Publicidade

Variedades

Cineamazonia Itinerante realiza nova edição em junho, em Rondônia; confira programação

A 16ª Edição do Cineamazonia Itinerante acontece entre os dias 01 a 20 de junho de 2019.


A 16ª Edição do Cineamazonia Itinerante acontece entre os dias 01 a 20 de junho de 2019. Para a edição deste ano, serão percorridas as comunidades de Cabixi (01/06), Pimenteiras (02/06), Quilombo Pedras Negras (12/06), Quilombo Santo Antônio (14/06), Costa Marques (15/06), Forte Príncipe da Beira (17/06) e Surpresa (20/06).
Foto:Divulgação/Cineamazônia


O Cineamazonia Itinerante percorre, de barco, as comunidades ribeirinhas do Rio Guaporé, no Estado de Rondônia, levando cinema com a exibição de curtas metragens, sendo aguardado com grande ansiedade pelos moradores todos os anos. Nos locais de exibição, são montadas as estruturas transformando o espaço público em um grande cinema, com tela e cadeiras para a plateia, se tornando, sempre, uma grande festa onde todos das comunidades e região se encontram.


Para a 16ª Edição estão programadas as exibições de dez filmes, assim selecionados: Ficção: “Balanceia”, de Thiago Oliveira e Juraci Júnior, de Rondônia; “A piscina de Caíque” de Raphael Gustavo da Silva, de Goiás; “Crisálida”, de Serginho Melo de Santa Catarina e “Opala azul Negão”, de Renné Brasil de Sá, de São Paulo.


Entre as animações da 16ª Edição do Cinemazonia Itinerante estão as cariocas “Miudinho”, de Gordeff e Cláudio Roberto, “O fim da fila”, de William Côgo e “Sviaz”, de Diego Akel, Leo Ribeiro, Felipe Thiroux, Adriane Puresa, David Mussel, Anna Thereza Menezes, Alexandre Bersot, Jackson Abacatu e Ronaldo Oliveira. Fecham as animações os goianos, “O violeiro fantasma”, de Wesley Rodrigues e “O bagre de bolas”, de Luiz Botosso e Thiago Veiga. Fecha a programação o documentário “Xavante, Memória, Cultura e Resistência” de Gilson Costa, de Mato Grosso.




O Cineamazônia


O Festival de Cinema Ambiental surgiu há 16 anos na Amazônia Brasileira, com o objetivo de realizar a junção entre a sétima arte e o meio ambiente, divulgando e promovendo a mensagem pela sustentabilidade, o respeito à natureza e à tradição dos povos que dela dependem. Isso sem esquecer de divulgar, integrar e promover discussões em torno da produção de cinema e vídeos nacionais e internacionais, e a formação de plateia e a consciência sócio ambiental.


A 16ª edição do Cineamazônia Itinerante tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cidadania, Secretaria Especial da Cultura, Lei de Incentivo à Cultura.


Para conhecer mais sobre o projeto, acesse: cineamazonia.com.br.



Variedades

Home > Cultura > null

Cineamazonia Itinerante realiza nova edição em junho, em Rondônia; confira programação

A 16ª Edição do Cineamazonia Itinerante acontece entre os dias 01 a 20 de junho de 2019.

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


A 16ª Edição do Cineamazonia Itinerante acontece entre os dias 01 a 20 de junho de 2019. Para a edição deste ano, serão percorridas as comunidades de Cabixi (01/06), Pimenteiras (02/06), Quilombo Pedras Negras (12/06), Quilombo Santo Antônio (14/06), Costa Marques (15/06), Forte Príncipe da Beira (17/06) e Surpresa (20/06).
Foto:Divulgação/Cineamazônia


O Cineamazonia Itinerante percorre, de barco, as comunidades ribeirinhas do Rio Guaporé, no Estado de Rondônia, levando cinema com a exibição de curtas metragens, sendo aguardado com grande ansiedade pelos moradores todos os anos. Nos locais de exibição, são montadas as estruturas transformando o espaço público em um grande cinema, com tela e cadeiras para a plateia, se tornando, sempre, uma grande festa onde todos das comunidades e região se encontram.


Para a 16ª Edição estão programadas as exibições de dez filmes, assim selecionados: Ficção: “Balanceia”, de Thiago Oliveira e Juraci Júnior, de Rondônia; “A piscina de Caíque” de Raphael Gustavo da Silva, de Goiás; “Crisálida”, de Serginho Melo de Santa Catarina e “Opala azul Negão”, de Renné Brasil de Sá, de São Paulo.


Entre as animações da 16ª Edição do Cinemazonia Itinerante estão as cariocas “Miudinho”, de Gordeff e Cláudio Roberto, “O fim da fila”, de William Côgo e “Sviaz”, de Diego Akel, Leo Ribeiro, Felipe Thiroux, Adriane Puresa, David Mussel, Anna Thereza Menezes, Alexandre Bersot, Jackson Abacatu e Ronaldo Oliveira. Fecham as animações os goianos, “O violeiro fantasma”, de Wesley Rodrigues e “O bagre de bolas”, de Luiz Botosso e Thiago Veiga. Fecha a programação o documentário “Xavante, Memória, Cultura e Resistência” de Gilson Costa, de Mato Grosso.




O Cineamazônia


O Festival de Cinema Ambiental surgiu há 16 anos na Amazônia Brasileira, com o objetivo de realizar a junção entre a sétima arte e o meio ambiente, divulgando e promovendo a mensagem pela sustentabilidade, o respeito à natureza e à tradição dos povos que dela dependem. Isso sem esquecer de divulgar, integrar e promover discussões em torno da produção de cinema e vídeos nacionais e internacionais, e a formação de plateia e a consciência sócio ambiental.


A 16ª edição do Cineamazônia Itinerante tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cidadania, Secretaria Especial da Cultura, Lei de Incentivo à Cultura.


Para conhecer mais sobre o projeto, acesse: cineamazonia.com.br.


TAG cineamazonia intinerante