Famosos

Em gravidez de risco, Eliana revela ter sofrido aborto espontâneo

Apresentadora chegou a ser internada mais de duas vezes por conta da gestação de Manuela

Portal Amazônia, com informações do iBahia

jornalismo@portalamazonia.com


Mãe do pequeno Arthur, de 6 anos, do casamento anterior com João Marcelo Bôscoli, Eliana está ansiosa para o nascimento de sua primeira filha, Manuela, fruto do seu relacionamento com o diretor Adriano Ricco. Mas nos últimos meses, a apresentadora viveu momentos de angústia devido a gestação delicada que a afastou da TV.

No entanto, essa não é a primeira gestação complicada da loira. Capa da revista "Contigo", ela revela, em entrevista, que sofreu um aborto espontâneo no ano passado.

 

 

 

Foto: Divulgação

 


"Essa gravidez foi muito desejada desde sempre. O Adriano ainda não era pai e eu, muito feliz por já ser mãe, sabia que se fosse para ter mais um, deveria ser logo, pois já tinha cruzado a linha dos 40. Então, no ano passado, conversamos, planejamos, engravidei e comemoramos muito. A alegria, porém, acabou no segundo mês. No início de novembro tive um aborto espontâneo. Além da família e dos muito íntimos, ninguém soube nem da euforia e nem da tristeza que vivemos; do desabar dos sonhos. Aliás, pouco se fala da dor e do luto de uma gravidez interrompida. A mulher ou o casal vive isso no silêncio, no choro contido. Dois dias após a curetagem –, um processo difícil, tanto físico como emocionalmente –, eu já estava no palco, ao vivo por horas, no comando do Teleton, a maratona televisiva em prol da AACD, da qual sou madrinha", disse. Saiba mais no iBahia.


Famosos

Em gravidez de risco, Eliana revela ter sofrido aborto espontâneo

Apresentadora chegou a ser internada mais de duas vezes por conta da gestação de Manuela

Portal Amazônia, com informações do iBahia

jornalismo@portalamazonia.com


Mãe do pequeno Arthur, de 6 anos, do casamento anterior com João Marcelo Bôscoli, Eliana está ansiosa para o nascimento de sua primeira filha, Manuela, fruto do seu relacionamento com o diretor Adriano Ricco. Mas nos últimos meses, a apresentadora viveu momentos de angústia devido a gestação delicada que a afastou da TV.

No entanto, essa não é a primeira gestação complicada da loira. Capa da revista "Contigo", ela revela, em entrevista, que sofreu um aborto espontâneo no ano passado.

 

 

 

Foto: Divulgação

 


"Essa gravidez foi muito desejada desde sempre. O Adriano ainda não era pai e eu, muito feliz por já ser mãe, sabia que se fosse para ter mais um, deveria ser logo, pois já tinha cruzado a linha dos 40. Então, no ano passado, conversamos, planejamos, engravidei e comemoramos muito. A alegria, porém, acabou no segundo mês. No início de novembro tive um aborto espontâneo. Além da família e dos muito íntimos, ninguém soube nem da euforia e nem da tristeza que vivemos; do desabar dos sonhos. Aliás, pouco se fala da dor e do luto de uma gravidez interrompida. A mulher ou o casal vive isso no silêncio, no choro contido. Dois dias após a curetagem –, um processo difícil, tanto físico como emocionalmente –, eu já estava no palco, ao vivo por horas, no comando do Teleton, a maratona televisiva em prol da AACD, da qual sou madrinha", disse. Saiba mais no iBahia.

TAG gravidezElianasaude