Arte

Filme amazonense é selecionado em festival da Turquia

“Formas de Voltar Para Casa” é o quarto curta-metragem de Rafael Ramos


Dirigido por Rafael Ramos, o filme amazonense “Formas de Voltar Para Casa” foi selecionado na categoria de curtas-metragens internacionais do Marmaris Film Festival, que vai acontecer entre os dias 9 e 14 de outubro, na cidade de Marmaris, na Turquia. Esta é a quarta mostra internacional em que o filme é selecionado: o curta já passou por eventos como o Festival de Cinema de Nevada, nos EUA, em que venceu o prêmio de melhor documentário; Wasaga Film Festival, no Canadá; e o New York Indie Doc Fest. Além desses festivais internacionais, o filme também foi selecionado para a mostra latino-americana do Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro, em 2017. A produção é da Artrupe Produções Artísticas.

“Formas de Voltar Para Casa” é o quarto curta-metragem de Rafael Ramos. Nele, o diretor mistura imagens de arquivo de viagens de sua família pelo interior do Amazonas com um registro filmado do espetáculo de teatro “A Casa de Inverno”, que tem a família como tema. A partir dessa mistura, o diretor faz uma análise sobre relações familiares.


   
Foto: Divulgação
 

Ramos possui outros filmes com trajetórias em festivais de cinema. Seu segundo curta-metragem, “A Menina do Guarda-Chuva”, foi finalista do Prêmio ABC 2015, e seu último filme, “Aquela Estrada”, circulou em mais de 20 festivais no Brasil e no exterior. “Acreditava que por tratar mais das relações endêmicas do Amazonas, ‘Aquela Estrada’ atraísse uma certa curiosidade dos festivais. E foi o que aconteceu. Circulamos nos principais festivais nacionais e ainda circulamos fora. De alguma forma, isso tudo foi pensado. Mas com o ‘Formas de Voltar Para Casa’ não deslumbrava nada disso. Foi um trabalho bem pessoal e meio sem planejamento, juntei umas imagens que já tinha filmado em 2014, que foi a peça ‘A Casa de Inverno’, com minhas filmagens de criança, de família. Desse arranjamento surgiu o filme, de uma inquietação sobre memória e conflitos particulares”, explica Ramos.

Em Manaus, o filme foi exibido na II Mostra do Cinema Amazonense. “Formas” permanecerá sua trajetória de festivais durante este ano, e será disponibilizado na internet em 2019.

Arte

Home > Cultura > null

Filme amazonense é selecionado em festival da Turquia

“Formas de Voltar Para Casa” é o quarto curta-metragem de Rafael Ramos

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Dirigido por Rafael Ramos, o filme amazonense “Formas de Voltar Para Casa” foi selecionado na categoria de curtas-metragens internacionais do Marmaris Film Festival, que vai acontecer entre os dias 9 e 14 de outubro, na cidade de Marmaris, na Turquia. Esta é a quarta mostra internacional em que o filme é selecionado: o curta já passou por eventos como o Festival de Cinema de Nevada, nos EUA, em que venceu o prêmio de melhor documentário; Wasaga Film Festival, no Canadá; e o New York Indie Doc Fest. Além desses festivais internacionais, o filme também foi selecionado para a mostra latino-americana do Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro, em 2017. A produção é da Artrupe Produções Artísticas.

“Formas de Voltar Para Casa” é o quarto curta-metragem de Rafael Ramos. Nele, o diretor mistura imagens de arquivo de viagens de sua família pelo interior do Amazonas com um registro filmado do espetáculo de teatro “A Casa de Inverno”, que tem a família como tema. A partir dessa mistura, o diretor faz uma análise sobre relações familiares.


   
Foto: Divulgação
 

Ramos possui outros filmes com trajetórias em festivais de cinema. Seu segundo curta-metragem, “A Menina do Guarda-Chuva”, foi finalista do Prêmio ABC 2015, e seu último filme, “Aquela Estrada”, circulou em mais de 20 festivais no Brasil e no exterior. “Acreditava que por tratar mais das relações endêmicas do Amazonas, ‘Aquela Estrada’ atraísse uma certa curiosidade dos festivais. E foi o que aconteceu. Circulamos nos principais festivais nacionais e ainda circulamos fora. De alguma forma, isso tudo foi pensado. Mas com o ‘Formas de Voltar Para Casa’ não deslumbrava nada disso. Foi um trabalho bem pessoal e meio sem planejamento, juntei umas imagens que já tinha filmado em 2014, que foi a peça ‘A Casa de Inverno’, com minhas filmagens de criança, de família. Desse arranjamento surgiu o filme, de uma inquietação sobre memória e conflitos particulares”, explica Ramos.

Em Manaus, o filme foi exibido na II Mostra do Cinema Amazonense. “Formas” permanecerá sua trajetória de festivais durante este ano, e será disponibilizado na internet em 2019.

TAG manausamazonasfilmecinemafestival