Publicidade

Carnaval

Nove agremiações abrem o primeiro dia do Carnaval oficial de Belém

Entre os homenageados estava Pinduca, que foi levado à avenida pela agremiação carnavalesca Coração Jurunense, abrindo o desfile desta sexta (22)

Portal Amazônia, com informações da Agência Belém

jornalismo@portalamazonia.com


carimbó tomou conta da Aldeia Amazônica, no primeiro dia do Carnaval oficial de Belém. A agremiação carnavalesca Coração Jurunense abriu o desfile desta sexta-feira (22), levando para a avenida do samba uma homenagem ao cantor Pinduca, o Rei do Carimbó. O músico estava presente no carro abre alas.

Foto: Divulgação/Agência Belém

A segunda agremiação a entrar na avenida foi a Associação Carnavalesca Império Jurunense, que cantou o enredo em homenagem a Jackson Santarém. A animação dos brincantes contagiou o público presente desde cedo nas arquibancadas do sambódromo. “Saí do trabalho mais cedo só para poder acompanhar todas as escolas de perto. Estou muito feliz com o retorno da festa para a Aldeia Amazônica, pois a Pedreira é a casa do Carnaval de Belém”, comentou o porteiro Wilson Guedes, de 49 anos, enquanto acompanhava o desfile da arquibancada.

Durante a noite, a programação contou ainda com a apresentação de outras sete escolas, são elas: Grêmio Recreativo Os Colibris; Sociedade Cultural do Pará Escola de Samba Embaixadores Azulinos; Grêmio Recreativo Escola de Samba Habitat do Boto; Associação Carnavalesca Cacareco; Associação Carnavalesca Mocidade Unida do Benguí; Associação Carnavalesca Mocidade Botafoguense e Associação Carnavalesca Alegria Alegria.

Foto: Divulgação/Agência Belém
A volta do desfile para a Aldeia também animou a autônoma Marinalda Pontes, de 36 anos, que esperava ansiosa pela entrada da segunda escola da noite. “Minha mãe de 60 anos está desfilando na ala das baianas. Ela estava muito nervosa, por isso fiz questão de prestigiar mesmo não podendo ir para a arquibancada”, comemorou a autônoma, que assistia ao desfile da parte externa. O brincante Sidney Guerreiro revelou a intenção de participar dos três dias de folia. "Hoje estou aqui na bateria da Império Jurunense e amanhã estarei no Rancho. Tenho animação para os três dias de festa, por isso vou tentar desfilar também no último dia, no domingo", disse.

A Guarda Municipal de Belém (GMB) garantiu a segurança da avenida e entorno, com a presença de um efetivo de 700 homens. “Estamos atuando em toda a avenida, pois um evento como este merece atenção especial por parte do sistema de segurança”, declarou o inspetor Almir Ferreira, comandante geral da guarda.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) participou do evento no atendimento de saúde em dois espaços, com um box na concentração e outro na dispersão da avenida. “Aqui o atendimento é de urgência, mas estamos com uma rede de apoio com a Upa da Sacramenta, Hospital do Pronto Socorro da 14 de Março, Samu 192, além de uma ambulância extra da Sesma”, detalhou a médica Andressa Ferraioli.

Foto:Divulgação/Agência Belém
A Secretaria de Economia (Secon) e a Ordem Pública trabalharam de forma integrada. “Montamos um esquema de fiscalização para reforçar a organização da festa. Conseguimos atender todos os ambulantes, incluindo os que não estavam cadastrados, mas que também ganharam um espaço para trabalhar”, explicou a diretora da Ordem Pública, Elizete Cardoso.

Vinte e dois serviços de limpeza foram levados para a avenida, por meio da Secretaria de Saneamento (Sesan). Durante os três dias de desfile serão executados os serviços de varrição, com 70 homens trabalhando durante toda a extensão do percurso e entorno da Aldeia Amazônica, além de cooperativas de coleta seletiva que também estão atuando no evento.

ORDEM DO DESFILE:

1º- Agremiação Carnavalesca Coração Jurunense
2º- Associação Carnavalesca Império Jurunense
3º- Grêmio Recreativo Os Colibris
4º- Sociedade Cultural do Pará Escola de Samba Embaixadores Azulinos
5º- Grêmio Recreativo Escola de Samba Habitat do Boto
6º- Associação Carnavalesca Cacareco
7º- Associação Carnavalesca Mocidade Unida do Bengui
8º- Associação Carnavalesca Mocidade Botafoguense
9º- Associação Carnavalesca Alegria Alegria



Carnaval

Home > Cultura > Carnaval

Nove agremiações abrem o primeiro dia do Carnaval oficial de Belém

Entre os homenageados estava Pinduca, que foi levado à avenida pela agremiação carnavalesca Coração Jurunense, abrindo o desfile desta sexta (22)

Portal Amazônia, com informações da Agência Belém

jornalismo@portalamazonia.com


carimbó tomou conta da Aldeia Amazônica, no primeiro dia do Carnaval oficial de Belém. A agremiação carnavalesca Coração Jurunense abriu o desfile desta sexta-feira (22), levando para a avenida do samba uma homenagem ao cantor Pinduca, o Rei do Carimbó. O músico estava presente no carro abre alas.

Foto: Divulgação/Agência Belém

A segunda agremiação a entrar na avenida foi a Associação Carnavalesca Império Jurunense, que cantou o enredo em homenagem a Jackson Santarém. A animação dos brincantes contagiou o público presente desde cedo nas arquibancadas do sambódromo. “Saí do trabalho mais cedo só para poder acompanhar todas as escolas de perto. Estou muito feliz com o retorno da festa para a Aldeia Amazônica, pois a Pedreira é a casa do Carnaval de Belém”, comentou o porteiro Wilson Guedes, de 49 anos, enquanto acompanhava o desfile da arquibancada.

Durante a noite, a programação contou ainda com a apresentação de outras sete escolas, são elas: Grêmio Recreativo Os Colibris; Sociedade Cultural do Pará Escola de Samba Embaixadores Azulinos; Grêmio Recreativo Escola de Samba Habitat do Boto; Associação Carnavalesca Cacareco; Associação Carnavalesca Mocidade Unida do Benguí; Associação Carnavalesca Mocidade Botafoguense e Associação Carnavalesca Alegria Alegria.

Foto: Divulgação/Agência Belém
A volta do desfile para a Aldeia também animou a autônoma Marinalda Pontes, de 36 anos, que esperava ansiosa pela entrada da segunda escola da noite. “Minha mãe de 60 anos está desfilando na ala das baianas. Ela estava muito nervosa, por isso fiz questão de prestigiar mesmo não podendo ir para a arquibancada”, comemorou a autônoma, que assistia ao desfile da parte externa. O brincante Sidney Guerreiro revelou a intenção de participar dos três dias de folia. "Hoje estou aqui na bateria da Império Jurunense e amanhã estarei no Rancho. Tenho animação para os três dias de festa, por isso vou tentar desfilar também no último dia, no domingo", disse.

A Guarda Municipal de Belém (GMB) garantiu a segurança da avenida e entorno, com a presença de um efetivo de 700 homens. “Estamos atuando em toda a avenida, pois um evento como este merece atenção especial por parte do sistema de segurança”, declarou o inspetor Almir Ferreira, comandante geral da guarda.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) participou do evento no atendimento de saúde em dois espaços, com um box na concentração e outro na dispersão da avenida. “Aqui o atendimento é de urgência, mas estamos com uma rede de apoio com a Upa da Sacramenta, Hospital do Pronto Socorro da 14 de Março, Samu 192, além de uma ambulância extra da Sesma”, detalhou a médica Andressa Ferraioli.

Foto:Divulgação/Agência Belém
A Secretaria de Economia (Secon) e a Ordem Pública trabalharam de forma integrada. “Montamos um esquema de fiscalização para reforçar a organização da festa. Conseguimos atender todos os ambulantes, incluindo os que não estavam cadastrados, mas que também ganharam um espaço para trabalhar”, explicou a diretora da Ordem Pública, Elizete Cardoso.

Vinte e dois serviços de limpeza foram levados para a avenida, por meio da Secretaria de Saneamento (Sesan). Durante os três dias de desfile serão executados os serviços de varrição, com 70 homens trabalhando durante toda a extensão do percurso e entorno da Aldeia Amazônica, além de cooperativas de coleta seletiva que também estão atuando no evento.

ORDEM DO DESFILE:

1º- Agremiação Carnavalesca Coração Jurunense
2º- Associação Carnavalesca Império Jurunense
3º- Grêmio Recreativo Os Colibris
4º- Sociedade Cultural do Pará Escola de Samba Embaixadores Azulinos
5º- Grêmio Recreativo Escola de Samba Habitat do Boto
6º- Associação Carnavalesca Cacareco
7º- Associação Carnavalesca Mocidade Unida do Bengui
8º- Associação Carnavalesca Mocidade Botafoguense
9º- Associação Carnavalesca Alegria Alegria


TAG carnaval 2019belemescolas samba belemEscolas de Sambasamba