Raphael Benayon

Salvador de sol e cor invadindo as nossas telas

Raphael Benayon

benayonr@icloud.com


Na última segunda (14), estreou a novela “Segundo Sol” de João Emanuel Carneiro, mesmo autor de “Avenida Brasil”, com a promessa de trazer um enredo leve, com todo o frescor que costumávamos a assistir em novelas das 19h. Se resumirmos os primeiros capítulos de cara já enxergamos mais um novelão vindo por aí. Me impressionou a fotografia, a imagem, a entrega dos personagens, o trio DIVÔNICO: Giovanna Antonelli, Adriana Esteves e Deborah Secco.

Mas o que me deixou em êxtase, sem sombras de dúvidas, foi a trilha sonora. Poder reviver um pouco do que foi o axé dos 90, não tem preço e elas sendo regravada continuam com todo frescor e leveza que aquela época nos proporcionou. Não vejo a hora do lançamento dessa trilha sonora nacional e internacional, vai valer a pena!!

Deborah, meu amor, que bom que você voltou...

Ficamos órfãos dessa mulher durante alguns anos, mas aí o tempo passou e ela vem dando vida a Karola. Uma mulher que realmente não tem nada a perder. Se cruzarem o caminho dela, já sabe, vai ser um total tiro no pé.

A megera não mede esforços para conseguir o que quer. Deborah Secco é completa, a gente já faz ideia da baita vilã que vai ser, além de tudo é que a personagem tem um lado cômico enrustido que vai fazer a gente amá-la, e claro, odiá-la.

Um ponto que precisa ser reparado pra não deixar caricata é a questão do sotaque, se fechar os olhos e escutar me pego sem querer ouvindo Ivete Sangalo, um pouco forçado, mas lembra. Mas é só um detalhe que aos poucos vai sendo adaptado pra cada prensagem.

O outro lado do paraíso: final

Na última sexta (11), chegou ao fim mais uma trama de Walcyr Carrasco, com a promessa de elevar os índices deixados pelo grande sucesso “A força do querer” de Glória Perez. Não fez feio, no quesito audiência a novela conseguiu instigar e prender o público, e tornou-se um dos maiores sucessos da década desde “Avenida Brasil”.

A trama foi inovadora por não apresentar uma sinopse, ou seja, ela foi construída a partir do público com o autor. Só achei mais um dramalhão mexicano que conseguiu prender-me, viciei e acabei torcendo horrores pela Clara (Bianca Bin).

Walcyr nem tirou férias...

O autor ainda não tirou suas merecidas férias e já foi convocado a enviar a sinopse de sua próxima novela, dessa vez será exibida no horário das seis. Esse é o horário que Carrasco sabe dominar como ninguém. Ele escreveu novelas de sucesso, como: “O cravo e a rosa”, “Chocolate com pimenta”, “Alma gêmea”, “Êta mundo bom”... Esperando ansiosamente por essa trama!!

Belíssima vem aí

Depois do fiasco que foi a reprise de “Celebridade”, a Rede Globo aposta em mais um sucesso para atrair o telespectador perdido.

"Belíssima” está de volta a partir do dia 4 de junho.

A emissora realizou algo nunca antes visto, uma coletiva de imprensa para divulgar a trama que foi exibida originalmente em 2006. Só pra dizer... #BiaFalcão IS BACK!

O tempo não para

“Deus salve o rei” já se encaminha para sua reta final, mas os preparativos para a próxima trama das 19 h já está a todo vapor. “O tempo não para” contará a história de uma família congelada em 1886 que descongelará nos dias atuais e precisam lidar com os babados da vida nos dias de hoje. Juliana Paiva será a protagonista da trama e já foi divulgado seu visual.

Esses são os babados desta semana, até a próxima bi!! Beijos

Raphael Benayon

Home > Articulistas > Raphael-benayon

Salvador de sol e cor invadindo as nossas telas

Raphael Benayon

benayonr@icloud.com


Na última segunda (14), estreou a novela “Segundo Sol” de João Emanuel Carneiro, mesmo autor de “Avenida Brasil”, com a promessa de trazer um enredo leve, com todo o frescor que costumávamos a assistir em novelas das 19h. Se resumirmos os primeiros capítulos de cara já enxergamos mais um novelão vindo por aí. Me impressionou a fotografia, a imagem, a entrega dos personagens, o trio DIVÔNICO: Giovanna Antonelli, Adriana Esteves e Deborah Secco.

Mas o que me deixou em êxtase, sem sombras de dúvidas, foi a trilha sonora. Poder reviver um pouco do que foi o axé dos 90, não tem preço e elas sendo regravada continuam com todo frescor e leveza que aquela época nos proporcionou. Não vejo a hora do lançamento dessa trilha sonora nacional e internacional, vai valer a pena!!

Deborah, meu amor, que bom que você voltou...

Ficamos órfãos dessa mulher durante alguns anos, mas aí o tempo passou e ela vem dando vida a Karola. Uma mulher que realmente não tem nada a perder. Se cruzarem o caminho dela, já sabe, vai ser um total tiro no pé.

A megera não mede esforços para conseguir o que quer. Deborah Secco é completa, a gente já faz ideia da baita vilã que vai ser, além de tudo é que a personagem tem um lado cômico enrustido que vai fazer a gente amá-la, e claro, odiá-la.

Um ponto que precisa ser reparado pra não deixar caricata é a questão do sotaque, se fechar os olhos e escutar me pego sem querer ouvindo Ivete Sangalo, um pouco forçado, mas lembra. Mas é só um detalhe que aos poucos vai sendo adaptado pra cada prensagem.

O outro lado do paraíso: final

Na última sexta (11), chegou ao fim mais uma trama de Walcyr Carrasco, com a promessa de elevar os índices deixados pelo grande sucesso “A força do querer” de Glória Perez. Não fez feio, no quesito audiência a novela conseguiu instigar e prender o público, e tornou-se um dos maiores sucessos da década desde “Avenida Brasil”.

A trama foi inovadora por não apresentar uma sinopse, ou seja, ela foi construída a partir do público com o autor. Só achei mais um dramalhão mexicano que conseguiu prender-me, viciei e acabei torcendo horrores pela Clara (Bianca Bin).

Walcyr nem tirou férias...

O autor ainda não tirou suas merecidas férias e já foi convocado a enviar a sinopse de sua próxima novela, dessa vez será exibida no horário das seis. Esse é o horário que Carrasco sabe dominar como ninguém. Ele escreveu novelas de sucesso, como: “O cravo e a rosa”, “Chocolate com pimenta”, “Alma gêmea”, “Êta mundo bom”... Esperando ansiosamente por essa trama!!

Belíssima vem aí

Depois do fiasco que foi a reprise de “Celebridade”, a Rede Globo aposta em mais um sucesso para atrair o telespectador perdido.

"Belíssima” está de volta a partir do dia 4 de junho.

A emissora realizou algo nunca antes visto, uma coletiva de imprensa para divulgar a trama que foi exibida originalmente em 2006. Só pra dizer... #BiaFalcão IS BACK!

O tempo não para

“Deus salve o rei” já se encaminha para sua reta final, mas os preparativos para a próxima trama das 19 h já está a todo vapor. “O tempo não para” contará a história de uma família congelada em 1886 que descongelará nos dias atuais e precisam lidar com os babados da vida nos dias de hoje. Juliana Paiva será a protagonista da trama e já foi divulgado seu visual.

Esses são os babados desta semana, até a próxima bi!! Beijos

TAG Segundo SolO Outro Lado do Paraisobelissimavale a pena ver de novonovelatelevisaoTVentretenimentoRaphael Benayonartigoarticulista