Turismo

Jaciara oferece aventura nas corredeiras e relax nas águas termais

O nome da cidade significa “Altar da Lua ou Senhora da Lua”, é de origem tupi-guarani e originou-se de uma lenda sobre a índia Jaciara

Portal Amazônia, com informações do Governo do Mato Grosso

jornalismo@portalamazonia.com


Mato Grosso oferece diversas opções para quem quer curtir uma folga ou as férias tão desejadas,  que ficam pertinho de Cuiabá, como o município de Jaciara. Conhecida como a cidade dos esportes radicais, oferece também contato com a natureza e relax


Distante cerca de 140 quilômetros de Cuiabá, Jaciara abriga dezenas de cachoeiras, águas termais, minerais, rios de águas cristalinas, corredeiras, sítios arqueológicos com inscrições rupestres de mais de quatro mil anos, piscinas naturais, cânions, cavernas, grutas, trilhas e uma fauna e flora abundante. Entre as cachoeiras existentes no município, as mais famosas são: Cachoeira da Fumaça com linda queda de 30 metros.

 

 

Foto: Tony Ribeiro/Arquivo Sedec

 


O nome da cidade significa “Altar da Lua ou Senhora da Lua”, é de origem tupi-guarani e originou-se de uma lenda sobre a índia Jaciara.

Atrativos

A ‘Cachoeira dos Hippies’ e a ‘Cachoeira dos Bambus’ que forma corredeiras e piscinas naturais são perfeitas para a prática de rafting. Já o Rio Tenente Amaral tem ambiente propício para esportes de aventura com  corredeiras e é muito procurado para prática de esportes de aventura como a canoagem.

Na cidade existem também diversos sítios arqueológicos, entre eles o ‘Vale das Perdidas’ onde podem ser vistas algumas inscrições rupestres que retratam a vida na era Paleolítica, com mais de quatro mil anos que comprovam a existência de homens pré- históricos.

Sejam visitar a região, Jaciara conta com cerca de sete estabelecimentos de hospedagem, alguns deles, com restaurantes que oferecem estrutura de alimentação. 
 

 

Foto: Tony Ribeiro/Arquivo Sedec

 


Estrutura

Nascida em Jaciara, Kelly Martelli decidiu investir na sua cidade e há 14 anos gerencia dois empreendimentos: o Taba Hotel e o Balneário Thermas Cachoeira da Fumaça. “Jaciara tem tudo para ser uma das principais rotas do turismo em Mato Grosso, pois estamos na rota de subida e descida do Estado. O ano inteiro é propício para quem quiser visitar a cidade, pois o frio não é rigoroso e em períodos de calor é agradável. Nossos atrativos funcionam o tempo todo e o pico de movimentação é nas férias e final de ano. Meu recado para quem se interessar em conhecer é que venha e se aventure”, conta a empresária.

Kelly conta ainda que em média um turista gasta R$ 200 para se hospedar, com refeição e passeio inclusos. Ela destaca que Jaciara é a opção ideal para quem curte esportes de aventura ou mesmo quem só quer curtir com a família um descanso nas águas termais. “Recebemos aqui muitas famílias, grupos escolares e também somos bastante procurados pelos idosos, que procuram nosso espaço para descanso”, revela. 


Turismo

Jaciara oferece aventura nas corredeiras e relax nas águas termais

O nome da cidade significa “Altar da Lua ou Senhora da Lua”, é de origem tupi-guarani e originou-se de uma lenda sobre a índia Jaciara

Portal Amazônia, com informações do Governo do Mato Grosso

jornalismo@portalamazonia.com


Mato Grosso oferece diversas opções para quem quer curtir uma folga ou as férias tão desejadas,  que ficam pertinho de Cuiabá, como o município de Jaciara. Conhecida como a cidade dos esportes radicais, oferece também contato com a natureza e relax


Distante cerca de 140 quilômetros de Cuiabá, Jaciara abriga dezenas de cachoeiras, águas termais, minerais, rios de águas cristalinas, corredeiras, sítios arqueológicos com inscrições rupestres de mais de quatro mil anos, piscinas naturais, cânions, cavernas, grutas, trilhas e uma fauna e flora abundante. Entre as cachoeiras existentes no município, as mais famosas são: Cachoeira da Fumaça com linda queda de 30 metros.

 

 

Foto: Tony Ribeiro/Arquivo Sedec

 


O nome da cidade significa “Altar da Lua ou Senhora da Lua”, é de origem tupi-guarani e originou-se de uma lenda sobre a índia Jaciara.

Atrativos

A ‘Cachoeira dos Hippies’ e a ‘Cachoeira dos Bambus’ que forma corredeiras e piscinas naturais são perfeitas para a prática de rafting. Já o Rio Tenente Amaral tem ambiente propício para esportes de aventura com  corredeiras e é muito procurado para prática de esportes de aventura como a canoagem.

Na cidade existem também diversos sítios arqueológicos, entre eles o ‘Vale das Perdidas’ onde podem ser vistas algumas inscrições rupestres que retratam a vida na era Paleolítica, com mais de quatro mil anos que comprovam a existência de homens pré- históricos.

Sejam visitar a região, Jaciara conta com cerca de sete estabelecimentos de hospedagem, alguns deles, com restaurantes que oferecem estrutura de alimentação. 
 

 

Foto: Tony Ribeiro/Arquivo Sedec

 


Estrutura

Nascida em Jaciara, Kelly Martelli decidiu investir na sua cidade e há 14 anos gerencia dois empreendimentos: o Taba Hotel e o Balneário Thermas Cachoeira da Fumaça. “Jaciara tem tudo para ser uma das principais rotas do turismo em Mato Grosso, pois estamos na rota de subida e descida do Estado. O ano inteiro é propício para quem quiser visitar a cidade, pois o frio não é rigoroso e em períodos de calor é agradável. Nossos atrativos funcionam o tempo todo e o pico de movimentação é nas férias e final de ano. Meu recado para quem se interessar em conhecer é que venha e se aventure”, conta a empresária.

Kelly conta ainda que em média um turista gasta R$ 200 para se hospedar, com refeição e passeio inclusos. Ela destaca que Jaciara é a opção ideal para quem curte esportes de aventura ou mesmo quem só quer curtir com a família um descanso nas águas termais. “Recebemos aqui muitas famílias, grupos escolares e também somos bastante procurados pelos idosos, que procuram nosso espaço para descanso”, revela. 

TAG Mato GrossoCuiabalazeresporte radicalJaciara