Publicidade

Famosos

Cauã Reymond já sofreu assédio; confira o desabafo

Cauã aproveitou para dizer que se preocupa com as crianças em geral, principalmente com sua filha Sofia

Portal Amazônia, com informações do iBahia

jornalismo@portalamazonia.com


O ator Cauã Reymond foi um dos convidados do 'Encontro' desta quinta-feira (31). Durante a atração, o global comentou os recentes casos de assédios sofridos pelas mulheres nos ônibus e acabou revelando uma situação bem parecida que aconteceu com ele quando ainda era criança.

 
 
Foto: Divulgação
 

"Acho que esse é um problema sério, principalmente para nós, que somos pais de filhas mulheres, claro. Mas quando eu era menino, meus pais eram separados, meu pai morava em Santa Catarina e minha mãe no Rio. Eu não podia pegar um avião, então eu pegava um ônibus e mesmo criança eu ia. E já passei por uma situação semelhante a essa. De um cara, num ônibus leito, se masturbando do meu lado", revelou ele.

Cauã aproveitou para dizer que se preocupa com as crianças em geral, principalmente com sua filha Sofia, fruto do casamento com a atriz Grazi Massafera: "eu não conseguia ver o que estava acontecendo e eu muito menino, com 13 anos, pensando 'o que eu faço?'. Eu não lembro nem do rosto, nem da fisionomia. Eu simplesmente peguei minha mochila, levantei e sentei lá onde tinha muita gente ao meu redor e eu me senti protegido. Eu nem sei quem era essa pessoa, mas acho que era uma coisa que a gente tem que cuidar também com as crianças, não só com o sexo feminino. Como pai, uma das coisas importantes que falo e converso com a Grazi, que é mãe da Sofia, é que a gente elogia a Sofia no lugar do feminino: 'Você é linda, princesa'. Mas também falamos 'você é corajosa, você consegue, você é forte'. Isso é muito importante na educação". Saiba mais no iBahia.

Famosos

Home > Cultura > null

Cauã Reymond já sofreu assédio; confira o desabafo

Cauã aproveitou para dizer que se preocupa com as crianças em geral, principalmente com sua filha Sofia

Portal Amazônia, com informações do iBahia

jornalismo@portalamazonia.com


O ator Cauã Reymond foi um dos convidados do 'Encontro' desta quinta-feira (31). Durante a atração, o global comentou os recentes casos de assédios sofridos pelas mulheres nos ônibus e acabou revelando uma situação bem parecida que aconteceu com ele quando ainda era criança.

 
 
Foto: Divulgação
 

"Acho que esse é um problema sério, principalmente para nós, que somos pais de filhas mulheres, claro. Mas quando eu era menino, meus pais eram separados, meu pai morava em Santa Catarina e minha mãe no Rio. Eu não podia pegar um avião, então eu pegava um ônibus e mesmo criança eu ia. E já passei por uma situação semelhante a essa. De um cara, num ônibus leito, se masturbando do meu lado", revelou ele.

Cauã aproveitou para dizer que se preocupa com as crianças em geral, principalmente com sua filha Sofia, fruto do casamento com a atriz Grazi Massafera: "eu não conseguia ver o que estava acontecendo e eu muito menino, com 13 anos, pensando 'o que eu faço?'. Eu não lembro nem do rosto, nem da fisionomia. Eu simplesmente peguei minha mochila, levantei e sentei lá onde tinha muita gente ao meu redor e eu me senti protegido. Eu nem sei quem era essa pessoa, mas acho que era uma coisa que a gente tem que cuidar também com as crianças, não só com o sexo feminino. Como pai, uma das coisas importantes que falo e converso com a Grazi, que é mãe da Sofia, é que a gente elogia a Sofia no lugar do feminino: 'Você é linda, princesa'. Mas também falamos 'você é corajosa, você consegue, você é forte'. Isso é muito importante na educação". Saiba mais no iBahia.

TAG Caua Reymond polemicaassedio