Publicidade

Gastronomia

Home > Cultura > null

Inscrições para a quarta edição do Concafé de Rondônia seguem abertas até agosto

Concurso oferece R$ 40 mil em prêmios aos vencedores. Grãos inscritos no concurso passarão por análises físicas e sensoriais

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Este ano será realizada a 4ª edição do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café (Concafé). Cafeicultores de todo o estado de Rondônia podem participar. O concurso oferece R$ 40 mil em prêmios aos vencedores. As inscrições devem ser feitas até o dia 9 de agosto nos escritórios da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).


De acordo com o extensionista da Emater de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, Wesley Gama, os grãos inscritos no concurso passarão por análises físicas e sensoriais.

A colheita do café no estado iniciou em abril e segue até agosto deste ano. Mas, em algumas propriedades, como a do produtor Vanderlei Henke, a colheita já está terminando. Agora que os grãos já foram colhidos, ele veio até a Emater garantir a inscrição no Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café.

Essa será a segunda vez que o produtor participa do concurso. Em 2018, ele ficou entre os 15 melhores grãos do estado. Este ano, Vanderlei caprichou ainda mais para, quem sabe, vencer o concurso.

 

 

           
Foto: Divulgação
 

 


"Arrumei uma lona carreteira, joguei na sombra e deixei o café por cinco dias. Em seguida coloquei no sol para dar uma secada. Estou fazendo o revesamento desse café até secar os 120 latões e conseguir tirar as seis sacas necessárias. Esse processo mais lento garante mais qualidade na bebida", contou.


Além de premiar o melhor café, o concurso vai eleger a propriedade mais sustentável. Os produtores podem se inscrever em qualquer escritório da Emater de Rondônia de forma gratuita até o dia 9 de agosto.


"Os produtores já podem procurar os escritórios da Emater de todo o estado para fazer as inscrições e já apresentar a amostra. Caso ele não queira trazer a amostra no momento, ele pode trazer depois, mas já pode fazer a inscrição e, dessa forma, facilitar nosso controle", explicou Wesley Gama.

 

 

 


Para eleger os melhores cafés do estado, os grãos inscritos passarão por análises físicas e sensoriais.


"A analise física vai avaliar o tipo do grão, tamanho. Depois, ele passará por uma análise sensorial, onde uma equipe profissional que vai tomar esse café, fazer todo o trabalho de identificação do paladar, os atributos que esse café vai trazer", detalhou Wesley.


Em 2018, Cacoal ficou com o primeiro lugar no concurso. Este ano, o concurso oferece mais de 40 mil em prêmios aos vencedores.

Gastronomia

Inscrições para a quarta edição do Concafé de Rondônia seguem abertas até agosto

Concurso oferece R$ 40 mil em prêmios aos vencedores. Grãos inscritos no concurso passarão por análises físicas e sensoriais


Este ano será realizada a 4ª edição do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café (Concafé). Cafeicultores de todo o estado de Rondônia podem participar. O concurso oferece R$ 40 mil em prêmios aos vencedores. As inscrições devem ser feitas até o dia 9 de agosto nos escritórios da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).


De acordo com o extensionista da Emater de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, Wesley Gama, os grãos inscritos no concurso passarão por análises físicas e sensoriais.

A colheita do café no estado iniciou em abril e segue até agosto deste ano. Mas, em algumas propriedades, como a do produtor Vanderlei Henke, a colheita já está terminando. Agora que os grãos já foram colhidos, ele veio até a Emater garantir a inscrição no Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café.

Essa será a segunda vez que o produtor participa do concurso. Em 2018, ele ficou entre os 15 melhores grãos do estado. Este ano, Vanderlei caprichou ainda mais para, quem sabe, vencer o concurso.

 

 

           
Foto: Divulgação
 

 


"Arrumei uma lona carreteira, joguei na sombra e deixei o café por cinco dias. Em seguida coloquei no sol para dar uma secada. Estou fazendo o revesamento desse café até secar os 120 latões e conseguir tirar as seis sacas necessárias. Esse processo mais lento garante mais qualidade na bebida", contou.


Além de premiar o melhor café, o concurso vai eleger a propriedade mais sustentável. Os produtores podem se inscrever em qualquer escritório da Emater de Rondônia de forma gratuita até o dia 9 de agosto.


"Os produtores já podem procurar os escritórios da Emater de todo o estado para fazer as inscrições e já apresentar a amostra. Caso ele não queira trazer a amostra no momento, ele pode trazer depois, mas já pode fazer a inscrição e, dessa forma, facilitar nosso controle", explicou Wesley Gama.

 

 

 


Para eleger os melhores cafés do estado, os grãos inscritos passarão por análises físicas e sensoriais.


"A analise física vai avaliar o tipo do grão, tamanho. Depois, ele passará por uma análise sensorial, onde uma equipe profissional que vai tomar esse café, fazer todo o trabalho de identificação do paladar, os atributos que esse café vai trazer", detalhou Wesley.


Em 2018, Cacoal ficou com o primeiro lugar no concurso. Este ano, o concurso oferece mais de 40 mil em prêmios aos vencedores.


TAG rondoniaPorto Velhocafecompeticaoinscricao