kinupp. Foto: Divulgação
 
Investimento

O valor do Festival é de R$ 450 e a inscrição pode ser feita no site do evento. Os passeios para Presidente Figueiredo e Encontro das Águas terão que ser pagos a parte. "Os interessados precisam se apressar, pois, o preço da inscrição pode mudar de acordo com a aproximação do Festival. Os estudantes terão um desconto de 40%", disse.

Confira a programação completa do festival:

29 de Março -
Jantar de abertura com frutas e plantas amazônicas (valor entre R$50 a R$75 - exceto bebida)

30 de Março -
Passeio a cidade de presidente Figueiredo e Curso de reconhecimento de PANCs (valor R$150 - ônibus e cachoeiras)

31 de Março

8h - Passeio ao encontro das águas, centro histórico de Manaus (valor entre R$80 a R$110 - almoço incluído)
12h - Almoço Restaurante Vegetariano de Manaus
15h - Passeio no Mercadão de Manaus​

1 de Abril

9:00 - Palestra inaugural
10:45 - Lanche
11:00 - Curso de Culinária - Sala 1, 2 e 3
13:00 - Almoço PANC
14:00 - Palestra
15:45 - Lanche
16:00 - Curso de Culinária - Sala 1, 2 e 3
18:00 - Jantar PANC
19:00 - Palestra
21:00 - Roda Viola PANC

2 de Abril

8h - Curso de reconhecimento de PANCs
10h45 - Lanche
11h - Curso de Culinária - Sala 1, 2 e 3
13h - Almoço PANC
14h - Curso de Culinária - Sala 1, 2 e 3
15h - Lanche PANC
16h - Curso de Culinária - Sala 1, 2 e 3
18h - Encerramento 

Gastronomia

Home > Cultura > null

Manaus recebe maior festival de alimentação viva da América Latina

O Festival de Comida Ecológica pretende reunir palestras, cursos e oficinas, voltadas para a alimentação saudável

Diego Oliveira

jornalismo@portalamazonia.com


Preparar um alimento é uma forma de manifestar sua própria cultura, seu passado e sua vida. É importante saber dosar tudo o que comemos e prestar atenção para a diversidade existente na região. Esse é o objetivo da sétima edição do Festival de Comida Ecológica que acontece entre os dias 29 de março a 2 de abril, em Manaus. A programação acontecerá no Instituto Federal do Amazonas (Ifam), localizado na Avenida Cosme Ferreira, nº 8045, bairro Zumbi dos Palmares. 
 
Alimentação saudável é foco de festival. Foto: Reprodução/Shutterstock
 
Segundo o coordenador do evento, Daniel de Assis, o evento pretende reunir palestras, cursos e oficinas, voltadas para a alimentação saudável. O Festival Ecológico já aconteceu em outras capitais do país e mostra a importância de utilizar alimentos locais para incrementar receitas. “Escolhemos Manaus por conta dessa mesa que o Amazonas possui e muitas pessoas não conhecem. Queremos mostrar que é possível utilizar alimentos da terra para conseguir uma alimentação saudável”, contou.

Serão cinco dias de evento, os participantes terão contato com profissionais das mais diversas áreas da gastronomia ecológica. “São palestrantes de várias partes do Brasil, mas que trabalham com alimentos saudáveis. É uma oportunidade única de quem se interessa por esse tipo de cozinha. A programação do festival contará com passeios para Presidente Figueiredo, onde os participantes terão contato com a gastronomia regional, além dos workshops e cursos”, afirmou Assis.

Autoridade
Dentre os palestrantes está a maior autoridade em Plantas Alimentícias Não-Convencionais (PANC) no Brasil, o professor do Instituto Federal de Educação do Amazonas (Ifam) e biólogo Valdely Kinupp.

egundo Kinupp, os participantes terão a oportunidade de aprender a diversificar a base alimentar com alimentos livres de agrotóxicos e de alto valor nutricional. “Não é pensar somente em couve, alface, tomate e batatas. Há um mundo de outras opções e sabores que podem ser exploradas e que são ricas em nutrientes e fibras”, disse ele que afirma ser possível comer pipoca da semente e geleia da flor da vitória-régia. 
 
Valdely Kinupp. Foto: Divulgação
 
Investimento

O valor do Festival é de R$ 450 e a inscrição pode ser feita no site do evento. Os passeios para Presidente Figueiredo e Encontro das Águas terão que ser pagos a parte. "Os interessados precisam se apressar, pois, o preço da inscrição pode mudar de acordo com a aproximação do Festival. Os estudantes terão um desconto de 40%", disse.

Confira a programação completa do festival:

29 de Março -
Jantar de abertura com frutas e plantas amazônicas (valor entre R$50 a R$75 - exceto bebida)

30 de Março -
Passeio a cidade de presidente Figueiredo e Curso de reconhecimento de PANCs (valor R$150 - ônibus e cachoeiras)

31 de Março

8h - Passeio ao encontro das águas, centro histórico de Manaus (valor entre R$80 a R$110 - almoço incluído)
12h - Almoço Restaurante Vegetariano de Manaus
15h - Passeio no Mercadão de Manaus​

1 de Abril

9:00 - Palestra inaugural
10:45 - Lanche
11:00 - Curso de Culinária - Sala 1, 2 e 3
13:00 - Almoço PANC
14:00 - Palestra
15:45 - Lanche
16:00 - Curso de Culinária - Sala 1, 2 e 3
18:00 - Jantar PANC
19:00 - Palestra
21:00 - Roda Viola PANC

2 de Abril

8h - Curso de reconhecimento de PANCs
10h45 - Lanche
11h - Curso de Culinária - Sala 1, 2 e 3
13h - Almoço PANC
14h - Curso de Culinária - Sala 1, 2 e 3
15h - Lanche PANC
16h - Curso de Culinária - Sala 1, 2 e 3
18h - Encerramento 

TAG ManausAmazonasFestival de Comida EcologicasustentabilidadeAmazonia