Publicidade

TV

Home > Cultura > null

'BBB 19': Vanderson é investigado e será chamado a depor sobre caso de estupro

Acreano foi acusado formalmente por três mulheres de crimes de agressão física, estupro e importunação ofensiva ao pudor

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Após ser acusado formalmente por três mulheres de crimes de agressão física, estupro e importunação ofensiva ao pudor, Vanderson, confinado no "BBB 19", está sendo investigado pela Delegacia de Atendimento à Mulher de Rio Branco, no Acre. A informação é da delegada titular Juliana de Angelis Carvalho.

"Tendo em vista que ele está no Rio de Janeiro, já solicitei à Polícia Civil do Rio de Janeiro que o interrogue", afirma a delegada, que detalha as acusações: "Os fatos já estão sendo apurados. São casos que aconteceram há quase um ou dois anos. Uma das vítimas é ex-namorada, que acusa de violência doméstica com agressão. As outras duas são pessoas que ele não tinha relacionamento anterior. Uma dessas vítimas o acusa de estupro, estamos apurando como tudo aconteceu. O sexo pode ser consensual e, no decorrer do ato, a mulher pode não querer mais algo e acaba sendo obrigada a fazer. Isso, também, é entendido como estupro".
 
 
Foto: Reprodução/TV Globo
 
A delegada explica ainda o terceiro caso. "A investigação é de importunação ofensiva ao pudor. Nesse caso especificamente, ele é acusado por uma garota que conheceu numa festa. Ele insistiu numa aproximação que perturbou a vítima, passando a mão nela", resume a delegada.

Vanda Brito, irmã do BBB, disse que a família não vai se pronunciar sobre o caso. "Já contratamos um advogado, e ele está procurando saber sobre as denúncias. A gente vai se pronunciar assim que ele nos orientar", finalizou. Procurada, a Globo ainda não se manifestou sobre o caso.

Saiba mais no iBahia.
TV

'BBB 19': Vanderson é investigado e será chamado a depor sobre caso de estupro

Acreano foi acusado formalmente por três mulheres de crimes de agressão física, estupro e importunação ofensiva ao pudor


Após ser acusado formalmente por três mulheres de crimes de agressão física, estupro e importunação ofensiva ao pudor, Vanderson, confinado no "BBB 19", está sendo investigado pela Delegacia de Atendimento à Mulher de Rio Branco, no Acre. A informação é da delegada titular Juliana de Angelis Carvalho.

"Tendo em vista que ele está no Rio de Janeiro, já solicitei à Polícia Civil do Rio de Janeiro que o interrogue", afirma a delegada, que detalha as acusações: "Os fatos já estão sendo apurados. São casos que aconteceram há quase um ou dois anos. Uma das vítimas é ex-namorada, que acusa de violência doméstica com agressão. As outras duas são pessoas que ele não tinha relacionamento anterior. Uma dessas vítimas o acusa de estupro, estamos apurando como tudo aconteceu. O sexo pode ser consensual e, no decorrer do ato, a mulher pode não querer mais algo e acaba sendo obrigada a fazer. Isso, também, é entendido como estupro".
 
 
Foto: Reprodução/TV Globo
 
A delegada explica ainda o terceiro caso. "A investigação é de importunação ofensiva ao pudor. Nesse caso especificamente, ele é acusado por uma garota que conheceu numa festa. Ele insistiu numa aproximação que perturbou a vítima, passando a mão nela", resume a delegada.

Vanda Brito, irmã do BBB, disse que a família não vai se pronunciar sobre o caso. "Já contratamos um advogado, e ele está procurando saber sobre as denúncias. A gente vai se pronunciar assim que ele nos orientar", finalizou. Procurada, a Globo ainda não se manifestou sobre o caso.

Saiba mais no iBahia.

TAG