Mazé Mourão

‘Mais fácil...

Mazé Mourão

mazemanaus@gmail.com


Que morder água’. Com direito até a uma ‘Mouranzança’, traduzindo = Pajelança de Mourão, os filhos, em conjunto comigo, decidimos, não colocar sobrenome, fazer a união dos nomes por meio de um coração, que seria no antebraço e em formato de pulseira. Pronto. Faltava escolher o tatuador. Eu escolhi com base nos trabalhos que vi e respeito: Markito Tattoo. Fomos em comitiva saber preço e disponibilidade de horário.

 

Foto:Cedida/Mazé Mourão

 

 

Isto posto, leitor de domingo ou querida leitora, fui lá, no horário e fui atendida pelo tatuador. Aí, vêm as suas perguntas que não querem calar:”É tudo higienizado? Ele é truculento? Dói? Dói, muito?”. Suas dúvidas acabaram. O Markito é gentil, educado, generoso, calmo, mão firme e cheio de graça. Tudo higienizado, as ponteiras descartáveis, maravilha. E assim recomeço mais uma etapa da minha vida que estava guardada na gavetinha do desejo esperando a coragem chegar. Chegou e ‘foi mais fácil do que morder água’, como dizem os mineiros. Até.


Mazé Mourão

‘Mais fácil...

Mazé Mourão

mazemanaus@gmail.com


Que morder água’. Com direito até a uma ‘Mouranzança’, traduzindo = Pajelança de Mourão, os filhos, em conjunto comigo, decidimos, não colocar sobrenome, fazer a união dos nomes por meio de um coração, que seria no antebraço e em formato de pulseira. Pronto. Faltava escolher o tatuador. Eu escolhi com base nos trabalhos que vi e respeito: Markito Tattoo. Fomos em comitiva saber preço e disponibilidade de horário.

 

Foto:Cedida/Mazé Mourão

 

 

Isto posto, leitor de domingo ou querida leitora, fui lá, no horário e fui atendida pelo tatuador. Aí, vêm as suas perguntas que não querem calar:”É tudo higienizado? Ele é truculento? Dói? Dói, muito?”. Suas dúvidas acabaram. O Markito é gentil, educado, generoso, calmo, mão firme e cheio de graça. Tudo higienizado, as ponteiras descartáveis, maravilha. E assim recomeço mais uma etapa da minha vida que estava guardada na gavetinha do desejo esperando a coragem chegar. Chegou e ‘foi mais fácil do que morder água’, como dizem os mineiros. Até.

TAG