Publicidade

Música

Com local intimista e artistas surpresa, Sofar Sounds realiza mais uma edição em Manaus

Sofar Sounds é um programa onde membros se inscrevem para serem convidados a participar de um show privado, com artista surpresa e local diferenciado


Com uma iniciativa ousada de apresentar um show surpresa em um lugar aleatório, com um pequeno público e sem saber quem vai comandar a música, o projeto Sofar Sounds (songs from a room ou sons de quarto), que nasceu em Londres, em 2009, desembarcou há poucos meses na capital, e já tem feito sucesso entre os manauaras apaixonados por músicas. 

 

A ideia, segundo Erick Omena, um dos produtores do Sofar Sounds Manaus, é proporcionar uma imersão do público com a música. “Propomos uma nova perspectiva de shows ao vivo, onde as pessoas possam voltar a prestar atenção na música e se emocionar com as apresentações”, conta.
 

 
Foto: André Castelo Branco/Sofar Sounds Manaus

Algumas atrações já se apresentaram nas edições manauaras do Sofar, como por exemplo, Victor Xamã, Anne Jezini, Casa de Caba, Karen Francis, André Oliveira, Marcelo Nakamura, Olívia de Amores, Mulheres In Rima e outros. Artistas independentes, famosos ou quem tem música própria pode se apresentar dentro da proposta do Sofar, basta, segundo Omena, passar pela curadoria dos evento.

 

“Qualquer artista que tenha música própria, tope fazer uma apresentação mais intimista e passe pela curadoria do Sofar em Londres pode participar do evento. Eles prezam por diversidade e não há restrição de estilo”, conta.

 

A cantora Beatriz Procópio, que já se apresentou no Sofar Manaus, conta que conhecia o projeto e ficou muito feliz ao ser convidada. “Eu sempre falo que o Sofar pra mim foi um divisor de águas, eu acho que foi quando eu realmente me entendi como artista, essa vibe mais intimista, com público número limitado, apresentando tuas músicas autorais, te leva para uma outra atmosfera artística e de conceitos, e tu perceber que as pessoas estão ali te escutando de verdade. Isso foi mais que eu presente, eu me senti muito bem e escutada”, lembra.
 

 
Foto: Ana Paes/Sofar Sounds Manaus 

Uma das pessoas que topou o desafio do Sofar foi a musicista Amada Procópio, que também já conhecia o projeto pela internet, mas quando soube do evento em Manaus, arriscou e ainda teve uma surpresa na apresentação.

 

“Eu assistia a apresentação dos artistas internacionais no YouTube e só depois descobri os nacionais. Quando anunciaram o evento em Manaus, fiquei bem curiosa pra saber quais artistas participariam, principalmente por ser musicista também. E, pra minha surpresa, logo na primeira vez que participei, pude prestigiar uma prima minha cantando. Então, adorei a experiência! Com certeza, irei novamente”, conta Amada, que ressalta já ter confirmado presença na edição deste mês.

 

O Sofar Sounds Manaus acontece uma vez por mês, sempre em lugares diferentes da capital e com artista surpresa. Para participar, Omena dá as orientações.

 

“A pessoa que tiver interesse no evento, só vai saber apenas 24h antes onde será o local. A quantidade do público é limitada, e ao interessado precisa fazer um cadastro no site do evento para poder manifestar interesse na data de cada show. O Sofar não cobra ingresso, mas sugere uma contribuição de R$ 30, e quem contribui tem prioridade no acesso até o limite de vagas, e se sobrarem vagas, as pessoas que quiserem, podem entrar, mesmo não tendo contribuido“, ressalta.
 

 
Foto: Divulgação/Sofar Sounds
 

O Sofar Sounds já aconteceu em Belém, e levou ao público, Dona Onete, A República Imperial, Léo Chermont, Arthur Kunz, Pio Lobato, e outros. Para as edições de Manaus, quem tiver interesse pode acessar o site: www.sofar.com/manaus e ter todas as informações.

     

Música

Home > Cultura > null

Com local intimista e artistas surpresa, Sofar Sounds realiza mais uma edição em Manaus

Sofar Sounds é um programa onde membros se inscrevem para serem convidados a participar de um show privado, com artista surpresa e local diferenciado

William Costa

william.costa@portalamazonia.com


Com uma iniciativa ousada de apresentar um show surpresa em um lugar aleatório, com um pequeno público e sem saber quem vai comandar a música, o projeto Sofar Sounds (songs from a room ou sons de quarto), que nasceu em Londres, em 2009, desembarcou há poucos meses na capital, e já tem feito sucesso entre os manauaras apaixonados por músicas. 

 

A ideia, segundo Erick Omena, um dos produtores do Sofar Sounds Manaus, é proporcionar uma imersão do público com a música. “Propomos uma nova perspectiva de shows ao vivo, onde as pessoas possam voltar a prestar atenção na música e se emocionar com as apresentações”, conta.
 

 
Foto: André Castelo Branco/Sofar Sounds Manaus

Algumas atrações já se apresentaram nas edições manauaras do Sofar, como por exemplo, Victor Xamã, Anne Jezini, Casa de Caba, Karen Francis, André Oliveira, Marcelo Nakamura, Olívia de Amores, Mulheres In Rima e outros. Artistas independentes, famosos ou quem tem música própria pode se apresentar dentro da proposta do Sofar, basta, segundo Omena, passar pela curadoria dos evento.

 

“Qualquer artista que tenha música própria, tope fazer uma apresentação mais intimista e passe pela curadoria do Sofar em Londres pode participar do evento. Eles prezam por diversidade e não há restrição de estilo”, conta.

 

A cantora Beatriz Procópio, que já se apresentou no Sofar Manaus, conta que conhecia o projeto e ficou muito feliz ao ser convidada. “Eu sempre falo que o Sofar pra mim foi um divisor de águas, eu acho que foi quando eu realmente me entendi como artista, essa vibe mais intimista, com público número limitado, apresentando tuas músicas autorais, te leva para uma outra atmosfera artística e de conceitos, e tu perceber que as pessoas estão ali te escutando de verdade. Isso foi mais que eu presente, eu me senti muito bem e escutada”, lembra.
 

 
Foto: Ana Paes/Sofar Sounds Manaus 

Uma das pessoas que topou o desafio do Sofar foi a musicista Amada Procópio, que também já conhecia o projeto pela internet, mas quando soube do evento em Manaus, arriscou e ainda teve uma surpresa na apresentação.

 

“Eu assistia a apresentação dos artistas internacionais no YouTube e só depois descobri os nacionais. Quando anunciaram o evento em Manaus, fiquei bem curiosa pra saber quais artistas participariam, principalmente por ser musicista também. E, pra minha surpresa, logo na primeira vez que participei, pude prestigiar uma prima minha cantando. Então, adorei a experiência! Com certeza, irei novamente”, conta Amada, que ressalta já ter confirmado presença na edição deste mês.

 

O Sofar Sounds Manaus acontece uma vez por mês, sempre em lugares diferentes da capital e com artista surpresa. Para participar, Omena dá as orientações.

 

“A pessoa que tiver interesse no evento, só vai saber apenas 24h antes onde será o local. A quantidade do público é limitada, e ao interessado precisa fazer um cadastro no site do evento para poder manifestar interesse na data de cada show. O Sofar não cobra ingresso, mas sugere uma contribuição de R$ 30, e quem contribui tem prioridade no acesso até o limite de vagas, e se sobrarem vagas, as pessoas que quiserem, podem entrar, mesmo não tendo contribuido“, ressalta.
 

 
Foto: Divulgação/Sofar Sounds
 

O Sofar Sounds já aconteceu em Belém, e levou ao público, Dona Onete, A República Imperial, Léo Chermont, Arthur Kunz, Pio Lobato, e outros. Para as edições de Manaus, quem tiver interesse pode acessar o site: www.sofar.com/manaus e ter todas as informações.

     

TAG sofar soundsmanausbelemartista independente