Publicidade

Agenda

Bosque da Ciência oferece programação com entrada gratuita até domingo; veja horários

Na semana de aniversário do Bosque, de 2 a 7 de abril, o espaço de visitação pública do Inpa estará com entrada gratuita


Focado na educação ambiental e popularização da ciência, o Circuito da Ciência do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) completou 20 anos nessa segunda-feira (1º), junto com o Bosque da Ciência, espaço de visitação pública do Instituto, onde acontece o projeto. Para comemorar o aniversário duplo, a Instituição preparou uma programação especial, com exposições educativas e tecnológicas, oficinas, jogos e visitas guiadas.

A programação está dividida em duas partes. Uma será a edição especial nesta sexta-feira (29), a primeira deste ano, do projeto Circuito da Ciência. A outra será a Semana de Aniversário do Bosque da Ciência, de terça a domingo (2 a 7 de abril), com entrada gratuita nesses seis dias. A programação vai de 9h30 às 11h30 e das 14h30 às 16h30, no Bosque da Ciência.

Para esta edição do Circuito, são esperados cerca de 160 alunos de quatro escolas convidadas, que virão ao bosque aprender sobre saúde, práticas ambientais e biodiversidade amazônica, de forma lúdica e dinâmica em contato direto com especialistas e com amostras, exemplares do tema apresentado. Além de conhecimento, a oportunidade propicia muita diversão para a garotada.
 
Foto: Divulgação/Inpa
 
Para a coordenadora de Extensão do Inpa, a pesquisadora Rita Mesquita, a existência de longo prazo do projeto mostra que ele cumpre o papel de contato de crianças e jovens com a ciência, com a natureza e com questões ambientais, além de trazer na sua programação de atividades educativas questões centrais hoje para a convivência humana com a natureza, como padrões de consumo.

“O circuito está cada vez mais atual. Está fazendo 20 anos, mas é uma jovem iniciativa, porque a atualidade da pauta do Circuito é muito grande. Isso é uma das razões do sucesso dessa iniciativa e do grande interesse que ela desperta”, disse Mesquita, ao parabenizar os “oficineiros” (expositores) das diferentes instituições que todo mês dão sua contribuição.

Para esta edição, estão confirmadas as oficinas e exposições do Ecoethos, Leishmaniose, Saúde Bucal, Malária e Dengue, Invertebrados Terrestres Vivos, Plantas Medicinais, Escoteiros da Amazônia, Papel Reciclado, Agro Eco Tropical (plantas amazônicas), Centro de Estudos dos Quelônios da Amazônia (Cequa), SESC, Educação Ambiental (Associação Amigos do Peixe-boi -Ampa), Distribuição de Mudas (Soka/Cepeam).

O projeto conta com o apoio da Brother’s e Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas.

Bosque da Ciência

Localizado na rua Bem-te-vi, Petrópolis, o Bosque da Ciência é uma área verde em plena zona urbana de Manaus. Criado para abrir as portas do Inpa para a sociedade, o espaço tornou-se importante no trabalho de educação ambiental, socialização do conhecimento científico, além de ser um destino cultural, turístico e de lazer da cidade. Por ano, são cerca de 120 mil visitantes.

“Queremos convidar toda a comunidade para participar dos 24 anos do Bosque da Ciência. A  entrada será gratuita e teremos várias atividades”, disse o coordenador do Bosque, Alexandre Buzaglo. “Tudo foi pensado para agregar conhecimento e fazer a sociedade ser protagonista na defesa e preservação do nosso maior patrimônio: a Amazônia”, completou.

Entre as atividades estão o lançamento do aplicativo Giulia no sábado (30), às 10h, que permitirá visita autoguiada de deficientes auditivos neste sábado, oficinas temáticas ambientais, exposições de tecnologias desenvolvidas pelo Inpa - como couro de peixe, hambúrguer de peixe, mel de abelha sem ferrão -, jogos interativos e apresentação de bandas instrumentais.

A programação vai de 9h30 às 11h30 e das 14h30 às 16h30, no Bosque da Ciência. Para terça-feira pela manhã estão previstas as seguintes atividades: Charadas no Bosque, Oficina de Artefatos de Madeira, Malária e Dengue, Meliponicultura na Amazônia, Peixes Amazônicos, Tecnologia Pós-colheita de Pescado, Frutos da Amazônia, Visita guiada ao Viveiro dos Jacarés.
     

Agenda

Home > Cultura > null

Bosque da Ciência oferece programação com entrada gratuita até domingo; veja horários

Na semana de aniversário do Bosque, de 2 a 7 de abril, o espaço de visitação pública do Inpa estará com entrada gratuita

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Focado na educação ambiental e popularização da ciência, o Circuito da Ciência do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) completou 20 anos nessa segunda-feira (1º), junto com o Bosque da Ciência, espaço de visitação pública do Instituto, onde acontece o projeto. Para comemorar o aniversário duplo, a Instituição preparou uma programação especial, com exposições educativas e tecnológicas, oficinas, jogos e visitas guiadas.

A programação está dividida em duas partes. Uma será a edição especial nesta sexta-feira (29), a primeira deste ano, do projeto Circuito da Ciência. A outra será a Semana de Aniversário do Bosque da Ciência, de terça a domingo (2 a 7 de abril), com entrada gratuita nesses seis dias. A programação vai de 9h30 às 11h30 e das 14h30 às 16h30, no Bosque da Ciência.

Para esta edição do Circuito, são esperados cerca de 160 alunos de quatro escolas convidadas, que virão ao bosque aprender sobre saúde, práticas ambientais e biodiversidade amazônica, de forma lúdica e dinâmica em contato direto com especialistas e com amostras, exemplares do tema apresentado. Além de conhecimento, a oportunidade propicia muita diversão para a garotada.
 
Foto: Divulgação/Inpa
 
Para a coordenadora de Extensão do Inpa, a pesquisadora Rita Mesquita, a existência de longo prazo do projeto mostra que ele cumpre o papel de contato de crianças e jovens com a ciência, com a natureza e com questões ambientais, além de trazer na sua programação de atividades educativas questões centrais hoje para a convivência humana com a natureza, como padrões de consumo.

“O circuito está cada vez mais atual. Está fazendo 20 anos, mas é uma jovem iniciativa, porque a atualidade da pauta do Circuito é muito grande. Isso é uma das razões do sucesso dessa iniciativa e do grande interesse que ela desperta”, disse Mesquita, ao parabenizar os “oficineiros” (expositores) das diferentes instituições que todo mês dão sua contribuição.

Para esta edição, estão confirmadas as oficinas e exposições do Ecoethos, Leishmaniose, Saúde Bucal, Malária e Dengue, Invertebrados Terrestres Vivos, Plantas Medicinais, Escoteiros da Amazônia, Papel Reciclado, Agro Eco Tropical (plantas amazônicas), Centro de Estudos dos Quelônios da Amazônia (Cequa), SESC, Educação Ambiental (Associação Amigos do Peixe-boi -Ampa), Distribuição de Mudas (Soka/Cepeam).

O projeto conta com o apoio da Brother’s e Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas.

Bosque da Ciência

Localizado na rua Bem-te-vi, Petrópolis, o Bosque da Ciência é uma área verde em plena zona urbana de Manaus. Criado para abrir as portas do Inpa para a sociedade, o espaço tornou-se importante no trabalho de educação ambiental, socialização do conhecimento científico, além de ser um destino cultural, turístico e de lazer da cidade. Por ano, são cerca de 120 mil visitantes.

“Queremos convidar toda a comunidade para participar dos 24 anos do Bosque da Ciência. A  entrada será gratuita e teremos várias atividades”, disse o coordenador do Bosque, Alexandre Buzaglo. “Tudo foi pensado para agregar conhecimento e fazer a sociedade ser protagonista na defesa e preservação do nosso maior patrimônio: a Amazônia”, completou.

Entre as atividades estão o lançamento do aplicativo Giulia no sábado (30), às 10h, que permitirá visita autoguiada de deficientes auditivos neste sábado, oficinas temáticas ambientais, exposições de tecnologias desenvolvidas pelo Inpa - como couro de peixe, hambúrguer de peixe, mel de abelha sem ferrão -, jogos interativos e apresentação de bandas instrumentais.

A programação vai de 9h30 às 11h30 e das 14h30 às 16h30, no Bosque da Ciência. Para terça-feira pela manhã estão previstas as seguintes atividades: Charadas no Bosque, Oficina de Artefatos de Madeira, Malária e Dengue, Meliponicultura na Amazônia, Peixes Amazônicos, Tecnologia Pós-colheita de Pescado, Frutos da Amazônia, Visita guiada ao Viveiro dos Jacarés.
     

TAG Bosque da Ciênciaentrada franca