Publicidade

Agenda

Home > Cultura > null

Em Manaus, Parque Sumaúma recebe campanha nacional ‘Um Dia no Parque’ no próximo domingo

Unidade de conservação contará com programação gratuita de vivência na floresta

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


O Parque Estadual Sumaúma receberá, no próximo domingo (21/07), a campanha nacional “Um Dia no Parque”, que ocorrerá simultaneamente em 197 Unidades de Conservação (UCs) de todo o país. O parque, localizado na Cidade Nova, zona norte de Manaus, abrirá as portas para a população com programação gratuita das 8h às 16h.



 

A agenda da campanha no Parque Sumaúma é promovida pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), em parceria com as ONGs socioambientais WWF-Brasil e Instituto Sumaúma. O objetivo é atrair a população para conhecer e vivenciar as áreas verdes protegidas em todo o país.

Foto: Divulgação/ Sema

 

“É estratégico promover este tipo de agenda no Parque Sumaúma, pois ela fortalece o nosso objetivo de transformar o parque em referência para educação ambiental e lazer em Manaus. O Sumaúma é a única UC estadual em área urbana, e fica no coração da zona norte. Oferecer para a população uma experiência de viver a floresta e sua biodiversidade é muito mais divertido e eficiente do que apenas falar de meio ambiente. É uma maneira de mostrar que as pessoas também fazem parte do meio ambiente", destacou o titular da Sema, Eduardo Taveira.



 

O presidente do Instituto Sumaúma, Augusto Leite, que trabalha em defesa do parque, ressaltou a importância do espaço para os moradores da zona urbana, especialmente da zona norte da capital. “Esta é uma área importantíssima para a cidade de Manaus, tendo na própria cidade uma representação da floresta amazônica que pode ser usada para a educação ambiental”, disse.



 

Programação gratuita – A agenda especial no Parque iniciará às 9h, com uma saída fotográfica sobre conservação ambiental. Fotógrafos profissionais e amadores se reunirão no espaço e serão guiados pelas trilhas para capturar imagens da biodiversidade no local, sob o ângulo de cada um.

 



A partir das 9h, serão exibidos ainda filmes de temática socioambiental na Sala da Biodiversidade Sauim-de-coleira, e realizadas atividades lúdicas para crianças, como jogos e teatros de fantoches sobre educação ambiental. Uma exposição entomológica itinerante será exibida no Parque também no domingo, das 9h às 16h. Às 10h30 e às 14h30, serão promovidos quizzes com crianças sobre os temas abordados nas atividades de educação ambiental.



 

A agroecologista Renata Peixe-Boi realizará ainda uma atividade de vivência sobre Plantas Alimentícias Não-Convencionais (PANCs), a partir das 15h. Será feita uma breve explicação sobre o tema, e em seguida os participantes da atividade seguirão para as trilhas do parque com a especialista para aprender a identificar as PANCs encontradas no local, apresentando alternativas mais saudáveis de alimentação e disseminando conhecimento sobre o tema.



 

Vivência em trilhas – A Sema passará a promover ainda trilhas interpretativas, uma novidade na visita ao Parque Sumaúma, conforme explica o técnico da Sema Jefferson Moreira.



 

"Na trilha interpretativa, o condutor é acima de tudo um educador. Nós promovemos uma interação com as riquezas naturais do parque, ensinando por meio da experiência prática de vivência com o espaço. Acima de tudo, é um momento de sensibilização para repensarmos nossos hábitos e buscarmos uma vida em harmonia com o planeta", ressaltou.



 

Ao todo, serão organizadas oito saídas de grupos para as trilhas, nos seguintes horários: 9h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h, 14h30, 15h e 15h30. É recomendado o uso de sapatos fechados (tênis ou bota), protetor solar e roupas frescas e confortáveis, como as usadas para prática de exercício.



 

‘Um Dia no Parque’ – Idealizada pela Rede Pró UC em parceria com a Coalizão Pró-Unidades de Conservação, a campanha tem o objetivo de mostrar às pessoas que perto delas provavelmente há uma Unidade de Conservação, e que ali é possível praticar diferentes atividades, tanto sozinho como em grupo.



 

Além de levar as pessoas às Unidades de Conservação para lazer, a campanha quer mostrar ao público a importância destas áreas para a qualidade de vida também nas cidades, já que as UCs são responsáveis por cerca de 35% da água consumida no Brasil.



 

Em todo o país, 197 áreas protegidas como o Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense, Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, Parque Estadual do Jalapão, Parque Nacional da Serra da Capivara, entre outros, terão atividades de lazer e educação ambiental, recebendo turistas para vivenciar estes espaços. No Amazonas, além do Parque Estadual Sumaúma, a campanha será realizada também no Parque Nacional do Jaú, UC federal localizada entre os municípios de Barcelos e Novo Airão.



 

Parque Estadual Sumaúma – Localizado na zona norte de Manaus, o parque é a única UC estadual em área urbana na capital e é um dos principais focos de trabalho da Sema nesta nova gestão, que está liderando o processo de revitalização do parque. Criado em 2003, o Parque Sumaúma possui uma área de 51 hectares e abriga espécies em risco como o sauim-de-coleira, animal símbolo de Manaus.



Agenda

Em Manaus, Parque Sumaúma recebe campanha nacional ‘Um Dia no Parque’ no próximo domingo

Unidade de conservação contará com programação gratuita de vivência na floresta


O Parque Estadual Sumaúma receberá, no próximo domingo (21/07), a campanha nacional “Um Dia no Parque”, que ocorrerá simultaneamente em 197 Unidades de Conservação (UCs) de todo o país. O parque, localizado na Cidade Nova, zona norte de Manaus, abrirá as portas para a população com programação gratuita das 8h às 16h.



 

A agenda da campanha no Parque Sumaúma é promovida pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), em parceria com as ONGs socioambientais WWF-Brasil e Instituto Sumaúma. O objetivo é atrair a população para conhecer e vivenciar as áreas verdes protegidas em todo o país.

Foto: Divulgação/ Sema

 

“É estratégico promover este tipo de agenda no Parque Sumaúma, pois ela fortalece o nosso objetivo de transformar o parque em referência para educação ambiental e lazer em Manaus. O Sumaúma é a única UC estadual em área urbana, e fica no coração da zona norte. Oferecer para a população uma experiência de viver a floresta e sua biodiversidade é muito mais divertido e eficiente do que apenas falar de meio ambiente. É uma maneira de mostrar que as pessoas também fazem parte do meio ambiente", destacou o titular da Sema, Eduardo Taveira.



 

O presidente do Instituto Sumaúma, Augusto Leite, que trabalha em defesa do parque, ressaltou a importância do espaço para os moradores da zona urbana, especialmente da zona norte da capital. “Esta é uma área importantíssima para a cidade de Manaus, tendo na própria cidade uma representação da floresta amazônica que pode ser usada para a educação ambiental”, disse.



 

Programação gratuita – A agenda especial no Parque iniciará às 9h, com uma saída fotográfica sobre conservação ambiental. Fotógrafos profissionais e amadores se reunirão no espaço e serão guiados pelas trilhas para capturar imagens da biodiversidade no local, sob o ângulo de cada um.

 



A partir das 9h, serão exibidos ainda filmes de temática socioambiental na Sala da Biodiversidade Sauim-de-coleira, e realizadas atividades lúdicas para crianças, como jogos e teatros de fantoches sobre educação ambiental. Uma exposição entomológica itinerante será exibida no Parque também no domingo, das 9h às 16h. Às 10h30 e às 14h30, serão promovidos quizzes com crianças sobre os temas abordados nas atividades de educação ambiental.



 

A agroecologista Renata Peixe-Boi realizará ainda uma atividade de vivência sobre Plantas Alimentícias Não-Convencionais (PANCs), a partir das 15h. Será feita uma breve explicação sobre o tema, e em seguida os participantes da atividade seguirão para as trilhas do parque com a especialista para aprender a identificar as PANCs encontradas no local, apresentando alternativas mais saudáveis de alimentação e disseminando conhecimento sobre o tema.



 

Vivência em trilhas – A Sema passará a promover ainda trilhas interpretativas, uma novidade na visita ao Parque Sumaúma, conforme explica o técnico da Sema Jefferson Moreira.



 

"Na trilha interpretativa, o condutor é acima de tudo um educador. Nós promovemos uma interação com as riquezas naturais do parque, ensinando por meio da experiência prática de vivência com o espaço. Acima de tudo, é um momento de sensibilização para repensarmos nossos hábitos e buscarmos uma vida em harmonia com o planeta", ressaltou.



 

Ao todo, serão organizadas oito saídas de grupos para as trilhas, nos seguintes horários: 9h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h, 14h30, 15h e 15h30. É recomendado o uso de sapatos fechados (tênis ou bota), protetor solar e roupas frescas e confortáveis, como as usadas para prática de exercício.



 

‘Um Dia no Parque’ – Idealizada pela Rede Pró UC em parceria com a Coalizão Pró-Unidades de Conservação, a campanha tem o objetivo de mostrar às pessoas que perto delas provavelmente há uma Unidade de Conservação, e que ali é possível praticar diferentes atividades, tanto sozinho como em grupo.



 

Além de levar as pessoas às Unidades de Conservação para lazer, a campanha quer mostrar ao público a importância destas áreas para a qualidade de vida também nas cidades, já que as UCs são responsáveis por cerca de 35% da água consumida no Brasil.



 

Em todo o país, 197 áreas protegidas como o Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense, Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, Parque Estadual do Jalapão, Parque Nacional da Serra da Capivara, entre outros, terão atividades de lazer e educação ambiental, recebendo turistas para vivenciar estes espaços. No Amazonas, além do Parque Estadual Sumaúma, a campanha será realizada também no Parque Nacional do Jaú, UC federal localizada entre os municípios de Barcelos e Novo Airão.



 

Parque Estadual Sumaúma – Localizado na zona norte de Manaus, o parque é a única UC estadual em área urbana na capital e é um dos principais focos de trabalho da Sema nesta nova gestão, que está liderando o processo de revitalização do parque. Criado em 2003, o Parque Sumaúma possui uma área de 51 hectares e abriga espécies em risco como o sauim-de-coleira, animal símbolo de Manaus.




TAG parquesumauma shoppingWWFvisita