Variedades

Entrevistada foge de repórter e vídeo vira paródia da Tal Qual Dublagens em Manaus

Na versão amazônida, as duas decidem brincar de manja esconde, brincadeira equivalente ao pega-pega

Redação


MANAUS - A jornalista Renata Costa, da TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiânia se viu em uma cena inusitada na última semana ao cobrir uma denúncia sobre servidores que batiam ponto, mas não trabalhavam. Mas, você se pergunta qual a ligação entre a situação que aconteceu no Sul do País com a Amazônia. Respondemos: é que a página de humor 'Tal Qual Dublagens', aproveitou o viral que caiu nas graças da internet para produzir a versão baré da história.
'Senhora! Senhora! Porque tá correndo?'. Foto: Reprodução/YouTube
Se você entendeu do que se trata a situação, o Portal Amazônia explica melhor. Uma equipe de reportagem acompanhou, durante alguns dias, a rotina de servidores públicos da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). A câmera captou imagens de alguns trabalhadores batendo o ponto e saindo da Assembleia, entre eles Edinar Maria dos Santos Moraes. Ao ser confrontada pela reportagem, a mulher saiu correndo e acabou sendo perseguida pela jornalista.[saiba_mais]
Frases como: "Senhora! Senhora! Senhora! Porque tá correndo?", ganharam a internet em poucas horas. Na versão amazonense, Renata (repórter) e Edinar (servidora) decidem brincar de manja pega, brincadeira equivalente ao pega-pega. O resultado você pode conferir aqui:


Variedades

Home > Cultura > null

Entrevistada foge de repórter e vídeo vira paródia da Tal Qual Dublagens em Manaus

Na versão amazônida, as duas decidem brincar de manja esconde, brincadeira equivalente ao pega-pega

Redação


MANAUS - A jornalista Renata Costa, da TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiânia se viu em uma cena inusitada na última semana ao cobrir uma denúncia sobre servidores que batiam ponto, mas não trabalhavam. Mas, você se pergunta qual a ligação entre a situação que aconteceu no Sul do País com a Amazônia. Respondemos: é que a página de humor 'Tal Qual Dublagens', aproveitou o viral que caiu nas graças da internet para produzir a versão baré da história.
'Senhora! Senhora! Porque tá correndo?'. Foto: Reprodução/YouTube
Se você entendeu do que se trata a situação, o Portal Amazônia explica melhor. Uma equipe de reportagem acompanhou, durante alguns dias, a rotina de servidores públicos da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). A câmera captou imagens de alguns trabalhadores batendo o ponto e saindo da Assembleia, entre eles Edinar Maria dos Santos Moraes. Ao ser confrontada pela reportagem, a mulher saiu correndo e acabou sendo perseguida pela jornalista.[saiba_mais]
Frases como: "Senhora! Senhora! Senhora! Porque tá correndo?", ganharam a internet em poucas horas. Na versão amazonense, Renata (repórter) e Edinar (servidora) decidem brincar de manja pega, brincadeira equivalente ao pega-pega. O resultado você pode conferir aqui:

TAG