Publicidade

André Torbey

Home > Opiniao > Andre-torbey
André Torbey

Muralha da China

"Você sabia que a Muralha da China também é um termo usado no mercado financeiro que designa a separação de recursos entre dois operadores?"

André Torbey

torbey.andre@gmail.com


Tenho certeza que você já ouviu falar nessa maravilha do mundo moderno. Mas você sabia que a Muralha da China também é um termo usado no mercado financeiro que designa a separação de recursos entre dois operadores?

Embora esse termo esteja muito relacionado à gestão de investimentos, podemos fazer um paralelo com o controle financeiro de um negócio. E, você pode concordar comigo, é comum haver uma mistura entre os dados financeiros de um negócio e o deu seu dono/administrador.

E isso pode ser muito perigoso para os dois lados.

Viver em um padrão elevado por enxergar um ótimo faturamento no negócio pode ser o primeiro passo para a falência. O estímulo exacerbado ao consumo pode implicar em decisões financeira insustentáveis. 

Devido a isso, é muito importante desenvolver os processos financeiros para criar essa “muralha da china” e ter a separação constante entre os gastos, despesas, custos e investimentos. E mesmo que o seu negócio seja “você mesmo”, ou seja, uma microempresa sem funcionários, é fundamental ter a separação dos lançamentos.

Desse jeito você será capaz de saber direitinho qual natureza das despesas e pontuar o fluxo de caixa com mais certeza.

Ou seja, ter dois controles: um pessoal e outro empresarial. E não precisa ter conhecimento em finanças para colocar isso em prática. Dá para usar uma planilha, cadernos, livros-caixa (desses de papelaria mesmo) e até programas de computador e aplicativos de celular.

Reforço que não é das tarefas mais agradáveis, mas cuidar bem do seu dinheiro e do dinheiro da sua empresa é que vai te trazer segurança para identificar pontos de atenção e como melhorar. 

Todo cuidado é pouco na hora de manter um negócio em funcionamento. E a falta de controle e gestão financeira tem contribuído muito para a ruína de alguns empreendimentos.

Cuide bem do seu dinheiro, esse é o jeito baré de empreender.
 

Muralha da China

"Você sabia que a Muralha da China também é um termo usado no mercado financeiro que designa a separação de recursos entre dois operadores?"

André Torbey

torbey.andre@gmail.com


Tenho certeza que você já ouviu falar nessa maravilha do mundo moderno. Mas você sabia que a Muralha da China também é um termo usado no mercado financeiro que designa a separação de recursos entre dois operadores?

Embora esse termo esteja muito relacionado à gestão de investimentos, podemos fazer um paralelo com o controle financeiro de um negócio. E, você pode concordar comigo, é comum haver uma mistura entre os dados financeiros de um negócio e o deu seu dono/administrador.

E isso pode ser muito perigoso para os dois lados.

Viver em um padrão elevado por enxergar um ótimo faturamento no negócio pode ser o primeiro passo para a falência. O estímulo exacerbado ao consumo pode implicar em decisões financeira insustentáveis. 

Devido a isso, é muito importante desenvolver os processos financeiros para criar essa “muralha da china” e ter a separação constante entre os gastos, despesas, custos e investimentos. E mesmo que o seu negócio seja “você mesmo”, ou seja, uma microempresa sem funcionários, é fundamental ter a separação dos lançamentos.

Desse jeito você será capaz de saber direitinho qual natureza das despesas e pontuar o fluxo de caixa com mais certeza.

Ou seja, ter dois controles: um pessoal e outro empresarial. E não precisa ter conhecimento em finanças para colocar isso em prática. Dá para usar uma planilha, cadernos, livros-caixa (desses de papelaria mesmo) e até programas de computador e aplicativos de celular.

Reforço que não é das tarefas mais agradáveis, mas cuidar bem do seu dinheiro e do dinheiro da sua empresa é que vai te trazer segurança para identificar pontos de atenção e como melhorar. 

Todo cuidado é pouco na hora de manter um negócio em funcionamento. E a falta de controle e gestão financeira tem contribuído muito para a ruína de alguns empreendimentos.

Cuide bem do seu dinheiro, esse é o jeito baré de empreender.
 

TAG Empreendedorismoandre torbey