Arte

Galeria Theodoro Braga encerra exposição Encantarias da Ilha

Segundo informações da Aliança Francesa, as fotografias foram descobertas nos arquivos pessoais de Philippe Gras


Os fotógrafos Cris Salgado, Flávia Souza, Pierre Azevedo, Roberta Brandão e Uirandê Gomes estarão na próxima sexta-feira (11), a partir das 18h30, na Galeria Theodoro Braga, no Centur, para o encerramento da exposição fotográfica coletiva “Encantarias da Ilha”, uma reunião de imagens que retratam os encantos da Ilha de Maiandeua – com um olhar diferenciado para a Praia de Algodoal -, no nordeste paraense.

A programação proposta pelo coletivo de fotógrafos começará às 18h30 com o Cine Encantaria, exibindo o documentário “Mestres Praianos do Carimbó de Maiandeua”. Depois, prossegue com roda de conversa com os expositores, finalizando com uma apresentação de carimbó. O evento também contará com a presença do Mestre Zezinho, integrante do grupo de carimbó Nativos do Canal.  
   
Foto: Divulgação
 

Flávia Souza informa que é tradição na ilha começar e terminar um evento com carimbó, por isso a ideia de trazer esse ritmo contagiante para encerrar a exposição Encantarias da Ilha. “É importante que esses atores (mestres e tocadores de carimbó) estejam inseridos no processo e falem de sua própria cultura”, diz a fotógrafa.

Segundo Eliane Moura, técnica em Gestão Cultural da FCP, o encerramento das exposições coletivas costuma ser diversificado, quase sempre com o envolvimento dos artistas. “Além disso, sempre que tem um evento na Galeria ou em outros espaços da Fundação, aumenta muito o fluxo de visitantes. É muito bom pras exposições”, afirma Eliane Moura.

Maio de 1968 - A Fundação Cultural do Pará, em parceria com a Aliança Francesa em Belém promoverá, entre 17 de maio e 8 de junho, na Galeria Theodoro Braga, a exposição “Au Coeur de Mai 68”, com 43 fotografias inéditas dos eventos de maio de 1968 em Paris, de autoria do fotógrafo Philippe Gras.

Segundo informações da Aliança Francesa, as fotografias foram descobertas nos arquivos pessoais do fotógrafo, após seu falecimento, em 2007, e transportam o público “ao coração dos acontecimentos” na capital francesa, um importante momento da história mundial que completa 50 anos.

Arte

Home > Cultura > null

Galeria Theodoro Braga encerra exposição Encantarias da Ilha

Segundo informações da Aliança Francesa, as fotografias foram descobertas nos arquivos pessoais de Philippe Gras

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Os fotógrafos Cris Salgado, Flávia Souza, Pierre Azevedo, Roberta Brandão e Uirandê Gomes estarão na próxima sexta-feira (11), a partir das 18h30, na Galeria Theodoro Braga, no Centur, para o encerramento da exposição fotográfica coletiva “Encantarias da Ilha”, uma reunião de imagens que retratam os encantos da Ilha de Maiandeua – com um olhar diferenciado para a Praia de Algodoal -, no nordeste paraense.

A programação proposta pelo coletivo de fotógrafos começará às 18h30 com o Cine Encantaria, exibindo o documentário “Mestres Praianos do Carimbó de Maiandeua”. Depois, prossegue com roda de conversa com os expositores, finalizando com uma apresentação de carimbó. O evento também contará com a presença do Mestre Zezinho, integrante do grupo de carimbó Nativos do Canal.  
   
Foto: Divulgação
 

Flávia Souza informa que é tradição na ilha começar e terminar um evento com carimbó, por isso a ideia de trazer esse ritmo contagiante para encerrar a exposição Encantarias da Ilha. “É importante que esses atores (mestres e tocadores de carimbó) estejam inseridos no processo e falem de sua própria cultura”, diz a fotógrafa.

Segundo Eliane Moura, técnica em Gestão Cultural da FCP, o encerramento das exposições coletivas costuma ser diversificado, quase sempre com o envolvimento dos artistas. “Além disso, sempre que tem um evento na Galeria ou em outros espaços da Fundação, aumenta muito o fluxo de visitantes. É muito bom pras exposições”, afirma Eliane Moura.

Maio de 1968 - A Fundação Cultural do Pará, em parceria com a Aliança Francesa em Belém promoverá, entre 17 de maio e 8 de junho, na Galeria Theodoro Braga, a exposição “Au Coeur de Mai 68”, com 43 fotografias inéditas dos eventos de maio de 1968 em Paris, de autoria do fotógrafo Philippe Gras.

Segundo informações da Aliança Francesa, as fotografias foram descobertas nos arquivos pessoais do fotógrafo, após seu falecimento, em 2007, e transportam o público “ao coração dos acontecimentos” na capital francesa, um importante momento da história mundial que completa 50 anos.

TAG BelemParaexposicao

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
VOCÊ VIU ?