Publicidade

Variedades

Home > Cultura > null

Manauaras aprovam reabertura da Praça da Matriz, no Centro Histórico

Desde 2014, a Praça da Matriz foi fechada para reforma. Público da cidade aprovou restauração do local

Diego Oliveira

jornalismo@portalamazonia.com


“Demorou, mas ficou lindo”, disse a industriária Maria de Nazaré sobre o resultado que viu na reinauguração da Praça XV de Novembro, popularmente conhecida como Praça da Matriz. Nesta quarta-feira (15), autoridades e a população manauara acompanharam a cerimônia quem entregou as obras do local.   
Desde 2014, a Praça da Matriz foi fechada para reforma. Emocionado, o prefeito de Manaus, Artur Neto, afirmou que a praça faz parte de sua história. “Lembro que na infância eu vinha para a igreja e depois para a praça. E nosso objetivo é retomar o respeito, a beleza e aquele apreço ao turismo que nós temos”, falou. 
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Apesar da reforma, uma das partes que fica localizada ao lado da Igreja da Matriz foi preservada. De acordo com o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernado Monteiro de Paula, durante a reforma a equipe encontrou vestígios de arqueologia, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) pediu mais tempo para elaboração de um projeto adequado.  
Ele destacou também a importância da Praça da Matriz para a cidade. “Isso é uma obra de restauro. A partir do momento que aparecem esses fragmentos históricos é preciso muita pesquisa para que a gente possa revitalizar e entregar o local de forma adequada para a sociedade”, disse.  
Uma programação cultural marcou a entrega da restauração do local. O Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Eduardo Castriani, presidiu uma 'Celebração de Benção'. Ele afirmou que a Praça da Matriz é importante para a igreja. "Estamos muito felizes com a reabertura da praça, afinal, ela faz parte da Igreja também. Espero que a população manauara aproveite e cuide deste local", afirmou. 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Público 

A população aprovou o resultado, alguns aproveitaram para registrar o momento. "É uma praça que faz parte da vida de muitas pessoas, lembro que eu vinha ao Centro com a minha mãe e adorava brincar aqui. Infelizmente, o tempo passou e o lugar ficou marginalizado, então o restauro trouxe novamente esse ponto turístico que todos adoram", contou a professora Marluce Queiroz. 

Outras pessoas decidiram explorar o local. O motorista Eliton Assis, levou toda a família para a Praça da Matriz. “Está muito diferente, espero que não retorne para aquela bagunça que era antes. As minhas filhas não viram a Praça antes, então é essa a imagem que eu quero passar para elas, um lugar limpo e bonito”, falou.   
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Monumentos

Na Praça da Matriz estão monumentos importantes que contam a história da cidade, como o Relógio Municipal, inaugurado em 1927, na gestão de Araújo Lima. O maquinário foi todo importado da Suíça e montado em base de pedra, pelos antigos ourives da cidade de Manaus, conhecidos como Pelosi e Roberti. Todas as 101 peças do monumento foram restauradas, catalogadas e novamente montadas.

Já o obelisco comemorativo ao centenário da elevação de Manaus a categoria de cidade data de 1948.  E o Chafariz, a mais ornamentada fonte da Manaus Antiga foi instalada em 1896, vinda de Glasgow, na Escócia. Por conta do encerramento das atividades do programa federal “Monumenta”, a fonte não foi contemplada nas obras de revitalização da Matriz e ainda será restaurada.
Variedades

Manauaras aprovam reabertura da Praça da Matriz, no Centro Histórico

Desde 2014, a Praça da Matriz foi fechada para reforma. Público da cidade aprovou restauração do local


“Demorou, mas ficou lindo”, disse a industriária Maria de Nazaré sobre o resultado que viu na reinauguração da Praça XV de Novembro, popularmente conhecida como Praça da Matriz. Nesta quarta-feira (15), autoridades e a população manauara acompanharam a cerimônia quem entregou as obras do local.   
Desde 2014, a Praça da Matriz foi fechada para reforma. Emocionado, o prefeito de Manaus, Artur Neto, afirmou que a praça faz parte de sua história. “Lembro que na infância eu vinha para a igreja e depois para a praça. E nosso objetivo é retomar o respeito, a beleza e aquele apreço ao turismo que nós temos”, falou. 
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Apesar da reforma, uma das partes que fica localizada ao lado da Igreja da Matriz foi preservada. De acordo com o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernado Monteiro de Paula, durante a reforma a equipe encontrou vestígios de arqueologia, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) pediu mais tempo para elaboração de um projeto adequado.  
Ele destacou também a importância da Praça da Matriz para a cidade. “Isso é uma obra de restauro. A partir do momento que aparecem esses fragmentos históricos é preciso muita pesquisa para que a gente possa revitalizar e entregar o local de forma adequada para a sociedade”, disse.  
Uma programação cultural marcou a entrega da restauração do local. O Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Eduardo Castriani, presidiu uma 'Celebração de Benção'. Ele afirmou que a Praça da Matriz é importante para a igreja. "Estamos muito felizes com a reabertura da praça, afinal, ela faz parte da Igreja também. Espero que a população manauara aproveite e cuide deste local", afirmou. 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Público 

A população aprovou o resultado, alguns aproveitaram para registrar o momento. "É uma praça que faz parte da vida de muitas pessoas, lembro que eu vinha ao Centro com a minha mãe e adorava brincar aqui. Infelizmente, o tempo passou e o lugar ficou marginalizado, então o restauro trouxe novamente esse ponto turístico que todos adoram", contou a professora Marluce Queiroz. 

Outras pessoas decidiram explorar o local. O motorista Eliton Assis, levou toda a família para a Praça da Matriz. “Está muito diferente, espero que não retorne para aquela bagunça que era antes. As minhas filhas não viram a Praça antes, então é essa a imagem que eu quero passar para elas, um lugar limpo e bonito”, falou.   
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

Monumentos

Na Praça da Matriz estão monumentos importantes que contam a história da cidade, como o Relógio Municipal, inaugurado em 1927, na gestão de Araújo Lima. O maquinário foi todo importado da Suíça e montado em base de pedra, pelos antigos ourives da cidade de Manaus, conhecidos como Pelosi e Roberti. Todas as 101 peças do monumento foram restauradas, catalogadas e novamente montadas.

Já o obelisco comemorativo ao centenário da elevação de Manaus a categoria de cidade data de 1948.  E o Chafariz, a mais ornamentada fonte da Manaus Antiga foi instalada em 1896, vinda de Glasgow, na Escócia. Por conta do encerramento das atividades do programa federal “Monumenta”, a fonte não foi contemplada nas obras de revitalização da Matriz e ainda será restaurada.

TAG manausAmazonasPraca da Matrizreinauguracao