TV

Autor de Segundo Sol fala sobre relação de vilãs em novela: 'elas podem ser tudo'

João Emanuel Carneiro diz que personagens da nova novela das 21h terão 'relação de dependência'

Portal Amazônia, com informações do iBahia


   
Foto:Reprodução/iBahia
    Depois de entrar para a galeria das maiores vilãs das novelas na pele da inesquecível Carminha, de “Avenida Brasil” (2012), Adriana Esteves voltará a ser má numa novela de João Emanuel Carneiro. A atriz terá um papel de destaque na nova produção do autor, “Segundo sol”, que estreia no horáio das 21h da Globo em maio. Desta vez, a amoral Laureta (Adriana) formará uma dupla do mal com Karola (Deborah Secco). As antagonistas vão encrencar a vida dos protagonistas Beto Falcão (Emílio Dantas) e Luzia (Giovanna Antonelli).

— Essas vilãs terão uma relação ambígua. Podem ser mãe e filha, irmãs, isso não ficará claro. Será uma relação de dependência — adianta o autor, que prefere não confirmar a informação de que as duas personagens seriam amantes. — Pode ser tudo.

Ambientada na Bahia, com direção artística de Dennis Carvalho e direção geral de Maria de Médicis, a novela trata da segunda chance na vida das pessoas. A história começa em 1999, quando o cantor de axé Beto Falcão está em decadência na carreira. Dado como morto num acidente aéreo, o músico testemunha a comoção nacional gerada pela notícia. Certos de que poderão lucrar com o engano, seu irmão, Remy (Vladimir Brichta), e sua namorada, Karola, convencem Beto a sustentar a farsa de que morreu. Ele se esconde numa ilha e se apaixona por Luzia, que desconhece sua verdadeira identidade. É aí que Karola entra mais uma vez em ação e, com a ajuda de Laureta, separa os dois. Após os nove primeiros capítulos, a trama avançará 18 anos e mostrará as consequências desses acontecimentos nos dias atuais.


TV

Home > Cultura > null

Autor de Segundo Sol fala sobre relação de vilãs em novela: 'elas podem ser tudo'

João Emanuel Carneiro diz que personagens da nova novela das 21h terão 'relação de dependência'

Portal Amazônia, com informações do iBahia


   
Foto:Reprodução/iBahia
    Depois de entrar para a galeria das maiores vilãs das novelas na pele da inesquecível Carminha, de “Avenida Brasil” (2012), Adriana Esteves voltará a ser má numa novela de João Emanuel Carneiro. A atriz terá um papel de destaque na nova produção do autor, “Segundo sol”, que estreia no horáio das 21h da Globo em maio. Desta vez, a amoral Laureta (Adriana) formará uma dupla do mal com Karola (Deborah Secco). As antagonistas vão encrencar a vida dos protagonistas Beto Falcão (Emílio Dantas) e Luzia (Giovanna Antonelli).

— Essas vilãs terão uma relação ambígua. Podem ser mãe e filha, irmãs, isso não ficará claro. Será uma relação de dependência — adianta o autor, que prefere não confirmar a informação de que as duas personagens seriam amantes. — Pode ser tudo.

Ambientada na Bahia, com direção artística de Dennis Carvalho e direção geral de Maria de Médicis, a novela trata da segunda chance na vida das pessoas. A história começa em 1999, quando o cantor de axé Beto Falcão está em decadência na carreira. Dado como morto num acidente aéreo, o músico testemunha a comoção nacional gerada pela notícia. Certos de que poderão lucrar com o engano, seu irmão, Remy (Vladimir Brichta), e sua namorada, Karola, convencem Beto a sustentar a farsa de que morreu. Ele se esconde numa ilha e se apaixona por Luzia, que desconhece sua verdadeira identidade. É aí que Karola entra mais uma vez em ação e, com a ajuda de Laureta, separa os dois. Após os nove primeiros capítulos, a trama avançará 18 anos e mostrará as consequências desses acontecimentos nos dias atuais.

TAG novelanovaTVtelevisaoAmazon SatSegundo Sol