Publicidade

Arte

Grupo de teatro do Amazonas é selecionado para Mostra de Teatro do Itaú Cultural

Amazonenses estão entre os 14 espetáculos selecionados para o evento, que será realizado em São Paulo, entre janeiro e fevereiro de 2019


A Mostra de Teatro do Itaú Cultural de 2019 vai contar representantes do Amazonas em sua programação. Alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro receberam a notícia, nessa quarta-feira (12), de que a peça 'Estrelas Cor de Sangue', idealizada por eles, está entre os 14 espetáculos selecionados para o evento, que será realizado em São Paulo, entre 24 de janeiro e 3 de fevereiro de 2019.

O número teatral, concebido e desenvolvido na unidade Magdalena Arce Daou, no bairro Compensa, zona oeste de Manaus, conta a história de crianças sírias que lutam pela própria sobrevivência em meio à guerra. A peça já percorreu a capital amazonense em seis apresentações, tanto nos espaços da Secretaria de Cultura (Teatro Américo Álvares e Teatro da Instalação), como nos centros de convivência.
 
 
Foto: Divulgação 
Em entrevista ao Portal Amazônia, o diretor da peça, Elizeu Melo, descreveu o processo criativo como desafiador, tanto para os alunos quanto para a direção. “Os alunos tiveram preparação corporal, estudo de linguagem cênica sobre o teatro físico, do absurdo e do oprimido, todos tivemos que entender a dramaturgia para levar ao palco a verdade cênica”, contou.

O diretor disse, ainda, que a reação da equipe ao saber da seleção foi de total êxtase. A turma, composta por 17 pessoas, não apenas atua, mas também cuida da produção, cenografia e sonoplastia. Ele também lembra que o grupo trabalhou intensamente durante o ano de 2018, tanto em 'Estrelas Cor de Sangue', quanto em outros espetáculos.

Quem também ficou bastante animado foi o autor da atração, Wilas Rodrigues. Ele relata que recebeu com euforia a notícia de sua obra estar entre as selecionadas para a mostra de teatro. “Foi um choque, pois este é meu primeiro texto. É o resultado de muito trabalho e poder representar o Amazonas é uma grande satisfação”, afirmou.

Wilas também descreveu o processo de criação do texto de 'Estrelas Cor de Sangue'. Ele disse que teve a ideia quando a guerra da Síria era manchete dos jornais, mas que logo se mostrou uma comoção passageira. "Decidi pesquisar sobre ela e vi que o número de crianças afetadas era grande, então defini a proposta da encenação como 'ver e vivenciar a guerra do ponto de vista de irmãos pequenos'", explicou Rodrigues.

A sonoplastia da peça fica por conta de Bianca Gomes e a iluminação, por Renan Solano. A pesquisa musical foi feita por Gabriel Ricardo. O elenco conta com: Hellen Canto, Gabriel Ricardo, Matheus Nobre, Nathy Diniz, Ely Lima, Will Porto, Raí Richelo, Manoel Messias, Kelly Beleza, Cris Jardim e Marcos Santini.

A mostra “a ponte - Cena do Teatro Universitário” será formada por espetáculos de estudantes vinculados a instituições de ensino de Nível Superior, escolas técnicas de Nível Médio e escolas independentes de teatro, espalhadas pelo Brasil. O evento vai acontecer entre 24 de janeiro e 3 de fevereiro de 2019, no Espaço Itaú Cultural de São Paulo. Os amazonenses subirão ao palco no dia 1º.

*Estagiário sob supervisão de Victor Cruz.

Arte

Home > Cultura > null

Grupo de teatro do Amazonas é selecionado para Mostra de Teatro do Itaú Cultural

Amazonenses estão entre os 14 espetáculos selecionados para o evento, que será realizado em São Paulo, entre janeiro e fevereiro de 2019

Sidney Sousa*

jornalismo@portalamazônia.com


A Mostra de Teatro do Itaú Cultural de 2019 vai contar representantes do Amazonas em sua programação. Alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro receberam a notícia, nessa quarta-feira (12), de que a peça 'Estrelas Cor de Sangue', idealizada por eles, está entre os 14 espetáculos selecionados para o evento, que será realizado em São Paulo, entre 24 de janeiro e 3 de fevereiro de 2019.

O número teatral, concebido e desenvolvido na unidade Magdalena Arce Daou, no bairro Compensa, zona oeste de Manaus, conta a história de crianças sírias que lutam pela própria sobrevivência em meio à guerra. A peça já percorreu a capital amazonense em seis apresentações, tanto nos espaços da Secretaria de Cultura (Teatro Américo Álvares e Teatro da Instalação), como nos centros de convivência.
 
 
Foto: Divulgação 
Em entrevista ao Portal Amazônia, o diretor da peça, Elizeu Melo, descreveu o processo criativo como desafiador, tanto para os alunos quanto para a direção. “Os alunos tiveram preparação corporal, estudo de linguagem cênica sobre o teatro físico, do absurdo e do oprimido, todos tivemos que entender a dramaturgia para levar ao palco a verdade cênica”, contou.

O diretor disse, ainda, que a reação da equipe ao saber da seleção foi de total êxtase. A turma, composta por 17 pessoas, não apenas atua, mas também cuida da produção, cenografia e sonoplastia. Ele também lembra que o grupo trabalhou intensamente durante o ano de 2018, tanto em 'Estrelas Cor de Sangue', quanto em outros espetáculos.

Quem também ficou bastante animado foi o autor da atração, Wilas Rodrigues. Ele relata que recebeu com euforia a notícia de sua obra estar entre as selecionadas para a mostra de teatro. “Foi um choque, pois este é meu primeiro texto. É o resultado de muito trabalho e poder representar o Amazonas é uma grande satisfação”, afirmou.

Wilas também descreveu o processo de criação do texto de 'Estrelas Cor de Sangue'. Ele disse que teve a ideia quando a guerra da Síria era manchete dos jornais, mas que logo se mostrou uma comoção passageira. "Decidi pesquisar sobre ela e vi que o número de crianças afetadas era grande, então defini a proposta da encenação como 'ver e vivenciar a guerra do ponto de vista de irmãos pequenos'", explicou Rodrigues.

A sonoplastia da peça fica por conta de Bianca Gomes e a iluminação, por Renan Solano. A pesquisa musical foi feita por Gabriel Ricardo. O elenco conta com: Hellen Canto, Gabriel Ricardo, Matheus Nobre, Nathy Diniz, Ely Lima, Will Porto, Raí Richelo, Manoel Messias, Kelly Beleza, Cris Jardim e Marcos Santini.

A mostra “a ponte - Cena do Teatro Universitário” será formada por espetáculos de estudantes vinculados a instituições de ensino de Nível Superior, escolas técnicas de Nível Médio e escolas independentes de teatro, espalhadas pelo Brasil. O evento vai acontecer entre 24 de janeiro e 3 de fevereiro de 2019, no Espaço Itaú Cultural de São Paulo. Os amazonenses subirão ao palco no dia 1º.

*Estagiário sob supervisão de Victor Cruz.

TAG teatro