Publicidade

Turismo

Home > Cultura > null

Água salgada na Amazônia: conheça cinco praias de mar que vale a pena visitar no Pará

Praia de Marudá, Crispim e Atalaia são as pedidas para os meses mais quentes do ano na Amazônia

Redação*

jornalismo@portalamazonia.com


Está calor, não está?! Pensando nisso, a equipe do Portal Amazônia separou algumas dicas de praias, da Região do Sal, para quem quiser conhecer mais das maravilhas de águas salgadas do Pará e aproveitar para se refrescar. Confira:


Praia Marudá (Marapanim) 


Marudá é um dos distritos da cidade de Marapanim, no Pará. E a praia é uma das mais procuradas pelos banhistas. Fica, cerca de 160 quilômetros de Belém, e tem quase 2 quilômetros de orla. Na praia, além do banho de mar, há pratica do surf e outros esportes aquáticos.
     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 


Há opções de pousadas e hoteis no distrito, com preço médio a partir de R$ 100 a diária, em alta temporada (meses de férias escolares).


De lá, dá para pegar um barquinho (voadeira), e ir até a praia de Algodoal, que é uma Área de Proteção Permanente (APA).

     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 


Praia de Crispim (Marapanim)


Outra pedida para os banhistas que já estão em Marapanim é a praia de Crispim. Fica a poucos quilômetros a cima de Marudá. A praia tem uma beleza particular, nela é possível encontrar dunas, cajueiros e várias opções de comidas típicas e as práticas esportivas.

     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 

Há pousadas nas proximidades da praia, em que os pacotes estão em média R$ 150 por diária para 3 ou 4 pessoas, em baixa temporada.


Praia de Algodoal (Maracanã)


     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 

Segundo os banhistas, essa é uma das praias mais afrodisíacas do Pará. Ela faz parte de uma área de proteção ambiental, com atrativos culturais e naturais. Fica a bem perto do distrito de Marudá, mas é parte do município de Maracanã (distante cerca de 180 quilômetros de Belém). O acesso à praia é feito por barqueiros, que ficam nas margens fazendo a travessia dos banhistas.

     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 

Praia do Atalaia (Salinópolis)


Em Salinópolis (Salinas), umas das praias mais famosas é a do Atalaia.  Um bom local para famílias e ótimo para lazer e atividades esportivas radicais. O cenário praiano é composto por várias barracas de comidas típicas. A praia fica a cerca de 220 quilômetros de Belém, e vale a visita, pelos atrativos turísticos da cidade. As pousadas custam a partir de R$ 40 a diária, na baixa temporada.

     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 


Praia do Farol Velho (Salinópolis)


E para quem está à procura de tranquilidade este é o local ideal, também em Salinas, existe a Praia do Farol Velho. Ela fica bem perto da Praia do Atalaia, e pode ser acessada facilmente de lá, por uma pequena estrada construídas sobre dunas. O pôr do sol na praia, é sem igual, e de uma beleza estrema.

     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 

Ficam as dicas de praias paraenses das região do salgado, e assim que você visitar alguma delas, escreva pra gente contando como foi sua experiência e mande para jornalismo@portalamazonia.com.


*Com colaboração da estagiária Gabriele Santana.

     
Turismo

Água salgada na Amazônia: conheça cinco praias de mar que vale a pena visitar no Pará

Praia de Marudá, Crispim e Atalaia são as pedidas para os meses mais quentes do ano na Amazônia


Está calor, não está?! Pensando nisso, a equipe do Portal Amazônia separou algumas dicas de praias, da Região do Sal, para quem quiser conhecer mais das maravilhas de águas salgadas do Pará e aproveitar para se refrescar. Confira:


Praia Marudá (Marapanim) 


Marudá é um dos distritos da cidade de Marapanim, no Pará. E a praia é uma das mais procuradas pelos banhistas. Fica, cerca de 160 quilômetros de Belém, e tem quase 2 quilômetros de orla. Na praia, além do banho de mar, há pratica do surf e outros esportes aquáticos.
     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 


Há opções de pousadas e hoteis no distrito, com preço médio a partir de R$ 100 a diária, em alta temporada (meses de férias escolares).


De lá, dá para pegar um barquinho (voadeira), e ir até a praia de Algodoal, que é uma Área de Proteção Permanente (APA).

     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 


Praia de Crispim (Marapanim)


Outra pedida para os banhistas que já estão em Marapanim é a praia de Crispim. Fica a poucos quilômetros a cima de Marudá. A praia tem uma beleza particular, nela é possível encontrar dunas, cajueiros e várias opções de comidas típicas e as práticas esportivas.

     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 

Há pousadas nas proximidades da praia, em que os pacotes estão em média R$ 150 por diária para 3 ou 4 pessoas, em baixa temporada.


Praia de Algodoal (Maracanã)


     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 

Segundo os banhistas, essa é uma das praias mais afrodisíacas do Pará. Ela faz parte de uma área de proteção ambiental, com atrativos culturais e naturais. Fica a bem perto do distrito de Marudá, mas é parte do município de Maracanã (distante cerca de 180 quilômetros de Belém). O acesso à praia é feito por barqueiros, que ficam nas margens fazendo a travessia dos banhistas.

     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 

Praia do Atalaia (Salinópolis)


Em Salinópolis (Salinas), umas das praias mais famosas é a do Atalaia.  Um bom local para famílias e ótimo para lazer e atividades esportivas radicais. O cenário praiano é composto por várias barracas de comidas típicas. A praia fica a cerca de 220 quilômetros de Belém, e vale a visita, pelos atrativos turísticos da cidade. As pousadas custam a partir de R$ 40 a diária, na baixa temporada.

     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 


Praia do Farol Velho (Salinópolis)


E para quem está à procura de tranquilidade este é o local ideal, também em Salinas, existe a Praia do Farol Velho. Ela fica bem perto da Praia do Atalaia, e pode ser acessada facilmente de lá, por uma pequena estrada construídas sobre dunas. O pôr do sol na praia, é sem igual, e de uma beleza estrema.

     
Foto:Divulgação/Agência Pará
 

Ficam as dicas de praias paraenses das região do salgado, e assim que você visitar alguma delas, escreva pra gente contando como foi sua experiência e mande para jornalismo@portalamazonia.com.


*Com colaboração da estagiária Gabriele Santana.

     

TAG praia agua salgada para praia algodoalpraia marudapraia farol velhopraia crispimpraia atalaiabelemSalinasrio marapanimpara