Variedades

Em Manaus, grafite homenageia filha de atores vítima de racismo

A grafitagem demorou 2 dias para ser concluída e chama atenção de quem passa em frente à arte


Em Manaus, o grafiteiro Sérgio de Pinho, mas que prefere ser chamado por Ude, referenciando um personagem do filme infantil Toy Story, pintou a imagem da Titi, a filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, em uma parede de uma casa, em um bairro da Zona Oeste da cidade.


A pintura, que demorou 2 dias para ser concluída, com o uso de várias latas de tintas e a técnica do spray, reproduz uma foto postada por Bruno em uma rede social, no início deste ano. 

 

 

Foto:William Costa/Portal Amazônia

 

 

Para o artista amazonense Ude, com 17 anos de carreira, pintar a imagem representa a comoção dele com os ataques de racismo sofrido pela pequena Titi na semana passada. "Eu estava acompanhando pelas redes sociais a polêmica envolvendo ela, com as críticas feitas pela socialite Day MacCarthy. Quando eu resolvi de certa forma homenagear a Titi e demostram a todos que o preconceito tem que acabar. Nós grafiteiros estamos juntos com ela (Titi) e minha ideia foi essa. Precisamos ser unidos", disse.



Perguntado sobre a repercussão do trabalho, Ude afirma que não pensava que a grafitagem ia tomar essa dimensão toda. "Eu fiz a pintura e postei nas redes sociais, as pessoas se sensibilizaram e demostraram carinho e apoio à causa.  A própria Giovanna achou linda e perguntou de onde era, e Bruno parabenizou o trabalho, ambos através de suas próprias redes sociais", disse.

 

Foto: Reprodução/Instagram

 

 

A pintura está estampada na parede da casa do artista plástico Luiz Alberto Pereira, que falou do apoio e conhecimento do trabalho de Ude. "Somos amigos de infância, e em uma de nossas conversas, o Ude teve a ideia de homenagear a pequena Titi, e eu o apoiei cedendo a parede de casa. É um tema que tá em evidência e ele como um artista de anos de carreira, conseguiu fazer essa obra de arte que está ganhando repercussão", disse.

 


Uma das pessoas que passava em frente à arte e aproveitou para fazer fotos foi o autônomo Vitor Bruno, que falou de como tomou conhecimento do trabalho de Ude. "Eu vi pelas redes sociais, e como trouxe um amigo para dar aula no bairro, aproveitei para dar uma passada aqui e ver a grafitagem que ficou muito bacana. Essa pinturas são importantes, pois mostram que o preconceito e o racismo precisam acabar, todo mundo é igual", disse.

 


A pintura está em uma parede na rua Iguatu, próximo a uma escola municipal, no bairro Redenção, Zona Oeste de Manaus.

 

 

Sérgio Ude, grafiteiro.  [Foto: William Costa / Portal Amazônia]

 

 

 

Vitor Bruno, autônomo.  [Foto: William Costa / Portal Amazônia]

 

 

 

Foto: William Costa / Portal Amazônia

 

 

 

Foto: Sérgio Ude / Cedida - Arquivo Pessoal

 


Variedades

Em Manaus, grafite homenageia filha de atores vítima de racismo

A grafitagem demorou 2 dias para ser concluída e chama atenção de quem passa em frente à arte

William Costa

william.costa@portalamazonia.com


Em Manaus, o grafiteiro Sérgio de Pinho, mas que prefere ser chamado por Ude, referenciando um personagem do filme infantil Toy Story, pintou a imagem da Titi, a filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, em uma parede de uma casa, em um bairro da Zona Oeste da cidade.


A pintura, que demorou 2 dias para ser concluída, com o uso de várias latas de tintas e a técnica do spray, reproduz uma foto postada por Bruno em uma rede social, no início deste ano. 

 

 

Foto:William Costa/Portal Amazônia

 

 

Para o artista amazonense Ude, com 17 anos de carreira, pintar a imagem representa a comoção dele com os ataques de racismo sofrido pela pequena Titi na semana passada. "Eu estava acompanhando pelas redes sociais a polêmica envolvendo ela, com as críticas feitas pela socialite Day MacCarthy. Quando eu resolvi de certa forma homenagear a Titi e demostram a todos que o preconceito tem que acabar. Nós grafiteiros estamos juntos com ela (Titi) e minha ideia foi essa. Precisamos ser unidos", disse.



Perguntado sobre a repercussão do trabalho, Ude afirma que não pensava que a grafitagem ia tomar essa dimensão toda. "Eu fiz a pintura e postei nas redes sociais, as pessoas se sensibilizaram e demostraram carinho e apoio à causa.  A própria Giovanna achou linda e perguntou de onde era, e Bruno parabenizou o trabalho, ambos através de suas próprias redes sociais", disse.

 

Foto: Reprodução/Instagram

 

 

A pintura está estampada na parede da casa do artista plástico Luiz Alberto Pereira, que falou do apoio e conhecimento do trabalho de Ude. "Somos amigos de infância, e em uma de nossas conversas, o Ude teve a ideia de homenagear a pequena Titi, e eu o apoiei cedendo a parede de casa. É um tema que tá em evidência e ele como um artista de anos de carreira, conseguiu fazer essa obra de arte que está ganhando repercussão", disse.

 


Uma das pessoas que passava em frente à arte e aproveitou para fazer fotos foi o autônomo Vitor Bruno, que falou de como tomou conhecimento do trabalho de Ude. "Eu vi pelas redes sociais, e como trouxe um amigo para dar aula no bairro, aproveitei para dar uma passada aqui e ver a grafitagem que ficou muito bacana. Essa pinturas são importantes, pois mostram que o preconceito e o racismo precisam acabar, todo mundo é igual", disse.

 


A pintura está em uma parede na rua Iguatu, próximo a uma escola municipal, no bairro Redenção, Zona Oeste de Manaus.

 

 

Sérgio Ude, grafiteiro.  [Foto: William Costa / Portal Amazônia]

 

 

 

Vitor Bruno, autônomo.  [Foto: William Costa / Portal Amazônia]

 

 

 

Foto: William Costa / Portal Amazônia

 

 

 

Foto: Sérgio Ude / Cedida - Arquivo Pessoal

 

TAG grafittiWoody TitiGiovanna Ewbank Bruno Gagliassomanausarte