Publicidade

Música

Home > Cultura > null

Cantora amazonense Ellen Fernandes lança financiamento coletivo para gravar primeiro CD

Ellen Fernandes é musicista e iniciou a carreira estudando canto e violão no centro de educação Cláudio Santoro

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


“Batelão da Amazônia” será o primeiro CD da cantora amazonense Ellen Fernandes, que é mestre em Música pela Universidade de São Paulo (USP), cuja composições musicais buscam enaltecer e valorizar a diversidade amazônica. Para ajudar no processo de produção em estúdio, a cantora lançou, esta semana, uma campanha de financiamento coletivo, conhecido também como crowdfunding. Para contribuir é necessário entrar no site: https://www.kickante.com.br/campanhas/cd-batelao-da-amazonia-ellen-fernandes

Para a cantora, contribuir e apoiar a arte local é fundamental para ter mais conteúdo artístico produzido por amazônidas que enalteça a riqueza cultural. “Temos artistas incríveis aqui e muito a dizer, e quando falamos de arte sobre a Amazônia, falamos com um olhar para além do entretenimento. E para que ela se expanda, precisamos contar com as iniciativas do poder público, e também de consumidores da arte em geral. Isso possibilita visibilidade, e também um compromisso com o discurso sobre nós e nossos valores”, comenta.

Ainda de acordo com a artista, que também é cientista social, a arte é uma ferramenta importante para divulgar e promover as singularidades da nossa cultura. “Todo artista local que trabalha sério na sua arte possibilita um olhar sobre seu recorte da realidade, sobre nossa singularidade cultural. E com a divulgação do público é possível colocar artistas em destaque, possibilitando levar a arte local para o cenário nacional. E as alianças dos artistas entre si também são muito importantes para que isso aconteça”, disse.  
   
Foto: Divulgação
 
Recompensas da ‘vaquinha online’

As recompensas da campanha de financiamento coletivo variam de acordo com o valor de contribuição, conforme os valores vão aumentando mais presentes e recompensas é possível adquirir.

Os presentes vão de aulas e consultorias vocais, preparação vocal e produção musical, composições exclusivas, download de material sobre pesquisas e sonoridades da Amazônia, pontos turísticos, e muito mais.

A artista também busca apoio empresarial para marcas que queiram se associar na divulgação sobre a riqueza Amazônica. Para contribuir e saber mais sobre as recompensas acesso o link: : https://www.kickante.com.br/campanhas/cd-batelao-da-amazonia-ellen-fernandes


Sobre a Produção do CD


Quem assinará a produção musical do CD, junto com Ellen Fernandes, é o músico e produtor musical Fi Maróstica, que trabalha em produções musicais importantes com ênfase na música brasileira. Na parte rítmica, dito por Ellen como “O coração” do CD estará o baterista, pesquisador e referência de ritmos brasileiros, Cléber Almeida.


A produção conta também com o pianista Salomão Soares, renomado por prêmios internacionais e sua relação estreita com ritmos tradicionais aliados às influências da música contemporânea. “Tive ainda a oportunidade e privilégio de gravar uma base com os músicos João Paulo, referência na construção de bioinstrumentos, conhecedor de materiais e ritmos amazônicos, e o músico Neil Armstrong Jr, que ajudaram no processo de produção da faixa que nos serve de base para o vídeo da campanha de financiamento do CD”, revela.


 A gravação acontecerá no Estúdio Arsis, em São Paulo, do engenheiro de som Adonias Jr. uma referência em produções nacionais de destaque internacional e está orçada em 40 mil mas a ‘vaquinha online’ arrecadará apenas 16 mil . “Acredito que uma produção amazônica gravada num lugar tão conceituado poderá nos colocar em lugar de destaque em muitos sentidos”, finaliza a artista.

Sobre a artistas


Ellen Fernandes é musicista e iniciou a carreira estudando canto e violão no centro de educação Cláudio Santoro, em Manaus. É formada em Música Popular com ênfase em Composição e Arranjo pela Faculdade de Música Souza Lima, em São Paulo, referência internacional em Música Popular.


A artista também é pós-graduada em Música Popular pela Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) e foi aluna do preparador vocal Wagner Barbosa, artista certificado pelo INSTITUTE FOR VOCAL ADVANCEMENT, referência no cenário artístico.


É mestre em Música Popular, na área de Etnomusicologia, pela USP, onde pesquisou a música indígena da etnia Sateré Mawé do Amazonas. Também é socióloga formada pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM).


O marco inicial da carreira foi o convite do músico e poeta Celdo Braga para cantar no Teatro Amazonas, que na época liderava o grupo Raízes Caboclas. Já em São Paulo, apresentou diversos shows em casas noturnas com a temática e ritmos Amazônicos. O primeiro single “Çapó”, fruto de seu processo de aprofundamento das sonoridades indígenas no Amazonas, foi lançado em 2017 nas plataformas digitais.


Em 2018 fez a primeira turnê pela França e Itália, nas Ilhas eólicas na Sicília, onde apresentou repertório de músicas Amazônicas e do cancioneiro popular brasileiro. E neste ano apresentou no Sesc Piracicaba o show “Amazônia Mulher”.         
Música

Cantora amazonense Ellen Fernandes lança financiamento coletivo para gravar primeiro CD

Ellen Fernandes é musicista e iniciou a carreira estudando canto e violão no centro de educação Cláudio Santoro


“Batelão da Amazônia” será o primeiro CD da cantora amazonense Ellen Fernandes, que é mestre em Música pela Universidade de São Paulo (USP), cuja composições musicais buscam enaltecer e valorizar a diversidade amazônica. Para ajudar no processo de produção em estúdio, a cantora lançou, esta semana, uma campanha de financiamento coletivo, conhecido também como crowdfunding. Para contribuir é necessário entrar no site: https://www.kickante.com.br/campanhas/cd-batelao-da-amazonia-ellen-fernandes

Para a cantora, contribuir e apoiar a arte local é fundamental para ter mais conteúdo artístico produzido por amazônidas que enalteça a riqueza cultural. “Temos artistas incríveis aqui e muito a dizer, e quando falamos de arte sobre a Amazônia, falamos com um olhar para além do entretenimento. E para que ela se expanda, precisamos contar com as iniciativas do poder público, e também de consumidores da arte em geral. Isso possibilita visibilidade, e também um compromisso com o discurso sobre nós e nossos valores”, comenta.

Ainda de acordo com a artista, que também é cientista social, a arte é uma ferramenta importante para divulgar e promover as singularidades da nossa cultura. “Todo artista local que trabalha sério na sua arte possibilita um olhar sobre seu recorte da realidade, sobre nossa singularidade cultural. E com a divulgação do público é possível colocar artistas em destaque, possibilitando levar a arte local para o cenário nacional. E as alianças dos artistas entre si também são muito importantes para que isso aconteça”, disse.  
   
Foto: Divulgação
 
Recompensas da ‘vaquinha online’

As recompensas da campanha de financiamento coletivo variam de acordo com o valor de contribuição, conforme os valores vão aumentando mais presentes e recompensas é possível adquirir.

Os presentes vão de aulas e consultorias vocais, preparação vocal e produção musical, composições exclusivas, download de material sobre pesquisas e sonoridades da Amazônia, pontos turísticos, e muito mais.

A artista também busca apoio empresarial para marcas que queiram se associar na divulgação sobre a riqueza Amazônica. Para contribuir e saber mais sobre as recompensas acesso o link: : https://www.kickante.com.br/campanhas/cd-batelao-da-amazonia-ellen-fernandes


Sobre a Produção do CD


Quem assinará a produção musical do CD, junto com Ellen Fernandes, é o músico e produtor musical Fi Maróstica, que trabalha em produções musicais importantes com ênfase na música brasileira. Na parte rítmica, dito por Ellen como “O coração” do CD estará o baterista, pesquisador e referência de ritmos brasileiros, Cléber Almeida.


A produção conta também com o pianista Salomão Soares, renomado por prêmios internacionais e sua relação estreita com ritmos tradicionais aliados às influências da música contemporânea. “Tive ainda a oportunidade e privilégio de gravar uma base com os músicos João Paulo, referência na construção de bioinstrumentos, conhecedor de materiais e ritmos amazônicos, e o músico Neil Armstrong Jr, que ajudaram no processo de produção da faixa que nos serve de base para o vídeo da campanha de financiamento do CD”, revela.


 A gravação acontecerá no Estúdio Arsis, em São Paulo, do engenheiro de som Adonias Jr. uma referência em produções nacionais de destaque internacional e está orçada em 40 mil mas a ‘vaquinha online’ arrecadará apenas 16 mil . “Acredito que uma produção amazônica gravada num lugar tão conceituado poderá nos colocar em lugar de destaque em muitos sentidos”, finaliza a artista.

Sobre a artistas


Ellen Fernandes é musicista e iniciou a carreira estudando canto e violão no centro de educação Cláudio Santoro, em Manaus. É formada em Música Popular com ênfase em Composição e Arranjo pela Faculdade de Música Souza Lima, em São Paulo, referência internacional em Música Popular.


A artista também é pós-graduada em Música Popular pela Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) e foi aluna do preparador vocal Wagner Barbosa, artista certificado pelo INSTITUTE FOR VOCAL ADVANCEMENT, referência no cenário artístico.


É mestre em Música Popular, na área de Etnomusicologia, pela USP, onde pesquisou a música indígena da etnia Sateré Mawé do Amazonas. Também é socióloga formada pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM).


O marco inicial da carreira foi o convite do músico e poeta Celdo Braga para cantar no Teatro Amazonas, que na época liderava o grupo Raízes Caboclas. Já em São Paulo, apresentou diversos shows em casas noturnas com a temática e ritmos Amazônicos. O primeiro single “Çapó”, fruto de seu processo de aprofundamento das sonoridades indígenas no Amazonas, foi lançado em 2017 nas plataformas digitais.


Em 2018 fez a primeira turnê pela França e Itália, nas Ilhas eólicas na Sicília, onde apresentou repertório de músicas Amazônicas e do cancioneiro popular brasileiro. E neste ano apresentou no Sesc Piracicaba o show “Amazônia Mulher”.         

TAG manausamazonasCDgravacaofinanciamento