Publicidade

Paola Guidobono

Home > Opiniao > Paola-guidobono
Paola Guidobono

Você conhece as terapias holísticas de Manaus?

"No decorrer dos anos, percebi uma nova movimentação em Manaus com a crescente procura por métodos naturais e holísticos para a promoção e manutenção da saúde"

Paola Guidobono

paola.guidobono@gmail.com


No decorrer dos anos, como terapeuta, percebi uma nova movimentação em Manaus, não só o aparecimento de incontáveis farmácias, mas também a crescente procura por métodos naturais e holísticos para a promoção e manutenção da saúde. Afinal, mais do que nunca, o caminho para o equilíbrio e autoconhecimento estão à nossa disposição.

E esse movimento foi a força motora que me inspirou a trabalhar com terapias holísticas e escrever sobre elas.

Imagine-se procurando terapias holísticas em Manaus alguns anos atrás, provavelmente encontraria com muita dificuldade, um ou dois lugares que estariam associados à acupuntura ou massagem. Limitado a um público específico, essas terapias mantinham-se no universo esotérico.
 
 
Foto: Divulgação
 
Ainda que haja um longo trajeto a ser percorrido, em dez anos a cidade deu um salto surpreendente e hoje você dispõe de excelentes profissionais em centros, casas e clínicas holísticas ou, se preferir, pode participar de encontros mensais, cursos e workshops.

É chegado o tempo de desmistificar a ideia de que holismo é um delírio esotérico.

Distante de ser uma doutrina secreta e sobrenatural (esoterismo), o conceito de holismo já tem algumas décadas e foi criado por Jan Christian, soldado e filósofo africano. Para Jan, as partes influenciam o todo assim como o todo influencia as partes. Em outras palavras, a compreensão do ser humano só é possível a partir da relação entre todas as partes, corpo, mente e espírito.

Isso porque o ser humano é indivisível e cada parte do seu corpo é influenciada diretamente por sua mente e emoções. Fica fácil de compreender ao lembrar-se de alguma ocasião que esteve sob grande estresse e adoeceu. A doença é resultado de algum desequilíbrio, uma dor de cabeça ou uma dermatite atópica pode ser o reflexo de uma mente pressionada ou um corpo exausto.

Carl Jung, precursor da psicologia analítica, defendia a ideia de holismo e propôs que os pacientes fossem analisados na íntegra, abrangendo sua totalidade sem criar barreiras ou limites decorrentes dos sintomas apresentados no momento. Na visão das terapias holísticas, deixa-se de tratar uma doença com apenas alguns comprimidos e repouso, busca-se a causa raiz da dor, para que seja sanada e recupere-se a vitalidade e a saúde.

É importante ressaltar neste ponto que terapeutas holísticos não são contrários a medicina alopática, e que precisamos destes comprimidos vez ou outra. Mas enquanto o ser humano não encontrar o que ocasiona a sua dor, estará vivendo como um navegador sem bússola. Do que vale um navegador sem bússola?
 
 
Foto: Divulgação
 
Então se você ficou curioso para conhecer mais sobre as terapias holísticas que existem não só em Manaus, mas no mundo, proponho que acompanhe as próximas publicações, pois abordaremos sobre: Reiki, Numerologia, Meditação, Barras de Access, Thetahealing, Florais, Shiatsu, Feng Shui, Renascimento, Constelação Familiar, Dança Circular, Tarot Terapêutico, etc.

Você descobrirá que é possível viver de forma mais leve encontrando um equilíbrio real e interior, além de elevar o seu autoconhecimento e alcançar uma nova qualidade de vida. Pois, no final das contas, Osho tinha razão ao nos dizer: “Nenhuma pessoa inteligente está interessada em dominar os outros. Uma pessoa inteligente está interessada em conhecer a si mesma”.

Siga Paola Guidobono, Psicoterapeuta Transpessoal, no Instagram: @paolaguidobono 


Você conhece as terapias holísticas de Manaus?

"No decorrer dos anos, percebi uma nova movimentação em Manaus com a crescente procura por métodos naturais e holísticos para a promoção e manutenção da saúde"

Paola Guidobono

paola.guidobono@gmail.com


No decorrer dos anos, como terapeuta, percebi uma nova movimentação em Manaus, não só o aparecimento de incontáveis farmácias, mas também a crescente procura por métodos naturais e holísticos para a promoção e manutenção da saúde. Afinal, mais do que nunca, o caminho para o equilíbrio e autoconhecimento estão à nossa disposição.

E esse movimento foi a força motora que me inspirou a trabalhar com terapias holísticas e escrever sobre elas.

Imagine-se procurando terapias holísticas em Manaus alguns anos atrás, provavelmente encontraria com muita dificuldade, um ou dois lugares que estariam associados à acupuntura ou massagem. Limitado a um público específico, essas terapias mantinham-se no universo esotérico.
 
 
Foto: Divulgação
 
Ainda que haja um longo trajeto a ser percorrido, em dez anos a cidade deu um salto surpreendente e hoje você dispõe de excelentes profissionais em centros, casas e clínicas holísticas ou, se preferir, pode participar de encontros mensais, cursos e workshops.

É chegado o tempo de desmistificar a ideia de que holismo é um delírio esotérico.

Distante de ser uma doutrina secreta e sobrenatural (esoterismo), o conceito de holismo já tem algumas décadas e foi criado por Jan Christian, soldado e filósofo africano. Para Jan, as partes influenciam o todo assim como o todo influencia as partes. Em outras palavras, a compreensão do ser humano só é possível a partir da relação entre todas as partes, corpo, mente e espírito.

Isso porque o ser humano é indivisível e cada parte do seu corpo é influenciada diretamente por sua mente e emoções. Fica fácil de compreender ao lembrar-se de alguma ocasião que esteve sob grande estresse e adoeceu. A doença é resultado de algum desequilíbrio, uma dor de cabeça ou uma dermatite atópica pode ser o reflexo de uma mente pressionada ou um corpo exausto.

Carl Jung, precursor da psicologia analítica, defendia a ideia de holismo e propôs que os pacientes fossem analisados na íntegra, abrangendo sua totalidade sem criar barreiras ou limites decorrentes dos sintomas apresentados no momento. Na visão das terapias holísticas, deixa-se de tratar uma doença com apenas alguns comprimidos e repouso, busca-se a causa raiz da dor, para que seja sanada e recupere-se a vitalidade e a saúde.

É importante ressaltar neste ponto que terapeutas holísticos não são contrários a medicina alopática, e que precisamos destes comprimidos vez ou outra. Mas enquanto o ser humano não encontrar o que ocasiona a sua dor, estará vivendo como um navegador sem bússola. Do que vale um navegador sem bússola?
 
 
Foto: Divulgação
 
Então se você ficou curioso para conhecer mais sobre as terapias holísticas que existem não só em Manaus, mas no mundo, proponho que acompanhe as próximas publicações, pois abordaremos sobre: Reiki, Numerologia, Meditação, Barras de Access, Thetahealing, Florais, Shiatsu, Feng Shui, Renascimento, Constelação Familiar, Dança Circular, Tarot Terapêutico, etc.

Você descobrirá que é possível viver de forma mais leve encontrando um equilíbrio real e interior, além de elevar o seu autoconhecimento e alcançar uma nova qualidade de vida. Pois, no final das contas, Osho tinha razão ao nos dizer: “Nenhuma pessoa inteligente está interessada em dominar os outros. Uma pessoa inteligente está interessada em conhecer a si mesma”.

Siga Paola Guidobono, Psicoterapeuta Transpessoal, no Instagram: @paolaguidobono 

TAG Terapia HolisticaholisticaPaola Guidobonoartigo