Turismo

Jalapão recebe mais de 1,3 turistas no Carnaval 2017 em Tocantins

Número supera todo o mês de fevereiro de 2016 em visitação à atração turística

Portal Amazônia, com informações do Governo do Tocantins

jornalismo@portalamazonia.com


 

 

Jalapão é um dos principais pontos turísticos do Tocantins. Foto: Thiago Sá/ Governo do Tocantins

 

A cada ano cresce o número de brasileiros e estrangeiros que se aventuram rumo ao Tocantins para conhecer os encantos do Jalapão. Cerca de 1,3 mil turistas optaram por conhecer os atrativos exuberantes que o Jalapão oferece ao invés da folia de carnaval das cidades em 2017. Os dados sobre o perfil dos turistas, bem como do fluxo turístico foram levantados entre os dias 23 de fevereiro e 1º de março pela administração do Parque Estadual do Jalapão e pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), por meio da Gerência de Pesquisas e Informações Turísticas.

Durante todo o mês de fevereiro de 2016, um total de 1.258 turistas visitou o Jalapão. Só no período do Carnaval de 2017, cerca de 1.300 turistas visitaram o lugar, mostrando um salto no número de visitantes que procuraram a região. Segundo o diretor de Planejamento e Projetos Estratégicos, Marcos Miranda, a partir das pesquisas e dos dados coletados é possível observar que o turismo no Jalapão tem crescido a cada ano. “São perceptíveis a dinamização e o desenvolvimento da economia local, com a fixação de novos empreendimentos turísticos na região”, afirma.

O diretor também destaca que, atualmente, a Seden, em parceria com o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), está concluindo a elaboração de um projeto de apoio à estruturação dos atrativos turísticos naturais do Jalapão, bem como o desenvolvimento de atividades de ordenamento das agências e operadores de turismo que atuam na região.

Perfil do turista no carnaval 2017

A maioria dos turistas que visitaram o Jalapão é oriunda de São Paulo (37%). Em segundo lugar, estão os turistas do Tocantins (22,2%), seguidos dos do Distrito Federal (12,3%). Em média, eles permaneceram de quatro a cinco dias, conhecendo os pontos turísticos do lugar. Apesar da maioria do público ter sido de brasileiros, a região também recebeu turistas da Alemanha, da Austrália, da Inglaterra e dos Estados Unidos. Do total de visitantes no período, 62,3% ficaram sabendo da região pela internet e 28,6% por meio de indicação de amigos que já tinham conhecido o local.

Quanto ao modo de viagem escolhido, 51,4% viajaram por meio de agências, enquanto 48,6% preferiram viajar por conta própria. Além disso, 47,4% do total de visitantes contrataram o serviço de um guia de turismo. Em relação aos turistas que vieram por meio de agência, a maioria tem como origem o estado de São Paulo. Outros dados relevantes sobre o perfil do turista que escolhe a comodidade de um serviço especializado para planejar sua viagem, é que 43,2% do total de turistas que viajaram por meio de agência são casais, enquanto 37,8% viajaram em companhia dos amigos e 12,5% na companhia dos filhos.  

Os principais meios de hospedagem utilizados por esse público foram pousadas e hotéis (68,4%) - um modo mais confortável de aproveitar a viagem; o camping foi a alternativa de hospedagem de 23,7% dos visitantes.  Quanto aos que preferiram ir ao Jalapão sem a contratação de agência (por conta própria), foi possível identificar que a maioria é do Tocantins (32,6%).

O segundo maior público nesta modalidade foi o de pessoas oriundas de São Paulo (23,3%). Ao contrário do perfil do público que optou por viajar com pacotes de agências, 59,5%% do total de turistas que viajaram por conta própria tiveram como companhia os amigos, 16,7% na companhia de parentes, ao mesmo tempo em que apenas 16,7% eram casais e 10% viajaram na companhia dos filhos. Os tipos de hospedagem mais utilizados por esses visitantes foram pousadas e hotéis (47,6%), seguidos de camping (33,3%).

Primeira vez no Jalapão

A turista Raphaela Dutra e seu marido Márcio Felipe Santiago, do Distrito Federal, escolheram o feriado de Carnaval por preferirem um roteiro que oferecesse mais sossego, além da oportunidade de conhecerem atrativos naturais da região. “Viajamos atrás das belezas naturais que o Jalapão possui, com foco maior nos fervedouros, pois é algo que encontramos somente na região. A experiência foi maravilhosa e as belezas naturais são inexplicáveis”, ressalta Raphaela.
 

 

Casal conheceu opção via redes sociais. Foto: Raphaela Dutra

 

O casal preferiu fazer a viagem por conta própria ao invés de contratar uma agência e ficou sabendo do Jalapão por meio das redes sociais. A turista conta que a Cachoeira do Formiga foi o atrativo que mais a impressionou e que pretende voltar em breve: “É uma das coisas mais lindas que eu já vi, fora a temperatura da água. E o fervedouro, que é algo inimaginável, um verdadeiro tesouro. Com certeza vou recomendar o Jalapão para que outras pessoas conheçam”. 


Turismo

Jalapão recebe mais de 1,3 turistas no Carnaval 2017 em Tocantins

Número supera todo o mês de fevereiro de 2016 em visitação à atração turística

Portal Amazônia, com informações do Governo do Tocantins

jornalismo@portalamazonia.com


 

 

Jalapão é um dos principais pontos turísticos do Tocantins. Foto: Thiago Sá/ Governo do Tocantins

 

A cada ano cresce o número de brasileiros e estrangeiros que se aventuram rumo ao Tocantins para conhecer os encantos do Jalapão. Cerca de 1,3 mil turistas optaram por conhecer os atrativos exuberantes que o Jalapão oferece ao invés da folia de carnaval das cidades em 2017. Os dados sobre o perfil dos turistas, bem como do fluxo turístico foram levantados entre os dias 23 de fevereiro e 1º de março pela administração do Parque Estadual do Jalapão e pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), por meio da Gerência de Pesquisas e Informações Turísticas.

Durante todo o mês de fevereiro de 2016, um total de 1.258 turistas visitou o Jalapão. Só no período do Carnaval de 2017, cerca de 1.300 turistas visitaram o lugar, mostrando um salto no número de visitantes que procuraram a região. Segundo o diretor de Planejamento e Projetos Estratégicos, Marcos Miranda, a partir das pesquisas e dos dados coletados é possível observar que o turismo no Jalapão tem crescido a cada ano. “São perceptíveis a dinamização e o desenvolvimento da economia local, com a fixação de novos empreendimentos turísticos na região”, afirma.

O diretor também destaca que, atualmente, a Seden, em parceria com o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), está concluindo a elaboração de um projeto de apoio à estruturação dos atrativos turísticos naturais do Jalapão, bem como o desenvolvimento de atividades de ordenamento das agências e operadores de turismo que atuam na região.

Perfil do turista no carnaval 2017

A maioria dos turistas que visitaram o Jalapão é oriunda de São Paulo (37%). Em segundo lugar, estão os turistas do Tocantins (22,2%), seguidos dos do Distrito Federal (12,3%). Em média, eles permaneceram de quatro a cinco dias, conhecendo os pontos turísticos do lugar. Apesar da maioria do público ter sido de brasileiros, a região também recebeu turistas da Alemanha, da Austrália, da Inglaterra e dos Estados Unidos. Do total de visitantes no período, 62,3% ficaram sabendo da região pela internet e 28,6% por meio de indicação de amigos que já tinham conhecido o local.

Quanto ao modo de viagem escolhido, 51,4% viajaram por meio de agências, enquanto 48,6% preferiram viajar por conta própria. Além disso, 47,4% do total de visitantes contrataram o serviço de um guia de turismo. Em relação aos turistas que vieram por meio de agência, a maioria tem como origem o estado de São Paulo. Outros dados relevantes sobre o perfil do turista que escolhe a comodidade de um serviço especializado para planejar sua viagem, é que 43,2% do total de turistas que viajaram por meio de agência são casais, enquanto 37,8% viajaram em companhia dos amigos e 12,5% na companhia dos filhos.  

Os principais meios de hospedagem utilizados por esse público foram pousadas e hotéis (68,4%) - um modo mais confortável de aproveitar a viagem; o camping foi a alternativa de hospedagem de 23,7% dos visitantes.  Quanto aos que preferiram ir ao Jalapão sem a contratação de agência (por conta própria), foi possível identificar que a maioria é do Tocantins (32,6%).

O segundo maior público nesta modalidade foi o de pessoas oriundas de São Paulo (23,3%). Ao contrário do perfil do público que optou por viajar com pacotes de agências, 59,5%% do total de turistas que viajaram por conta própria tiveram como companhia os amigos, 16,7% na companhia de parentes, ao mesmo tempo em que apenas 16,7% eram casais e 10% viajaram na companhia dos filhos. Os tipos de hospedagem mais utilizados por esses visitantes foram pousadas e hotéis (47,6%), seguidos de camping (33,3%).

Primeira vez no Jalapão

A turista Raphaela Dutra e seu marido Márcio Felipe Santiago, do Distrito Federal, escolheram o feriado de Carnaval por preferirem um roteiro que oferecesse mais sossego, além da oportunidade de conhecerem atrativos naturais da região. “Viajamos atrás das belezas naturais que o Jalapão possui, com foco maior nos fervedouros, pois é algo que encontramos somente na região. A experiência foi maravilhosa e as belezas naturais são inexplicáveis”, ressalta Raphaela.
 

 

Casal conheceu opção via redes sociais. Foto: Raphaela Dutra

 

O casal preferiu fazer a viagem por conta própria ao invés de contratar uma agência e ficou sabendo do Jalapão por meio das redes sociais. A turista conta que a Cachoeira do Formiga foi o atrativo que mais a impressionou e que pretende voltar em breve: “É uma das coisas mais lindas que eu já vi, fora a temperatura da água. E o fervedouro, que é algo inimaginável, um verdadeiro tesouro. Com certeza vou recomendar o Jalapão para que outras pessoas conheçam”. 

TAG TocantinsJalapãoturismopontos turisticosAmazoniaCarnaval 2017